10 Lições do livro “Essencialismo” de Greg McKeown

Livro aberto

Veja algumas das principais lições que podemos aprender com o livro “Essencialismo”.

O livro “Essencialismo” de Greg McKeown foi publicado em 2014, esteve na lista de mais vendidos do The New York Times e até hoje é muito citado nas redes sociais. Seu subtítulo, “A disciplinada busca por menos”, nos dá uma breve ideia sobre o tema abordado.

Ao longo das 272 páginas, o autor fala sobre a abordagem do essencialismo, que está relacionada a focar no que é essencial. Diferentemente do minimalismo, a ideia não é apenas manter o foco em eliminar excessos, mas sim em se concentrar no que realmente importa.

Quer saber mais sobre o livro e as principais lições que ele nos ensina? Siga a leitura!

Qual o melhor caminho para a felicidade?

Preencha AGORA o formulário para descobrir!

Sobre o que o livro “Essencialismo” fala?

Como o próprio título sugere, a grande proposta do livro “Essencialismo” é manter o foco no que é essencial. Como não é tão simples entender o que é essencial para cada um, o autor apresenta uma série de maneiras de encontrar essas respostas dentro de nós.

Greg McKeown chama de essencialistas as pessoas que vivem com foco em priorizar as coisas que realmente importam para elas. Assim, há semelhanças com a filosofia do minimalismo, porém, aliando a busca por menos à qualidade das escolhas feitas.

Esse é um tema de grande relevância para o ser humano de modo geral. Afinal, quantos de nós deixam de fazer o que desejam por ceder às pressões externas ou mesmo às nossas próprias inseguranças? Com isso, perdemos a chance de viver de forma fiel às nossas vontades e convicções.

Lições que o livro “Essencialismo” ensina

Veja, a seguir, algumas das principais lições que podemos aprender com o livro “Essencialismo”.

1. Aprender a dizer não

Um tema bastante abordado no livro é a capacidade de dizer “não”. Afinal, é através da confiança para recusar aquilo que não considera essencial que poderá manter o foco naquilo que é importante.

Um dos desafios propostos pelo autor é se questionar: “Estou investindo nas atividades certas?”. Ao refletir sobre a resposta considere todas as áreas da vida, como carreira, relacionamentos, objetivos pessoais, saúde etc. Isso dará direcionamento sobre o que deve ou não recusar.

2. Dedicar tempo para se observar e refletir

Para se tornar um essencialista é preciso tirar um tempo para refletir sobre as suas opções antes de fazer uma escolha. Durante essas reflexões, você pode se conhecer melhor e direcionar as decisões para o que realmente faz sentido.

Quanto mais presente esse hábito estiver em sua vida, mais fácil será identificar os seus desejos, objetivos e convicções. Mas para chegar a essas respostas é preciso silenciar os ruídos externos e manter o foco no seu interior.

3. Reconhecer seu poder de escolha

Ao longo da vida precisamos tomar uma série de decisões. Com isso, muitos de nós passam a sofrer da chamada “fadiga de decisão”, que leva a escolhas feitas sem cuidado, de forma automática.

Para se tornar um essencialista é necessário resgatar o poder de decidir. Assim, conseguirá construir a sua história de forma intencional, evitando seguir por caminhos que foram definidos por terceiros.

4. Fazer pausas para descansar

Mais uma lição importante que o livro traz está relacionada à importância do descanso. Em algum momento se construiu a ideia de que sucesso é sinônimo de trabalho incansável e, embora a dedicação seja necessária, descansar e dormir também é fundamental.

Dormir bem todos os dias ajuda uma pessoa a se tornar mais produtiva e a ter mais clareza em seus pensamentos. É preciso enxergar as horas que tira para alcançar com seriedade para evitar sacrificá-las achando que está obtendo uma vantagem quando na realidade não está.

5. Concentrar-se no que é vital para você

Quando tudo é importante, nada é realmente importante. Por essa razão, o autor convida o leitor a essa busca pelo que é essencial. Ele trata muito sobre o quanto é necessário identificarmos as nossas prioridades.

De nada adianta dizer que prioriza a família se não inclui na sua rotina passar tempo de qualidade com seus entes queridos, por exemplo. A priorização deve ser mais do que apenas um pensamento e sim direcionar as suas decisões.

6. Buscar seu propósito

Greg McKeown sugere ao leitor iniciar uma jornada em busca do seu propósito, que é o que dá sentido à vida de cada indivíduo. A principal atitude a ser tomada para encontrar respostas é se questionar sobre suas paixões, tentativas, sentimentos em relação a elas e assim por diante.

7. Não dá para fazer tudo ao mesmo tempo

Durante muito tempo, ser multitarefa era considerado um grande diferencial, um ideal que todo profissional deveria buscar. Contudo, através de pesquisas e experiências se descobriu que é muito mais eficaz realizar uma tarefa de cada vez do que várias ao mesmo tempo.

Se você tem o hábito de querer fazer tudo ao mesmo tempo, experimente direcionar o foco para uma atividade por vez. Assim, verá que não apenas conseguirá fazer tudo em menos tempo como também com maior qualidade.

8. Ter uma rotina é importante

Existem pessoas que consideram a rotina como algo ruim, que deixa a vida monótona e deteriora os relacionamentos. Contudo, o efeito dela pode ser exatamente o contrário. Se você criar a rotina certa, seguindo os ensinamentos do livro, poderá fazer das atividades diárias ímãs que te ajudarão a adquirir os hábitos que deseja.

9. Manter um diário

O autor estimula os leitores a manterem um diário para anotar os objetivos que desejam alcançar e o que mais desejarem. Embora o nome diário remeta a uma atividade a ser realizada todos os dias, não importa a frequência de escrita. O importante é manter um bloco de notas com as informações que julgar importantes.

10. Separar objetivos grandiosos em etapas

Por fim, a última lição do livro “Essencialismo” é separar objetivos grandiosos em etapas mais simples. Assim, a cada degrau alcançado, lembre-se de comemorar e reconhecer o esforço que teve para chegar naquele patamar. Essa forma de enxergar as coisas evitará que desanime durante o processo em busca de uma meta audaciosa.

Você já leu o livro “Essencialismo”? Identificou mais alguma lição que não foi citada? Compartilhe suas percepções abaixo!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63

This will close in 0 seconds