Conheça os relatórios contábeis mais importantes para uma empresa

colegas de trabalho analisando relatórios com gráficos

Veja quais são os principais relatórios contábeis de uma empresa.

Quem é empreendedor precisa ter conhecimento a respeito dos relatórios contábeis mais relevantes para uma gestão eficiente da sua empresa, mesmo que terceirize o serviço.

Compreender a lógica desses registros é crucial para saber como está o andamento do seu negócio de maneira a identificar quando é necessário seguir por uma nova direção.

Siga a leitura para saber o que são relatórios contábeis, conhecer os mais importantes e outros detalhes sobre esses documentos. Vamos lá?

Preencha AGORA o formulário para descobrir!

O que são relatórios contábeis?

O objetivo dos relatórios contábeis é permitir o acompanhamento da movimentação financeira do empreendimento. Esses documentos consideram seu patrimônio corporativo e como estão uma série de indicadores, como despesas, gastos, impostos, lucros, entre outros.

A determinação da periodicidade depende das políticas internas de cada companhia. Alguns gestores elaboram esses relatórios mensal, trimestral, semestral ou anualmente. É válido sempre consultar um contador para entender qual o melhor período a ser analisado de acordo com as necessidades do seu empreendimento.

A partir das conclusões dos relatórios contábeis é possível, inclusive, determinar qual é o regime tributário mais interessante para o próximo ano da organização. As informações geradas por esses relatórios têm como finalidade indicar um caminho para que os gestores possam adotar novas políticas para os anos seguintes. 

Conheça os principais relatórios contábeis de uma empresa

Anteriormente explicamos o que são e para que servem em linhas gerais os relatórios contábeis. A seguir, vamos apresentar com mais detalhes os principais tipos de relatórios mais relevantes para o dia a dia de uma companhia.

Balanço Patrimonial (BP)

O Balanço Patrimonial é um dos relatórios contábeis mais relevantes, se não o mais importante, que é obrigatório para todas as companhias. Esse  documento explicita qual é o patrimônio líquido do negócio após a subtração dos passivos (contas que devem ser quitadas, dívidas e empréstimos) e dos ativos (patrimônio, valores a receber, equipamentos, maquinário etc).

Basicamente, o Balanço Patrimonial considera tudo o que a empresa possui e subtrai desse patrimônio aquilo que ela deve. Através dele, o gestor consegue ter uma ideia de como está o seu patrimônio, se ele tem volume de ganhos o suficiente para cobrir as suas perdas, entre outros pontos.

Esse relatório contábil ainda pode ser utilizado pelo Fisco para verificar como está sendo a conduta do gestor. Por meio desse balanço, é possível identificar enriquecimento irregular e operações financeiras que podem parecer fraudulentas. 

Demonstrativo de Resultado do Exercício (DRE)

O DRE, Demonstrativo de Resultado do Exercício, é o relatório que ajuda a determinar a receita líquida de um empreendimento em um período. Ele serve para entender quanto a empresa faturou com as suas vendas após terem sido realizadas todas as deduções aplicáveis.

Trata-se de um documento obrigatório para todos os tipos de organizações e pode ser elaborado através de uma planilha do Excel ou de um software específico. É comum que empresas menores, que ainda tenham um orçamento mais enxuto, utilizem as planilhas. Se esse é o seu caso, quando for possível, é válido adquirir um sistema que facilita o processo e reduz os riscos de falha.

O relatório considera o montante inicial dos valores subtraindo os custos de produção, os impostos que foram pagos, despesas de cunho operacional e a participação financeira dos sócios nos resultados obtidos.

Nesse demonstrativo também devem ser considerados o CSLL (Contribuição Social sobre Lucro Líquido) e o IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Física), tributações que serão pagas devido às operações que foram realizadas.

Demonstrativo de Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA)

O DLPA (Demonstrativo de Lucros ou Prejuízos Acumulados) é um relatório contábil essencial para que se possa conhecer as mudanças e aplicações do patrimônio líquido da organização no período considerado pela análise.

Por meio desse documento, torna-se possível identificar qual é a origem de um determinado recurso da gestão. Esse demonstrativo costuma ser feito a partir de uma derivação dos resultados do DRE e do Balanço Patrimonial.

Vale ressaltar que esse relatório contábil é obrigatório para sociedades limitadas. Tem como seu papel evidenciar lucros e os prejuízos, permitindo, então, decidir se uma companhia representa um investimento seguro ou de risco. Podemos dizer que o DLPA é um raio-X da situação financeira de um empreendimento. 

Demonstrativo de Fluxo de Caixa (DFC)

De acordo com a Norma Brasileira de Contabilidade (NBC) TG 1000, o Demonstrativo de Fluxo de Caixa está no grupo dos relatórios contábeis obrigatórios para as pequenas e médias empresas.

Assemelha-se ao DRE, no sentido de que apresenta as entradas, saídas e saldos gerados pela organização. Porém, se diferencia desse relatório por não explicitar o lucro obtido.

A análise desse demonstrativo se refere a períodos curtos, geralmente meses, e evidencia quanto o negócio possui em caixa em suas contas bancárias, tanto com liquidez imediata quanto aplicado.

Com as informações desse relatório, se torna possível saber se o negócio tem capacidade de quitar as suas dívidas prontamente. O Demonstrativo de Fluxo de Caixa é fundamental para determinar como está a saúde financeira da organização.

Relatórios contábeis: a documentação da sua empresa

Quando uma pessoa física deseja obter um empréstimo junto a um banco, precisa apresentar alguns documentos pessoais que comprovem sua capacidade de quitar o valor solicitado. O mesmo acontece com as empresas, porém, os documentos corporativos, nesse caso, são os relatórios contábeis.

É através da apresentação de documentos como os que apresentamos anteriormente que é possível atestar qual é a situação financeira de uma organização. Assim, a instituição financeira pode analisar se ela pode ou não receber o empréstimo, considerando principalmente suas condições de quitá-lo. 

Contar com o suporte e acompanhamento de um contador para formulação e acompanhamento dos relatórios é fundamental. Inclusive, isso deve ser levado em conta especialmente para donos de micro e pequenas empresas, que muitas vezes acabam se descuidando de questões contábeis.

Um contador saberá indicar e criar os relatórios contábeis obrigatórios, além de orientar em relação a impostos a serem pagos, evitando débitos e multas. Delegar a contabilidade da sua empresa a um profissional é a garantia de que as leis serão seguidas. Assim, terá mais tempo para se dedicar a áreas mais estratégicas do negócio.

Você já conhecia os relatórios contábeis que apresentamos? Deixe seu comentário abaixo e envie o conteúdo para os seus amigos empreendedores!

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63

This will close in 0 seconds