Entenda o que é roadmap estratégico e como ele pode ser útil no seu negócio

Roadmap estratégico O roadmap estratégico é uma ferramenta utilizada para planejar o futuro da empresa e traçar caminhos para alcançar os objetivos pretendidos.

 

Geralmente quando vamos sair em viagem já temos um destino e roteiro traçado. Dessa forma, todo e qualquer passeio, cidade, ponto turístico, restaurante, bar, etc., que quisermos visitar, já estará em nosso planejamento, certo? Bem, nem todo mundo é assim. Alguns são mais aventureiros, preferem ir “a onde o vento levar” e essa liberdade, de fato, é sim maravilhosa.

Porém, quando falamos sobre o mundo financeiro, mercado, negócios, o que você acha melhor? Dar um tiro certeiro, alcançar o alvo de forma rápida e eficaz ou ficar perambulando pelos caminhos desconhecidos das dúvidas e incertezas? Pois bem, no mundo dos negócios você não pode se dar a esse luxo. Pelo simples fato de que ele significa tempo, dinheiro, fracasso e infelicidade.

Prefira deixar as aventuras para a vida pessoal. Nos seus negócios, foque no que realmente importa! Aqui é onde entra o Roadmap, uma estratégia extraída da Gestão de Produtos, que pode ser essencial para auxiliar no desenvolvimento do seu negócio. Um Roadmap estratégico é uma ferramenta utilizada para planejar o futuro da empresa e traçar caminhos para alcançar os objetivos pretendidos.

Acompanhe-me nesta leitura e veja como este processo funciona, efetivamente e na prática nas empresas.

Trace o caminho que irá te levar a um novo patamar!
Conheça a metodologia do Coaching e potencialize seus resultados!

Roadmap: um mapa para chegar ao sucesso

É bem mais difícil chegar ao destino final se você não sabe o caminho que está percorrendo, certo? Pois bem, querida pessoa, provavelmente você já sabe, mesmo que de forma inconsciente, sobre o que se trata um Roadmap. Essa técnica é amplamente utilizada em quase todas as áreas ligadas à criação, desde Desenvolvimento de Softwares até o universo da Arquitetura.

Como o nome sugere, o Roadmap se trata de uma poderosa ferramenta visual e descritiva, que tem como principal função apontar como será o produto ou projeto em cada período de sua evolução. É como uma “bússola gerencial”, que vai alinhar todos os stakeholders (interessados no projeto), ao redor dos mesmos passos sequenciais rumo à construção integral do produto. Deixando todos os envolvidos cientes do processo de evolução e quais variáveis que envolvem esse caminho.

Imagine o seguinte, um caso de desenvolvimento de um software. A pessoa que trabalha em uma startup nessa área tem consciência que, para chegar ao sonhado MVP (Minimum Viable Product, também chamado – em português – de Produto Mínimo Viável) é preciso ter, primeiramente, uma ideia nada menos que genial.

E será a partir dela que se seguirão inúmeros testes de validação. Uma vez que a ideia (do aplicativo) é validada, de fato, se ela representa potencial interesse a um dado mercado consumidor, será preciso começar sua construção, ou seja, botar a mão na massa. E é justamente nessa etapa que boa parte dos promissores empreendedores acabam se dando mal. Simplesmente porque não fazem ideia de por onde começar.

Roadmap: o sucesso da organização

A primeira coisa que você deve pensar é: por que preciso de um roadmap? Primeiro porque é uma ferramenta que vai ajudar o empreendedor, ou seja – você, a seguir um roteiro, como um script que define as ações de um ator. Basicamente é um mapa de navegação, que define a linha de percurso de um timoneiro, como uma partitura direciona cada nota de um exímio violoncelista em um concerto.

O objetivo central do mapa é alinhar diferentes visões, para responder de maneira coordenada às três principais perguntas relacionadas à evolução da organização do seu negócio: Onde minha empresa está?, Onde quero que ela chegue? e O que farei para que isso aconteça?.

