Pensamentos Intrusivos: como tratar o problema?

Pensamentos Intrusivos Pensamentos Intrusivos – Saiba como tratar o problema

 

A mente humana é muito poderosa, e cada pensamento tem o potencial de se tornar forte e agir de maneira transformadora em nossa vida. Por meio do pensamento positivo, o indivíduo é capaz de modificar comportamentos e espalhar luz por onde passa. 

Porém, existem outros tipos de pensamentos, que, em muitos momentos, dominam a nossa mente de forma negativa e acabam não contribuindo tanto assim com o nosso crescimento individual, podendo causar diversos problemas, caso não sejam devidamente controlados: são os chamados pensamentos intrusivos.

Para entender melhor do que se trata e de que forma eles se manifestam e agem em nossa mente e vida, convido você a me acompanhar nesta poderosa leitura e conferir. 

Livre-se de padrões que não contribuem para seu desenvolvimento.
Com meu ebook “O Poder do Autoconhecimento” você irá crescer continuamente!

O que são pensamentos intrusivos?

Pensamentos intrusivos são aqueles que causam ansiedade, destroem a autoconfiança e fazem o indivíduo pensar em coisas e fatos ruins, podendo, com isso, tornarem-se obsessivos. Quem tem pensamentos intrusivos costuma sempre esperar que coisas ruins aconteçam, desconfia das pessoas (até mesmo, daquelas que são próximas e queridas) e tende a ser inquieto e impaciente.

Uma das causas mais comuns para o surgimento dos pensamentos intrusivos é a ansiedade. Nesse contexto, eles acabam aumentando os medos e potencializando os demais sintomas do transtorno. 

Por mais que sejam realmente e verdadeiramente assustadores em diversos aspectos, os pensamentos intrusivos são tidos como um mecanismo normal, que passa pela cabeça de todo e qualquer tipo de pessoa, sendo algo que faz parte da forma como a mente humana funciona. 

Entretanto, é na constância e frequência que está o perigo dos pensamentos intrusivos, já que, uma vez instalados, eles têm a tendência de se retroalimentar, gerando, assim, um grande círculo de pensamentos negativos, catastróficos, preocupações excessivas e, na maioria dos casos, irreais, sendo que é exatamente nestes pontos que mora a enorme dificuldade de superá-los quando surgem. 

Quando isso acontece, os pensamentos intrusivos podem aumentar os sintomas da ansiedade, prejudicar a vida social do indivíduo e levar ao desenvolvimento de transtornos emocionais ainda mais intensos, como transtorno bipolar, depressão, estresse pós-traumático, entre outros. 

O que os pensamentos intrusivos podem causar?

Quando torna-se algo frequente na vida de uma pessoa, os pensamentos intrusivos têm o grande potencial de causar angústia, dor, sofrimento, um medo constante, não só de situações diversas, mas também da interação com outras pessoas, o que potencializa os efeitos e sintomas da ansiedade e também atrapalha o desenvolvimento pessoal e profissional do indivíduo. 

Ao deixarem de ser imaginações bobas, que em muitos casos passam rapidamente pela mente da pessoa, os pensamentos intrusivos podem impactar negativamente a sua vida pessoal, prejudicando suas relações, com amigos e familiares, levando-a, aos poucos ao isolamento. 

Já no trabalho, um profissional com pensamentos intrusivos não consegue ser tão produtivo e nem entregar suas demandas de forma satisfatória, mesmo que tenha competências e habilidades suficientes para isso. Além disso, outro ponto que também sai prejudicado são as relações interpessoais, que todo indivíduo precisa desenvolver para crescer na carreira. 

Estas são efetivamente impactadas, já que o colaborador passa a ter ideias e atitudes que sabotam as mesmas, bem como o seu próprio crescimento enquanto profissional.

Como lidar com os pensamentos intrusivos?

Como pudemos perceber, caso não recebam a atenção necessária e não sejam devidamente tratados, os pensamentos intrusivos poderão se intensificar e causar maiores danos à vida do indivíduo. 

Sabendo disso, compartilho com você dicas importantes, que vão te ajudar a desenvolver mecanismos de enfrentamento, caso você esteja vivendo este problema. Continue a leitura e confira:

Procure a causa

A primeira ação a ser tomada para lidar com os pensamentos intrusivos é procurar a sua causa. Digo isso, pois, em muitos casos, eles podem estar realmente relacionados a problemas e transtornos mentais, dos quais o indivíduo pode não ter consciência que tem, como os que citei acima: ansiedade, depressão, bipolaridade, e por aí vai. 

