Conheça os tipos de demanda de mercado e como isso pode ajudar a entender seu público

demanda-de-mercado
Conheça as principais demandas de mercado existentes

 

A lei da oferta e da procura é a que rege o mercado. É clichê, mas é verdade. Todos os negócios são feitos com base na quantidade de produtos ofertados e no volume de procura deles. E são estas buscas que geram demandas para o mercado. Mas, afinal, o que são demandas de mercado? Calma que irei explicar, pessoa querida.

Quando se fala em demanda a referência é um desejo ou uma necessidade que o consumidor possui. Já as demandas de mercado são as quantidades que os consumidores desejam adquirir de um produto ou serviço. Para que exista demanda de mercado é fundamental que se tenha poder de compra do consumidor. E para que se tenha poder de compra é essencial que as pessoas tenham alguma fonte de renda. E assim, o mundo gira.

É importante identificar quais são as demandas de mercado para traçar estratégias de vendas que alcancem com maior eficiência os consumidores potenciais. Ter conhecimento a respeito destas demandas contribui ainda para que as empresas conheçam melhor os seus consumidores e identifiquem novas oportunidades de vendas.

Você sabe quantas demandas de mercado existem hoje em dia? Listei as que mais se destacam para que você identifique em qual delas o seu negócio está inserido. Vamos conhecê-las? Confira!

As principais demandas de mercado existentes

 

  • Demanda indesejada: fazem parte deste tipo de demanda os produtos e serviços que são nocivos à saúde ou ao meio-ambiente. Aqui, o estímulo não é para consumi-los e sim, para que o consumo seja desestimulado. Os cigarros e as armas de fogo são alguns exemplos que entram nesta demanda de mercado. Vale destacar que esse tipo de comércio no Brasil é regulado por órgãos públicos por meio de campanhas educativas.

 

 

  • Demanda irregular: este tipo de demanda sofre variação na procura. As causas são diversas, tais como o clima, as datas comemorativas, os acontecimentos inesperados entre muitos outros motivos. Um exemplo clássico disso são as lojas com roupas de inverno, que tem queda de vendas durante o verão, e as sorveterias, que vendem menos no inverno.

 

 

  • Demanda plena: fazem parte deste tipo de procura os produtos e os serviços que se tornaram essenciais no cotidiano do dia a dia. Assim, há um equilíbrio entre a oferta e a demanda do produto ou do serviço. Alimentos como arroz e feijão, a telefonia e os materiais de higiene entram nesse grupo.

 

 

  • Demanda Excessiva: aqui há uma procura maior que a oferta e nem todos os consumidores são atendidos. Um exemplo deste são edições as limitadas de determinados produtos e os ingressos de final de campeonatos esportivos.

 

Conte-me: em qual demanda se encaixa o seu negócio?

Adeque sua divulgação ao seu público

Agora que você já sabe como diferenciar os tipos de demandas de mercado fica mais fácil identificar o seu público-alvo, não é mesmo?

Após entender com quem você deseja falar é hora de organizar o modo como você irá fazer isso. O primeiro passo é entender qual é o conceito que a sua marca deve ter. Para chegar a essa conclusão é sempre bom ter em mente o tipo de consumidor escolhido. É muito mais efetivo criar um conceito de marca e uma linha de comunicação adequada e personalizada às necessidades dessas pessoas que você deseja que sejam os seus consumidores.

Uma cartela de produtos e serviços de qualidade, aliado a um sólido plano de branding e a uma estratégia de divulgação bem planejada traz resultados positivos para todos os envolvidos na equação. Isso desde a empresa e seus funcionários, até os fornecedores e os clientes finais.

Por isso, é essencial dar importâncias as áreas de marketing, publicidade e comunicação. Os especialistas desses setores estudam diariamente quais são as melhores e mais inovadoras maneiras de se posicionar no mercado com o devido destaque. O trabalho em conjunto dessas áreas com as outras da empresa agrega qualidade ao produto e ao serviço, além de deixar o clima organizacional melhor.

Invista em você mesmo

Um profissional de sucesso entende que é preciso dar importância a todas as áreas de uma empresa. Para isso, é preciso não só contratar os especialistas de cada setor, mas também investir em si mesmo. E o coaching é uma ferramenta de sucesso para quem quer progredir na carreira e no âmbito pessoal.

A formação Business and Executive Coaching (BEC) do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC) é uma excelente forma de se destacar no mercado de trabalho. O curso irá focar em exercícios teóricos e práticos que trazem a tona os conceitos de estabelecimento de metas, trabalho individual e em equipe, planejamento de relacionamento interpessoal, criação de planejamento estratégico e de plano de ação, administração de tempo e gerenciamento de pessoas.

Com isso, o coachee (aluno) será capaz de otimizar o tempo, as atividades, a comunicação, a negociação e a delegação de tarefas. Ele também irá conseguir trabalhar de maneira mais simples com o desenvolvimento de equipes e, consequentemente, da própria liderança. Ideal para quem deseja se tornar um super executivo!

Outra formação interessante é o MBA em Gestão de Pessoas & Coaching que busca unir o conhecimento do coaching com o do Master of Business Administration. São módulos que tratam de formação, especialização e treinamento em coaching; desenvolvimento e capacitação de líderes; como aplicar coaching nos outros; e projetos de treinamento e desenvolvimento de pessoas. O curso do IBC ensina a cada aluno a como desenvolver sua própria metodologia de trabalho e a evoluir constante tanto na vida profissional como no lado pessoal. Afinal, as duas devem andar juntas de forma harmônica.

O Coaching em Vendas, também do Instituto Brasileiro de Coaching, é uma formação perfeita para os profissionais de vendas e de compras. Porém, qualquer pessoa que deseja evoluir como ser humano também pode participar. Durante o curso, o coachee irá aprender sobre autoconhecimento, persuasão, inteligência emocional, autoliderança, gestão eficaz do tempo, agilidade na tomada de decisões e muito mais. Tudo isso para tornar o dia a dia desse profissional mais efetivo e com resultados mais positivos. Com certeza, todos esses ensinamentos poderão ser aplicados em curto, médio e longo prazo tanto no ambiente de trabalho quanto em casa.

Como você pode ver, o Instituto Brasileiro de Coaching possui diversos tipos de cursos que podem lhe ajudar a ser uma pessoa mais empoderada tanto no trabalho quanto fora dele. Além dessas formações que eu apresentei há muitas outras. A variedade é essencial, pois ela se encaixa com cada tipo de profissional e momento da carreira.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.

Copyright:  ID: 696232933-  Wpadington https://www.shutterstock.com/pt/g/Wpadington

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010