O que são políticas empresariais

Políticas empresariais Saiba mais sobre Política Empresarial e sua importância

 

Todo e qualquer tipo de negócio precisa de seguir determinadas normas e regras, para que assim funcione de forma satisfatória e tenha a oportunidade de alcançar resultados extraordinários em seu mercado de atuação. 

Neste contexto, é importante que saibamos que existem as normas externas à empresa, nas quais todas devem seguir e estar inseridas, como as relacionadas a tributos, a vínculos empregatícios, de concorrência, entre diversas outras, bem como as que se referem aos procedimentos internos da organização, que servem para balizar as ações internas que são executadas, além do comportamento de todos que fazem parte dos negócios. 

A estas regras e normas internas das empresas dá-se o nome de políticas empresariais, que é exatamente o assunto que abordarei no artigo de hoje. Acompanhe-me nesta poderosa leitura e entenda um pouco mais sobre este tema.  

Definição de políticas empresariais

Cada uma das empresas que está inserida no mercado atual tem suas próprias características e maneiras de se posicionar. Isso acontece, principalmente, no que diz respeito aos produtos e serviços que esta oferece em seu segmento, à forma como se relaciona com seus principais stakeholders, que são seus consumidores, colaboradores e  fornecedores, e também à forma com que administradores e diretores escolhem para conduzir a organização como um todo. 

Quando refletimos sobre estes pontos, somos levados a analisar e a procurar entender, com maior profundidade, o conceito de política empresarial, que nada mais é que a guia de definições estratégicas, consideradas como os principais alicerces da organização. São basicamente as políticas internas, parâmetros, balizamentos ou orientações, que facilitam e servem de base para o processo de tomada de decisões em qualquer nível da empresa. 

Todas as empresas possuem características específicas e diretrizes sobre a maneira de lidar com clientes, colaboradores, fornecedores, produtos, serviços e, principalmente, com a administração empresarial. 

Nesse sentido, a política empresarial padroniza a linguagem utilizada em todos os departamentos e operações, para que assim a comunicação entre todos aqueles que fazem parte do negócio se entendam e tenham alinhamento no dia a dia profissional, no sentido de caminharem juntos, rumo ao alcance do sucesso.

Tipos de políticas empresariais

Após compreender melhor do que se tratam as políticas empresariais, veja quais os tipos existentes a seguir:

– Políticas internas: orientam e regulam os relacionamentos entre os funcionários da organização; 

– Políticas externas: guiam o relacionamento da empresa com outros grupos; 

– Políticas estabelecidas: são provenientes dos objetivos, desafios e metas estabelecidas pela administração, ou seja, trata-se da delimitação de questões estratégicas ou táticas; 

– Políticas solicitadas: são resultantes das solicitações dos subordinados à administração: estão relacionadas às questões operacionais; 

– Políticas impostas: provenientes de fatores do ambiente, tais como governo, sistema financeiro, sindicatos, etc; 

– Políticas explícitas: são aquelas que precisam sempre ser formalizadas em documentos;

– Políticas implícitas: diz respeito à políticas que não necessitam de formalização, e têm como fonte a tradição, usos e costumes da organização. 

A importância da política empresarial

A política empresarial é um dos fatores mais importantes de uma corporação. Todo e qualquer tipo de empresário, empreendedor, líder e gestor precisa dedicar tempo à sua elaboração, para que dessa maneira seja possível atingir metas e objetivos, que levem a empresa ao tão almejado sucesso. 

Diante deste ponto, convido você a continuar me acompanhando, para compreender alguns outros motivos que tornam tão importante a criação de políticas empresariais dentro das empresas. Confira:

Normatiza a atuação da empresa

A primeira razão que faz com que empresários, gestores e empreendedores tenham que definir suas políticas empresariais, é que elas estabelecem as bases da organização por meio da definição dos objetivos, desafios e metas que precisam ser alcançados e o que cada um pode fazer dentro desse processo. 

