7 Dicas para superar uma demissão inesperada

Mulher sentada no chão triste com uma caixa

Confira uma lista de dicas extraordinárias que poderão te ajudar a superar uma demissão inesperada.

Um problema que costuma desestabilizar a vida de uma pessoa é perder o emprego. Afinal, para superar uma demissão inesperada é preciso, além de lidar com questões emocionais, pensar em soluções práticas para buscar um novo trabalho.

Contudo, é importante lembrar que o fato de ser uma situação desafiadora não significa que não possa ser superada. Com as atitudes certas é possível se manter resiliente nessa fase de adaptação à mudança e, até mesmo, aprender boas lições.

Preencha AGORA o formulário para descobrir!

Fases da superação de uma demissão inesperada

Ser demitido é sempre um baque, especialmente se não há qualquer indício de que irá acontecer. Um turbilhão de emoções e pensamentos toma conta da mente do profissional que perde seu trabalho.

Sentimento de rejeição, dúvidas sobre a própria capacidade, insegurança e medo de não conseguir outro emprego são bastante comuns. Porém, é preciso tomar cuidado para evitar se deixar levar pelos pensamentos negativos. Existe luz no fim do túnel e com paciência e serenidade conseguirá encontrá-la.

De qualquer forma, é fato que uma perda como essa gera o sentimento de luto, com fases bastante semelhantes de quando um ente querido se vai. Saiba mais sobre essas fases e as sensações que surgem em cada uma delas.

Negação da realidade: parece que “a ficha não cai” e o indivíduo não consegue acreditar no que aconteceu.

Raiva da situação: após o fim da fase de negação, o indivíduo começa a experimentar raiva em relação ao que aconteceu.

Negociação ou barganha: como a aceitação do fato ainda não aconteceu, o profissional demitido começa a alimentar pensamentos de que a empresa pode se arrepender e chamá-lo novamente.

Depressão frente ao fato: é o momento em que o indivíduo se dá conta de que as coisas não irão voltar a ser como antes. Então, ele se deprime.

Aceitação e superação: é a fase final do luto, em que há a aceitação e superação do que aconteceu. Nesse momento, as esperanças são renovadas para buscar novas oportunidades e seguir em frente.

Vale mencionar que as fases podem variar em relação à manifestação e intensidade. Entretanto, de modo geral, é assim que elas se apresentam após uma perda.

Dicas para superar uma demissão e dar a volta por cima

Veja, a seguir, sete dicas que poderão te ajudar a superar uma demissão inesperada e dar a volta por cima.

1. Reflita sobre a demissão

Uma demissão que acontece de forma totalmente inesperada gera uma confusão de pensamentos e é preciso se dar tempo para digerir. Nesse sentido, se permita parar para refletir e entender o que aconteceu.

A empresa está enfrentando uma crise? Vai haver uma reformulação e seu cargo não será mais necessário? Você teve alguma atitude que culminou na sua dispensa? É preciso que encontre respostas de forma objetiva, sem ficar se culpando. De nada vai adiantar se culpar agora, faça essa reflexão para aprender as lições necessárias e seguir em frente.

2. Saiba quais são os seus direitos

Em se tratando de questões práticas, é essencial que saiba quais são os seus direitos. Verifique os valores que tem a receber, aviso-prévio e outros detalhes. Se informar sobre isso não é sinal de desconfiança em relação ao empregador, mas apenas um cuidado que deve tomar para garantir que irá receber tudo o que é seu por direito.

3. Organize sua nova rotina

Passamos um terço do dia no trabalho, então, uma demissão representa uma grande mudança na vida. Para evitar passar dias deitado e se deprimindo, é necessário organizar uma nova rotina.

Defina horários para se deitar e acordar, liste as atividades que precisa cumprir e siga esse planejamento. Inclusive, essa organização será muito importante quando começar a buscar um novo emprego e te ajudará a gerenciar o seu tempo.

4. Lembre-se de outros desafios que superou

Quando estamos em meio a uma situação delicada, é comum pensarmos que não vamos conseguir sair dela. Um exercício simples e poderoso para reverter esse pensamento é relembrar de outras experiências desafiadoras que viveu.

Mesmo que não tenha vivido outra demissão, certamente já precisou lidar com coisas que pareciam não ter solução e que, no final das contas, foram resolvidas. Pensar a respeito te ajudará a fortalecer seu otimismo e esperança.

5. Conte com o apoio de pessoas próximas

Em momentos de fragilidade é muito importante poder contar com o apoio de pessoas próximas. Então, evite esconder seus sentimentos para transmitir força à sua família. Abra o jogo sobre o que está sentindo e peça ajuda.

Às vezes, uma companhia para realizar uma atividade leve, como assistir a um filme ou dar um passeio, é tudo o que precisa para se sentir melhor e se fortalecer. Pedir ajuda não é sinal de fraqueza e sim de maturidade e autoconhecimento.

6. Planeje-se financeiramente

Mais uma ação prática necessária a se tomar após uma demissão é se planejar financeiramente. Mesmo que vá receber seguro-desemprego por alguns meses é preciso rever certos gastos para manter uma reserva.

Liste todos os seus custos e elimine aqueles que forem possíveis. Quanto mais economia fizer, mais tranquilidade terá até encontrar um novo trabalho. Inclusive, mesmo após se recolocar profissionalmente, mantenha o hábito de ter uma reserva para emergências.

7. Busque formas de se aperfeiçoar profissionalmente

Ao planejar as suas finanças, destine uma porcentagem do valor que receber para fazer cursos. Mesmo que já tenha um excelente currículo, é sempre bom se atualizar e desenvolver novas habilidades.

Procure formações que tenham relação com a sua área e outras que possam agregar de forma mais ampla, como Coaching, por exemplo. Invista no seu desenvolvimento pessoal e profissional e aumente as chances de conseguir um novo emprego!

Evite se deixar levar pelos pensamentos negativos, entenda que ciclos se encerram para outros começarem e esse foi apenas um que chegou ao fim. Acredite, a vida pode te surpreender, mas, para que isso aconteça, lembre-se de fazer a sua parte. Confie em si e no seu potencial, se aperfeiçoe e irá encontrar novas oportunidades.

Tem mais alguma dica a acrescentar para superar uma demissão inesperada? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe o conteúdo com amigos que também esteja precisando ouvir palavras de apoio e incentivo.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010