No Vermelho. E Agora?

dividas e contas

Crédito Imagem: Pixabay | PublicDomainPictures

Quem nunca se entregou as facilidades do cheque pré ou do cartão de crédito e se enrolou para cobrir ou para pagar a fatura mensal? Se você é uma dessas pessoas que adoram ouvir o som da maquininha de cartão e a palavra, ”Autorizada”, atenção, todo cuidado é preciso para que seu nome não vá parar nos cadastros nacionais de inadimplentes.

Com o aquecimento da economia brasileira, reflexo também da diminuição das desigualdades na distribuição da renda acontecida nos últimos anos, à população, em especial das classes C/D, passou a dispor de uma renda maior, emergiu, e hoje representa a nova classe média do país. Um dos reflexos dessa ascensão econômica está no poder de compra e no aumento do crédito concedido, o que criou uma nova safra de consumidores em massa, ávidos para gastar.

Esse crescimento de renda tem possibilitado que mais pessoas tenham acesso a determinados bens, como: imóveis, carros e viagens de avião, por exemplo, mas também representa uma nova leva de endividados. Nesse sentido, o cartão de crédito é um dos maiores vilões dos brasileiros que vivem intensamente esse boom econômico, pois, se por um lado ele facilita a vida de quem precisa parcelar uma compra, por outro, os juros para quem não quita integralmente a fatura, são exorbitantes, e variam de 9% a 20% ao mês, sobre as compras parceladas.

Para não cair nas armadilhas das compras facilitadas e nos altos juros cobrados pelas operadoras de cartão, a organização do orçamento é um fator fundamental para garantir e manter a saúde financeira do seu bolso. E essa é uma das tarefas do Coaching em Finanças Pessoais, que visa apoiar o cliente a sair do vermelho através do planejamento de gastos e gestão eficiente de sua renda mensal.

O economista Luis Carlos Ewald, mais conhecido como: “Dr. Dinheiro”, do quadro de economia doméstica do  Programa Fantástico, é uma espécie de Coach das finanças, apoiando o cliente a organizar os gastos, a não extrapolar nas compras e dessa forma, a não comprometer a renda pessoal ou familiar.

O objetivo do Coaching em Finanças Pessoais é apoiar na visualização dos gastos desnecessários que podem ou estão comprometendo a renda; apoiar na criação de uma nova consciência financeira, que leve a administração positiva do dinheiro, evitando assim o sufoco em decorrência do uso indiscriminado do crédito, como também suas consequências, que vão desde a inclusão nos cadastros nacionais de maus pagadores como: (SPC e SERASA) a restrições financeiras.

Filme relacionado ao tema para ver : Os Delírios de Consumo de Becky Bloom

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.

 

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010