Baseadas na missão e visão da empresa, as políticas conseguem definir claramente os objetivos da organização, proporcionando um melhor aproveitamento dos pontos fortes, diminuindo os pontos fracos e determinando o diferencial da empresa frente à concorrência.

Dá direcionamento

Enquanto CEO de uma empresa, por diversas vezes, já me vi diante de conflitos e momentos em que eu tinha que tomar decisões que poderiam mudar o curso das coisas dentro da organização. Em situações assim, em que eu praticamente não sabia qual rumo seguir ou escolha fazer, o que me ajudou e deu direcionamento foram as políticas empresariais que foram definidas para o IBC. 

Assim, é possível concluir que ao definir as políticas que a empresa deve seguir em suas ações, o processo de tomada de decisão passa a ser facilitado, já que o CEO ou os gestores saberão que direção tomar, decidindo por aquilo que esteja alinhado às políticas que regem a atuação empresarial. 

Permite a criação da imagem da marca

Outro ponto que faz das políticas empresariais algo importante é o fato de que ela contribui para que os mais diversos tipos de negócios criem a imagem de sua marca no mercado em que atuam. Isso acontece, devido a possibilidade que elas dão às pessoas de conhecerem mais e melhor a missão, visão e valores organizacionais, bem como a sua forma de se posicionar em seu segmento. 

A partir disso, gera-se um boca a boca, não só entre os clientes, mas também entre fornecedores, parceiros e concorrentes, que pode ser tanto positivo, quanto negativo, dependendo da impressão causadas por meio de suas ações.

Como se posicionar? 

As políticas empresariais servem também para ajudar as empresas a se posicionarem no segmento em que atuam. Isso acontece porque elas são diretrizes que contribuem para que o empresário defina os objetivos mais amplos que deseja alcançar ao longo de sua trajetória. 

Estes objetivos podem se referir tanto à definição de políticas centradas nos clientes, no desenvolvimento de ações sustentáveis, que beneficiem os colaboradores, fornecedores e parceiros, entre diversas outras. 

Fazer o que se prega

A partir do momento que uma empresa define que suas políticas serão direcionadas para a proteção do meio ambiente e valorização de seu capital humano, é imprescindível que ela coloque em prática ações para implementar o que prega. 

Agir desta forma se faz extremamente necessário, porque ter ações contrárias às diretrizes e políticas empresariais faz com que a empresa corra o risco de perder a sua credibilidade, gerando, assim, desconfiança, não apenas em seus clientes, mas também em seus possíveis parceiros e fornecedores. 

Clareza com relação às condutas que se espera de todos

Algo de real importância para todo e qualquer tipo de empresa é a necessidade de deixar claro, principalmente para os colaboradores, o que se espera de cada um deles. Neste sentido, as políticas empresariais se aplicam com perfeição, pois empresários e gestores podem se unir e elaborar manuais de conduta para os profissionais, das próprias políticas, dos processos e procedimento organizacionais, manual financeiro, entre diversos outros, que vão balizar o comportamento e as ações de cada membro que compõe a empresa. 

Políticas empresariais X Valores pessoais

Conforme descrevi neste último item, um dos fatores que tornam as políticas empresariais importantes para as organizações, é a possibilidade que elas dão a estas de criar parâmetros capazes de direcionar a conduta e o comportamento dos colaboradores, deixando claro, para cada profissional, o que se espera deles. 

Este é um ganho significativo para a empresa, uma vez que terá maior garantia de assertividade em suas ações, já que todos terão consciência do que é necessário fazer para que as metas, objetivos e resultados extraordinários sejam alcançados, tanto interna, quanto externamente. 

Outro ponto que torna este fator essencial, e que ele ajuda o colaborador a entender, com maior clareza, se as políticas empresariais que a organização coloca em prática, estão de acordo com seus valores pessoais. À medida que existe um alinhamento neste sentido, as chances de que a empresa seja bem-sucedida em suas ações, bem como do profissional ter sucesso em sua carreira, são significativas, já que ambos estarão trabalhando em parceria, para que haja um beneficiamento mútuo. 