Neste caso, se você perceber que estes pensamentos estão se tornando frequentes em seu dia a dia e que você está com medo excessivo, se isolando cada vez mais, o ideal é que você se submeta a um processo de investigação, procurando ajuda especializada.

É preciso identificar qual é a causa destes pensamentos. Além da ansiedade, existem alguns transtornos emocionais responsáveis pelos pensamentos intrusivos. São eles:

Para identificar a causa destes pensamentos, é fundamental buscar ajuda com profissionais capacitados, como psicólogos ou psiquiatras, que poderão indicar o melhor tratamento para cada caso. Além disso, com o tratamento ideal e correto, é possível resistir gradativamente a estes pensamentos negativos.

Tente pensar de forma racional

A primeira coisa que é preciso ter em mente é que os pensamentos intrusivos, na maioria dos casos, se tornam algo irreal, conforme vai ganhando forma. Neste sentido, todas as vezes que eles surgirem, ou seja, quando você começar a se imaginar fazendo coisas absurdas, tente parar por um instante e se perguntar: “Eu realmente seria capaz de fazer isso? Este pensamento faz sentido? De 0 a 10, qual a chance de eu me colocar em uma situação como esta?”.

Conforme você colocando esta técnica de enfrentamento em prática, mais ela vai ganhando força diante dos pensamentos intrusivos e mais você passa a entender que nada disso é real ou tem chance verdadeiramente acontecer. 

Medite

A meditação é uma prática de contribui, de forma efetiva, para o combate aos pensamentos intrusivos. Isso porque trata-se de um método que ajuda a todo indivíduo que vive esta experiência a observar o funcionamento de sua própria mente, entrando em contato com a sua consciência e também com o seu inconsciente. 

Neste sentido, este processo vai contribuir, efetivamente e na prática, para que você passe a entender cada vez mais e melhor o que se passa em sua cabeça, principalmente nos momentos em que este estiver sendo tomadas por estes tipos de pensamentos.

Além disso, a meditação, sendo algo tão poderoso, vai te fazer, conforme você for praticando, se reconectar com a sua essência, com a sua força interior, tendo, assim, a oportunidade de alinhar corpo e mente e, dessa maneira, fortalecer, cada vez mais, as ações e os pensamentos positivos. 

Para que você comece agora mesmo a mergulhar neste processo, compartilho com uma meditação que gravei em vídeo, e que vai te ajudar a ter a serenidade de que precisa para lidar de frente com os pensamentos intrusivos. Confira e pratique diariamente:

Tudo ganha o peso e a proporção que nós damos

Muitas vezes, nós somos impactados por acontecimentos, que podem ser facilmente contornados e resolvidos, porém, a primeira reação que temos é sempre de medo e desespero. Dificilmente, em uma situação adversa, nós paramos para pensar racionalmente, no sentido de compreender qual o real tamanho do problema. 

Com os pensamentos intrusivos acontece exatamente a mesma coisa, ou seja, um pensamento ruim puxa outro e isso acaba tomando uma forma, que, para o indivíduo que sofre com esta situação, somente o pior pode acontecer. 

Entretanto, é preciso entender, que tudo em nossa mente tem o peso e a proporção que nós mesmos damos. Sendo assim, se um pensamento catastrófico surge e toma conta de tudo, é porque de alguma forma isso foi sendo alimentado. 

Porém se o contrário acontece, ou seja, se esse mesmo pensamento vem e nós lidamos com ele de forma a perceber e dar a ele o seu verdadeiro tamanho e importância, mais chances teremos de combatê-lo e mandá-lo embora, bem como de expulsar quaisquer outros que surgem e queiram nos assustar. 

Tudo é uma questão de prática.

Desenvolva o seu autoconhecimento e autoconfiança

Em muitos casos, algo que o pensamento intrusivo faz com o indivíduo é minar a sua autoconfiança e autoestima, uma vez que os pensamentos que geralmente surgem geram medo, insegurança e sensação de fracasso. 

