Confira dicas de como demitir um funcionário

Demitir um funcionário Confira dicas de como demitir um funcionário de maneira assertiva.

 

Você já ouviu a fala “Você está demitido! ”, usada por Roberto Justus na versão brasileira do programa O Aprendiz? A demissão é uma possibilidade na carreira de qualquer profissional. É importante dizer que nem sempre esta decisão está atrelada ao desempenho profissional dos colaboradores. Fatores econômicos, sociais e financeiros podem influenciar esta delicada decisão.

“Você está demitido” é daquelas frases que ninguém quer ouvir na vida real, especialmente porque esta não é a maneira mais delicada e respeitosa de demitir um funcionário. Mas, se esta é uma frase que ninguém deseja ouvir, como dizê-la? Como demitir um colaborador? Para saber as respostas para estas perguntas, continue a leitura e entenda!

Comece a ter o

Destaque

que você merece!

Preencha os campos abaixo para receber o e-book.

Demissão: uma decisão delicada e inevitável

A demissão não é algo fácil para nenhuma das partes envolvidas. Para o colaborador que será demitido é bastante delicado e por isso, cabe a quem vai conduzir este processo ter respeito, preparo e compreensão. Afinal, o colaborador será informado sobre algo que impactará a sua vida de muitas formas e que ele não espera. O elemento surpresa de uma demissão contribui para o choque e misto de emoções no colaborador.

Como proceder? O mais recomendado para o momento de demitir um colaborador é manter a calma e dar uma explicação para a decisão tomada. Além disso, é importante ter uma conversa franca e particular com o colaborador que será mandado embora. Este não é um momento fácil e é praticamente impossível prever a reação de quem recebe a notícia. As reações são as mais diversas possíveis, que vai de tristeza a alívio.

Vale destacar que a boa relação entre gestores e colaboradores contribui bastante para que o momento da demissão não seja tão ruim. Sobretudo, quando esta relação é construída pela confiança, respeito e pelos feedbacks. E porque o feedback é tão importante para esta situação?

Porque o feedback é um aliado na hora de demitir um funcionário?

O feedback é uma importante ferramenta do mundo corporativo. Graças a esta poderosa ferramenta, gestores conhecem e criam ambientes de trabalhos mais seguros e confiáveis.

É também graças a implementação do feedback na cultura da organização empresarial contribui para que o gestor e todos os responsáveis pela gestão de pessoas da empresa decidam se o melhor a ser feito é demitir o colaborador ou não.

Por isso, o ideal é colocá-lo em prática antes de decidir pela demissão de um funcionário, para que a demissão não seja vista como uma medida revanchista ou injusta. Caso o colaborador não esteja desempenhando bem suas funções ou esteja apresentando comportamentos inadequados, dê um feedback de melhoria antes de simplesmente dispensá-lo. Se possível, aponte formas para que ele melhore no que for preciso.

Se mesmo após essa conversa ele continuar apresentando resultados negativos, passe para a demissão. Lembre-se que o feedback é uma importante ferramenta para o desenvolvimento de equipes de alta performance, jamais deixe de praticá-lo. E como demitir um colaborador? Confira no próximo tópico.

4 dicas para demitir um funcionário de maneira assertiva

1 – Esteja certo de sua decisão

Demitir um colaborador é algo muito sério e deve ser visto como tal. Portanto, tenha em mente que após comunicar o funcionário a respeito da demissão, não haverá mais volta. É importante que você se certifique de que sua decisão está baseada em fatos concretos e que o colaborador realmente não merece uma segunda oportunidade ou que não há mais nada que possa ser feito para manter o colaborador no quadro de funcionários da empresa.

2 – Evite surpresas

Antes da demissão, alerte seu colaborador sobre seu fraco desempenho e a necessidade de melhoria. Um processo de avaliação eficiente é suficiente para que o profissional tenha consciência de que está deixando a desejar. Dessa forma, caso a sua demissão venha a ocorrer, não será uma surpresa.

3 – Prepare a documentação necessária

Providenciar toda a documentação para demissão é uma boa forma de evitar lacunas que podem causar processos trabalhistas. Para uma reunião de demissão, é importante ter em mãos todos os documentos que suportem a decisão, como avaliações de desempenho e atas administrativas.

Ser assertivo ao demitir um colaborador é papel fundamental de um bom líder. Com as ferramentas aplicadas no coaching você será capaz de estabelecer uma comunicação mais clara e objetiva.
Entenda como isso é possível acessando esse ebook sem nenhum custo.

4 – Prepare o ambiente

Procure realizar o processo de demissão em um lugar tranquilo e livre de interrupções. Essa é uma forma de demonstrar respeito por quem está sendo desligado.

Lembre-se de deixar bem clara a razão do desligamento. E, por fim, se coloque à disposição para referências e/ou indicações, quando for necessário.

Caso você ainda esteja inseguro sobre a melhor forma de demitir um funcionário, faça o Professional Self-Coaching  e aprimore suas habilidades. O IBC é a única escola de Coaching do país com certificação ISO 9001, o que atesta a qualidade de suas formações e a eficiência de sua metodologia.

Agora, conte o que você pensa a respeito. Tem algo a compartilhar sobre o assunto? Comente no espaço abaixo. Gostou deste artigo? Curta e compartilhe este conteúdo em suas redes sociais.

 

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.

Imagem: Morganka / Shutterstock

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010