Porém, é necessário também ter em mente que o contrário pode muito bem acontecer. Ou seja, a empresa pode deixar suas políticas claras para seus colaboradores e um ou outro perceber que tais diretrizes não estão de acordo com seus valores e princípios pessoais e muitos menos com os objetivos de carreira que têm para si. 

Caso este cenário se configure, a probabilidade de que conflitos ocorram, gerando, assim, uma instabilidade no ambiente organizacional, aumentam de forma considerável. Diante disso, tanto empresa, quanto colaboradores, se verão em uma situação complexa, podendo se deparar com questões difíceis de lidar. 

Em situações assim, a minha dica é que haja equilíbrio de ambas as partes. No caso do colaborador, o que ele pode fazer é analisar o cenário é ver de que maneira pode se posicionar, no sentido de se tornar um profissional mais flexível e trabalhar de uma forma que atendam às expectativas organizacionais, bem como às suas próprias. 

Já a empresa pode implementar novas políticas e ações que visem resgatar seus colaboradores insatisfeitos, oferecendo-lhes, assim, uma oportunidade de reinventarem e se motivarem novamente, para que, dessa maneira, possam continuar realizando um trabalho de excelência, que gere verdadeiros resultados extraordinários para todos.

Quando empresa e colaborador trabalham para manter seus interesses alinhados, as chances de que todos saiam ganhando com esta mudança de perspectiva e comportamentos aumentam consideravelmente. Assim, é fundamental que as políticas empresariais e os valores pessoais sejam analisados de forma cautelosa, para que não hajam prejuízos, nem para a organização e muito menos para o funcionário. 

Neste contexto, o equilíbrio é tudo e precisa ser mantido de todas as formas possíveis. 

Como definir as políticas empresariais da sua empresa?

Como eu disse no começo deste conteúdo, cada empresa é única e tem suas próprias características, pontos estes que devem, primordialmente, ser levados em consideração na hora de definir suas políticas empresariais. 

No entanto, existem pontos em comum, que também devem ser levados em conta, para que assim a elaboração destas diretrizes sejam o mais assertivas possível e contribuam para que o alcance de metas e objetivos por parte de todos os envolvidos nos processos organizacionais. 

Confira abaixo quais são estes pontos:

  • Missão, visão e valores organizacionais: estes fatores dão maior clareza sobre quem a empresa é e como ela deseja se posicionar e ser vista no mercado, por seus stakeholders;

  • Lista de objetivos: fazer uma lista dos objetivos que se pretende alcançar, permite que se elabore um manual preciso, contendo os caminhos que se espera que cada um percorra no ambiente organizacional;
  • Processos e procedimentos: listar também as tarefas e atividades diárias desempenhadas dentro do negócio vai permitir que se tenha uma noção maior do que é necessário ser feito para que a empresa funcione em boas condições;
  • Problemas e soluções: neste processo, é fundamental que se pense nos problemas e soluções, que ocorrem com frequência na empresa, e que serão resolvidos, a partir do momento que as políticas empresariais forem implementadas;
  • Elabore as políticas empresariais: assim que você e sua equipe analisarem todos estes pontos que mencionei, de forma detalhada, vocês já estarão aptos a definirem as políticas que desejam implementar na empresa, para que tudo transcorra da melhor maneira possível e os colaboradores alcancem a alta performance em suas áreas de atuação. 

Pode parecer trabalhoso, mas pensar e definir estas diretrizes vai permitir que tudo funcione bem na empresa e, assim, resultados extraordinários sejam realmente e verdadeiramente alcançados. 

Invista nisso e muito sucesso em sua jornada!

O que você achou de saber um pouco mais sobre as famosas políticas empresariais? Gostou deste conteúdo? Deixe nos comentários as suas impressões sobre este tema e lembre-se sempre de se lembrar de continuar nos acompanhando, pois toda semana tem material novo, que vai agregar ainda mais à sua carreira, à sua vida pessoal e também à sua empresa. 

Esse artigo foi útil para você? Então comente e compartilhe com os amigos nas redes sociais!

Copyright: https://www.shutterstock.com/

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.


*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010