A vida urbana e seu impacto no bem-estar dos indivíduos

impactos negativos na vida urbana
Entenda os impactos negativos da vida urbana

De acordo com um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU), 2,5 milhões da população mundial estará vivendo em zonas urbanas até 2050. Para você ter uma ideia, atualmente 54% das pessoas do planeta já não vivem em zonas rurais. Esses dados aumentam consideravelmente as necessidades de modernização e aumento da infraestrutura para novas habitações, saneamento básico, transporte público e energia. Além é claro do crescimento da demanda por alimentação e emprego.

Agora que você já sabe disso, como será que nós, seres humanos, podemos contribuir para que o dia a dia nas áreas urbanas seja mais positivo e ideal o bem-estar de todos? Existem alguns pontos de atenção para manter a qualidade de vida urbana com índices positivos. No artigo de hoje, vamos conferir quais são os principais. É só continuar lendo para saber mais!

Quer eliminar hábitos tóxicos da sua vida?

Preencha AGORA o formulário para saber como!

logo detox branca

5 formas para melhorar a qualidade de vida

Veja como acrescentar comportamentos positivos não é um bicho de 7 cabeças:

Cuidar da qualidade do seu sono: manter hábitos regulares de sono é uma excelente forma de estabilizar o seu organismo, diminuir as chances de ter doenças, evitar estresse, restringir as possibilidades de erro ou distrações por cansaço, evitar o sedentarismo e muito mais. Mas, a gente sabe que muitas vezes é difícil ter hábitos saudáveis relacionados ao sono por conta da vida agitada da cidade. Confira alguns exemplos:

Pode ser que o seu dia no trabalho seja tão estressante que atrapalhe a tranquilidade do seu sono. Para esses casos, busque por pequenas ações como tomar um chá e evitar bebidas com cafeína e comidas gordurosas ao chegar em casa. Outro ponto interessante é não usar objetos tecnológicos pouco antes de dormir.

Outra situação é quando o caminho entre o trabalho e o seu lar é tão longo e cansativo que prejudica o mínimo de horas de sono que você deveria cumprir para se sentir bem no dia seguinte. Nesses casos, é interessante que você busque por transportes alternativos, tais como pegar carona com colegas ou ir e voltar de bicicleta. Outro ponto importante desse cenário, é manter um mesmo horário para dormir, mesmo chegando tarde.

Pode ser ainda que você more em um lugar com muito barulho. Se esse for o caso, busque por criar o ambiente perfeito para uma boa noite de sono: apague as luzes e coloque uma música com sons calmantes, tais como o barulho de chuva.

Praticar exercícios físicos: a prática de atividades físicas é uma ótima maneira de ajudar o seu organismo a evitar doenças como a obesidade e problemas cardiovasculares. Além disso, ainda contribui para a manutenção positiva da sua autoestima. Caso o seu dia seja muito agitado, tente ir a academia antes do trabalho ou logo depois para fazer uma série de atividades curta. Outra opção é usar os aplicativos gratuitos de exercícios com séries de até 30 minutos que podem ser realizadas em qualquer lugar.

Hábitos que servem como exercícios físicos: algumas atitudes são ideais, pois servem como prática de atividade física e ainda contribuem para a preservação do meio ambiente. Alguns exemplos de hábitos são bem comuns e superinteressantes, tais como:

  • Ir e voltar do trabalho de bicicleta;
  • Deixar o carro em casa e sair a pé;
  • Fazer exercícios físicos no parque;
  • Usar as escadas no lugar do elevador;
  • Caminhar todos os dias no parque ou pelo seu bairro.

Engana-se quem acha que ninguém está se importando com os itens acima. Você sabia que a ONU considera o ato de andar de bicicleta como o transporte ecologicamente mais sustentável do planeta? E tem mais! De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), aproximadamente, 7% dos brasileiros utilizam a bicicleta como forma de transporte. Que tal começar a aderir a essa atitude?

Hábitos que servem como terapias: existem alguns hobbies que podem servir como formas de desestressar, economizar e ainda ajudar a preservar o meio ambiente. Praticar a jardinagem, plantando suas próprias verduras e temperos é um bom exemplo. Além de ser um ato muito tranquilizador, ele ajuda você a evitar veneno na sua refeição.

Outra ideia interessante é aproveitar ao máximo todos os seus alimentos. Por exemplo, você pode reaproveitar a casca da banana para fazer bolo ou até para diminuir alguns tipos de problema de pele. Então, além de reaproveitar, você ainda tira um tempo para cozinhar e até cuidar de si mesmo.

Manter uma alimentação equilibrada: é provável que você já tenha lido muito por aí a respeito da importância de se comer bem. É a mais pura verdade. Uma alimentação balanceada, ou seja, sem muitas gorduras saturadas, açúcares e sódio é o princípio para se evitar doenças como diabetes, hipertensão e obesidade. Suas refeições podem misturar alimentos que contribuam para a sua longevidade, bom funcionamento dos órgãos internos, menos chances de adquirir doenças e até outros benefícios com a saúde da pele.

Equilibrar a vida pessoal e profissional já não é uma tarefa fácil, pois existe muito autoconhecimento e inteligência emocional. Mas, é totalmente possível com a ajuda do coaching e muita dedicação. Acrescentar atitudes positivas, sustentáveis e de bem-estar no seu cotidiano pode parecer muita coisa agora, porém elas fazem parte desse balanço harmônico que todos nós devemos tentar ter no dia a dia.

Para ser bem sucedido é preciso estar em equilíbrio consigo mesmo. Quer descobrir qual o seu nível de felicidade?
Clique aqui e faça nosso teste.

Use o coaching

O coaching tem o poder de transformar a sua vida positivamente usando técnicas e ferramentas efetivas. Os ensinamentos do método podem ser bem assertivos na sua busca por um modo de viver de forma mais saudável, mesmo estando na zona urbana.

No Instituto Brasileiro de Coaching (IBC) há a formação Professional & Self Coaching (PSC) que ensina o que é o coaching e seus principais fundamentos; o que é e como exercer o autoconhecimento; como encontrar e praticar a sua autoestima; o que é e como aplicar o autodesenvolvimento no seu cotidiano; como gerenciar seus sentimentos e ações com a inteligência emocional; o que é o processo evolutivo; quais são as crenças limitadoras e como acabar com elas; quais são os princípios da programação neurolinguística e como usá-los no dia a dia; o que são processos de identidade; o que é aprendizagem acelerativa; quais são os fundamentos da psicologia positiva e como aplicá-los; boas práticas de liderança; e muitos outros temas essenciais para o seu amadurecimento pessoal e profissional.

Agora que você já tem a consciência dos hábitos que podem deixar a sua vida mais saudável e sustentável nas zonas urbanas e também conhece mais sobre o coaching, que tal começar a aplicar os seus conhecimentos? Navegue pelo site e entre em contato com um dos nossos atendentes para saber mais sobre o PSC e outras formações incríveis do Instituto Brasileiro de Coaching.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.

Créditos da Imagem: Por mantinov – ID da foto stock livre de direitos: 552896335

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010