Neste sentido, algo no qual você pode trabalhar é para desenvolver o seu autoconhecimento. O que quero dizer com isso? Que você deve procurar conhecer quais são suas principais potencialidades, ou seja, os pontos fortes, habilidades e competências que você possui e que te ajudam a ter um desempenho de excelência, tanto em sua vida pessoal, quanto na profissional. 

Além disso, o autoconhecimento vai te ajudar a ter maior consciência também sobre os seus pontos de melhoria, que são aquelas atitudes e comportamentos que você tem em seu dia a dia e que acabam atrapalhando a sua evolução contínua. 

Tomando consciência de tudo isso, você terá a oportunidade de fortalecer seus pontos fortes, fortalecendo também a sua autoestima e autoconfiança, e de eliminar as crenças limitantes e comportamentos sabotadores, transformando-os, efetivamente e na prática, em crenças positivas, que vão te ajudar a enfrentar os pensamentos intrusivos que queiram te diminuir. 

Assim, cada vez que algum pensamento sabotador e intrusivo surgir em sua mente, você vai sempre começar a dizer a si mesmo que você é capaz, talentoso, criativo e querido pelos seus familiares e amigos, bem como por seus colegas de trabalho.
Com o tempo, você estará mais seguro de suas habilidades pessoais e profissionais e livre desses pensamentos que só fazem mal a você e às pessoas que te rodeiam.

Tenha sempre um pensamento positivo na manga

Você já ouviu falar naquela técnica de toda vez que uma reclamação surgir em sua mente, você deve combatê-la, enumerando ao menos três motivos que tem para agradecer? Aqui a técnica que incentivo você a utilizar é praticamente a mesma. 

Todas as vezes que os pensamentos intrusivos quiserem ganhar forma em sua mente, lance mão de um gatilho positivo em sua mente, ou seja, pense em algo que te faça se sentir bem, feliz, alegre. 

Pode ser uma pessoa, um acontecimento, uma experiência positiva que você viveu e que te deixou com a sensação de real felicidade, enfim, o importante aqui é ter sempre esta carta na manga, pois ela vai te ajudar a afastar aos poucos estes pensamentos, que vão se tornando torturantes, se tomamos suas rédeas. 

A vida moderna e os pensamentos intrusivos

Como eu disse mais acima, os pensamentos intrusivos podem surgir em decorrência de diversos transtornos psicológicos e situações de nosso dia a dia, que muitas vezes nos vemos incapazes de controlar. 

Entre estas situações, que também têm um grande potencial de desencadear os transtornos mentais que mencionei ao longo do texto, está a vida moderna e tudo o que ela trouxe e traz diariamente para nossa realidade.

Hoje vivemos de forma tão acelerada, tendo que atender uma infinidade de demandas, em casa e no trabalho, bem como as expectativas das pessoas que nos rodeiam, que muitas vezes, não conseguimos fazer absolutamente nada de forma satisfatória: não trabalhamos direito, nos alimentamos mal, passamos cada vez menos tempo com quem gostamos, não praticamos mais exercícios físicos e muito menos atividades de lazer, que nos deixem em paz com nós mesmos e com o universo ao nosso redor. 

A consequência disso é que acabamos nos sentindo extremamente pressionados, tanto na vida pessoal, quanto também na profissional, o que nos faz ficar cada vez mais estressados e doentes, pois não estamos sabendo lidar com estes excessos, que acabam nos consumindo pouco a pouco durante a nossa vida. 

Neste sentido, é fundamental que nos empenhemos verdadeiramente, para realizar o movimento contrário, ou seja, que organizemos nossa rotina, de forma que possamos atender bem todas as demandas relacionadas a ela.

Tudo isso, sem esquecer de inserir atividades de autocuidado, que são essenciais, para nos fortalecermos internamente e, assim, conseguir combater, não só o pensamento intrusivo, mas também a lidar com a ansiedade, depressão, com o TOC, e com todos estes transtornos, que têm, a todo momento, tirado a nossa paz. 

Reflita sobre isso e veja, agora mesmo, o que você pode começar a fazer por você. 

Agora me conte, querida pessoa: o que você achou deste conteúdo? Já tinha ouvido falar em pensamentos intrusivos? Deixe suas impressões sobre o assunto nos comentários e lembre-se de compartilhar o artigo em suas redes sociais, para contribuir com o conhecimento de seus amigos. 

Copyright: Ollyy / Shutterstock

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010