Mas não pense que a função de um Roadmap está restrita apenas em harmonizar a sequência de ações entre os interessados. Em outras palavras, ele tem como função melhorar o fluxo de comunicação dos passos que levam ao produto, mas não só isso. A principal razão para criar um mapa como esse é facilitar o processo de organização das próprias ideias do desenvolvedor do produto. Dessa forma ele (você) será capaz de identificar as prioridades, agregando valor ao seu negócio.

Como desenvolver um Roadmap?

De forma bem resumida, é tipo uma linha do tempo visual. De maneira que, abaixo dela, deverão ser relacionados todos os itens que vão fazer parte do crescimento do produto, incluindo as datas. Uma forma de montar esse esquema, é a seguinte:

  1.   Coloque suas ideias no papel. Então, valide junto a seus potenciais clientes;
  2.   Depois, faça o brainstorm. Analise todas as possíveis funcionalidades que podem resolver o problema dos seus clientes. Faça uma lista com elas;
  3.  Então, organize e coloque-as em ordem de importância. Nessa etapa é onde você começará, de fato, a construção do Roadmap. Aqui é onde você irá confrontar os objetivos da sua empresa, as expectativas dos seus clientes e as limitações orçamentárias. A partir dessa intersecção, as funcionalidades vão poder ser organizadas, uma a uma, em cada etapa (ponto) da sua linha do tempo;
  4.  Lembre-se: é preciso rever o Roadmap de forma periódica, de acordo com as ações e reações dos seus consumidores, mudanças tecnológicas, alterações de tendências e, ou, detecção de falhas.

Foco: esse é o segredo!

Algumas pessoas acham que foco significa dizer sim para a coisa em que você irá se focar. Mas não é nada disso. Significa dizer não às centenas de outras boas ideias que existem. Você precisa selecionar cuidadosamente aquilo que é realmente importante para o seu negócio. – Steve Jobs.

Como disse, ninguém mais, ninguém menos que, Steve Jobs, o foco é primordial para que suas ideias não o engulam. É comum que acabemos por nos perder quando vários caminhos se abrem à nossa frente. Matematicamente, quanto mais opções temos, maiores são as nossas chances de errar, escolher o caminho equivocado, nos perdermos – justamente – por não possuir um direcionamento ou uma “métrica”, mapa, roteiro a ser seguido.

Mais uma vez, lembre-se que o Roadmap deve ser atualizado sempre que houverem quaisquer tipos de alterações na estratégia do negócio. Dessa forma, por mais que seja importante ter esse registro, tenha em mente que ele não será definitivo. Assim, pode (e deve) ser alterado sempre que houver necessidade. Na verdade, o ideal é que o Roadmap seja revisto e atualizado de tempos em tempos, de acordo com o processo de crescimento do seu negócio.

Planeje de forma mais eficaz com ajuda do Coaching!
Baixe gratuitamente meu eBook e torne-se um Leader Coach!

O Coaching ajudando no crescimento do seu negócio

Além da aplicação do Roadmap Estratégico em sua empresa, algo que também pode contribuir, efetivamente e na prática, para que o seu negócio seja verdadeiramente próspero é a implementação do processo de Coaching Corporativo.

Trata-se de uma metodologia de aceleração de resultados, que oferece a empresários, empreendedores, gestores e líderes a oportunidade de conhecerem seus negócios com maior profundidade, entendendo quais são seus principais gaps e seus pontos fortes, para que, em cima disso, sejam elaboradas estratégias, que ajudem no alcance dos resultados extraordinários almejados.

Gostou de conhecer mais este conceito aqui no Blog do IBC? Deixe o seu comentário, me dizendo o que achou e lembre-se sempre de se lembrar de nunca esquecer de compartilhar este conteúdo com seus amigos, em suas redes sociais.

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.

Copyright: Kzenon / Shutterstock

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010