Quais principais indicadores financeiros um gestor deve ficar de olho?

gestor analisando indicadores financeiras

Conheça quais são os principais indicadores financeiros que os gestores precisam ficar de olho.

Você já se perguntou como saber se a sua empresa está se saindo bem? Ficar atento a alguns indicadores financeiros pode tornar mais fácil chegar a uma resposta. O setor financeiro é estratégico e reflete a situação da companhia no mercado. Quando cumpre e até ultrapassa suas metas, demonstra que o empreendimento está no caminho certo.

Por outro lado, se o setor financeiro não está entregando o retorno esperado, é um sinal de que é essencial mudar o rumo. Continue lendo para saber quais são os principais indicadores financeiros que um gestor deve ficar de olho.

Indicadores de desempenho: qual é a importância?

Os indicadores de desempenho são essenciais para a compreensão da realidade do empreendimento. A partir do cruzamento dos dados dos indicadores é possível ter diante de si um panorama corporativo completo. Contudo, é necessário dizer que um indicador financeiro isolado não é o bastante para visualizar a situação em seu todo.

Um indicador isolado aponta uma situação, mas não apresenta as causas. Por exemplo, o indicador de volume de vendas pode demonstrar queda, e esse é um problema. Mas, por que a queda vem acontecendo? Gestores que acompanham de perto indicadores-chave dificilmente são pegos de surpresa.

Esses gestores têm conhecimento da situação em que o negócio se encontra e quais as potenciais ameaças. O acompanhamento de perto dos indicadores torna mais fácil tomar decisões que tragam benefícios reais para o empreendimento. Ao identificar que os gastos estão elevados, se tem mais facilidade para encontrar custos para cortar que não influenciem na qualidade do produto/serviço.

Comece a ter o

Destaque

que você merece!

Preencha os campos abaixo para receber o e-book.

Quais indicadores financeiros o gestor deve ficar de olho?

Conhecendo a importância dos indicadores financeiros, é interessante saber quais são os principais que devem ser observados de perto. Confira abaixo.

Indicadores de rentabilidade

Os indicadores de rentabilidade são aqueles que permitem ao gestor analisar os lucros com o auxílio de algumas variáveis. Os indicadores abaixo podem ser comparados entre si e te ajudarem a mapear os momentos em que há melhores e piores resultados.

Margem operacional (lucro)

Esse indicador demonstra a porcentagem de cada venda que resta à empresa após serem deduzidas as despesas, exceto o Imposto de Renda. Para obter esse indicador, divida o resultado operacional pela receita líquida de vendas.

Margem líquida

Tem o mesmo sentido do indicador acima, mas com o Imposto de Renda já deduzido. Chegue ao valor dividindo o lucro líquido pela receita líquida de vendas.

Rentabilidade

Indicador que mede o potencial que a companhia tem para se manter tomando por base o investimento realizado em sua fase de estruturação. A função desse indicador é demonstrar se a empresa oferece o retorno esperado e indicar o caminho a ser seguido.

Retorno sobre o patrimônio

Esse dado é bastante importante para os acionistas. Para chegar a esse resultado, divida o lucro líquido pelo patrimônio líquido. Para que fique mais claro, imagine uma empresa que tem lucro de R$ 20 milhões e investimento de R$ 100 milhões. O retorno sobre o capital investido é de 20%. Esse dado permite que os acionistas comparem com a concorrência para saber se a companhia é rentável.

Margem EBITDA

O termo “EBITDA” vem do inglês e refere-se ao lucro antes que sejam abatidos itens como juros de impostos, depreciação e amortização. É um indicador que permite ao gestor identificar o retorno no tocante ao dinheiro em caixa.

Life Time Value (LTV)

Demonstra o valor de cada cliente por tempo de relacionamento e pode ser relevante para as empresas que prestam serviços frequentes, como os de assinatura. Quando o LTV é alto significa que o relacionamento com os clientes é bom.

Custo de Aquisição de Cliente (CAC)

Esse dado é importante porque demonstra quanto cada cliente custa para a empresa. Para chegar a esse indicador, é preciso somar todos os gastos necessários para a aquisição e dividir pelo número de clientes que se obteve no período. A dica é analisar o CAC junto com outros indicadores para compreender o retorno dado por cada cliente.

Indicadores de liquidez

Os indicadores de liquidez permitem identificar a capacidade do empreendimento de quitar as suas próprias contas em curto prazo.

Liquidez corrente

Demonstra o quanto a empresa tem para receber em curto prazo e o quanto de contas tem para pagar. Para chegar a esse valor, divida o circulante ativo pelo passivo. O indicador deve ser maior do que um para que seja ideal.

Recebíveis

Esse indicador se refere a quanto a empresa tem para receber dos clientes. Indica a taxa de inadimplência e o percentual dos recebíveis à vista. É um indicador que ajuda o gestor a ter uma programação mais concreta em curto prazo.

Ponto de equilíbrio

Esse é o indicador que aponta a quantidade mínima de vendas de produtos e serviços para cobrir todos os custos, despesas e não ter prejuízo. O cálculo deve ser feito somando as despesas fixas e as despesas financeiras, divida, então, pela porcentagem da margem de contribuição. Trata-se de um dado essencial para não ficar com a empresa no vermelho.

Indicadores de atividade

Esses indicadores são utilizados para compreender a velocidade com que as contas da organização estão sendo convertidas em caixa ou vendas. Nessa categoria, o indicador que mais se destaca é o giro de caixa. Se o valor é alto, demonstra que todo o dinheiro recebido pela empresa em suas vendas está sendo usado rapidamente para financiar as atividades corporativas.

Variações dos indicadores

É essencial esclarecer que todos os indicadores financeiros que apresentamos ao longo deste artigo podem variar. O setor em que a empresa atua pode contribuir para essa variação. Há indicadores que se encaixam melhor em alguns setores e não tão bem em outros. Tudo depende do produto ou serviço comercializado pela sua empresa.

Os indicadores são importantes para analisar a situação da companhia, mas também para os acionistas. A partir desses dados, fica mais fácil para que os investidores decidam investir em um empreendimento ou não. Mantenha esses indicadores atualizados!

Indicadores financeiros são essenciais para a gestão de empresas. Para conferir mais conteúdos de empreendedorismo, além de dicas de motivação e desenvolvimento pessoal, acesse outros posts!

Aproveite para deixar seu comentário abaixo e compartilhar o artigo em suas redes sociais!

Imagem: Por Andrey_Popov

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63