Jacob Levy Moreno e o Psicodrama

O que é Psicodrama

Uma das finalidades do Psicodrama é revelar comportamentos e sentimentos sabotadores .

Diversas situações e nuances envolvem o comportamento de cada indivíduo e sua existência. Muitas das atitudes que temos em nosso dia a dia são fruto dos acontecimentos de nos envolvem ou nos envolveram no passado. Acontecimentos estes capazes de moldar os indivíduos que somos e nos tornamos com o passar do tempo.

A grande questão, é que, conforme vamos nos desenvolvendo, somos impelidos a lidar com conflitos internos, que por vezes nos paralisam e podem até mesmo desencadear transtornos com os quais não encontramos recursos, também internos, para solucionar.

Dessa maneira, foram desenvolvidas diversas metodologias psicoterapêuticas, no sentido de compreender cada ser humano e ajudá-lo a lidar com seus conflitos, angústias e tudo o mais que o esteja impedido de evoluir e crescer em sua jornada.

Preencha AGORA o formulário para descobrir!

Hoje, a minha abordagem vai ser voltada justamente para uma destas metodologias, que é o Psicodrama. Vou falar um pouco sobre este assunto e de que forma ele funciona. Acompanhe-me nesta leitura e confira:

O que é Psicodrama?

O Psicodrama foi criado pelo médico romeno Jacob Levy Moreno. Inspirado no teatro, ele tem a proposta de desempenhar papéis através da dramatização e assim, desenvolver estes papéis. Para Moreno, o Psicodrama foi definido como “a ciência que explora a verdade por métodos dramáticos”. Drama significa ação ou realização. Assim, esta metodologia possibilita o desempenho livre de papéis e seus vínculos, ampliando a espontaneidade e a criatividade. Jacob Levy Moreno criou o Psicodrama com base em sua própria visão de que cada indivíduo é um ser em relação.

O Psicodrama é uma abordagem psicoterápica em grupo, de determinada situação relativa a um indivíduo ou mesmo ao próprio grupo, visando à exploração da mente. Para entender o conjunto de processos que formam o indivíduo, o ele propõe a ampliação de sua visão, sob a representação dramatizada de três perspectivas distintas:

 

  • Indiferenciação do Eu;
  • Visão do Eu;
  • Visão do Outro.

Como o processo se desenvolve?

Uma das finalidades do Psicodrama é revelar comportamentos e sentimentos sabotadores ainda não identificados pela pessoa, de forma a eliminá-los. Com este objetivo, várias técnicas foram desenvolvidas por Jacob, para que o protagonista da dramatização conseguisse a melhor visualização de si e do problema em questão. Entre elas, destacamos:

 

  • Dramatização da Cena;
  • Técnica do Espelho;
  • Inversão de Papéis.

 

A dramatização da cena é uma etapa de extrema importância para o Psicodrama. Consiste em três momentos: Aquecimento, Representação e Compartilhamento.

 

A seguir, conheça cada um dos elementos necessários para que se desenvolva uma sessão de Psicodrama:


  1. Cenário – local onde se desdobram os problemas e são representados;

    2. Protagonista – a pessoa ou grupo, que protagonizará determinada situação;

    3. Diretor – o psicoterapeuta que conduz o Psicodrama;

    4. Egos – auxiliares – Indivíduos que contracenam com o personagem central e, que assumem seu papel na representação;

    5. Platéia – pessoas que assistem e participam da cena dramática;

 

  1. Técnica do Espelho – Nesta técnica do espelho, o protagonista sai de cena e assume o papel de expectador. Quem assume seu lugar é um dos egos-auxiliares, e o objetivo é que o personagem se veja de fora, a partir da ótica do outro, e desta maneira consiga ver seus comportamentos e sentimentos sob a perspectiva daqueles que convivem com ele;


6- Inversão de Papéis – aqui o personagem inverte seu papel com os egos- auxiliares. Esta é considerada a técnica mais importante do Psicodrama, pois é onde, imersos no processo, os personagens tem a possibilidade de viver e sentir os comportamentos e sentimentos que acompanham o personagem principal, desvendando as visões que este carrega de si e dos egos-auxiliares. O mesmo ocorre com o protagonista.

Sobre Jacob Levy Moreno

O médico Jacob Levy Moreno, é pai do Psicodrama e do Sociodrama. Nasceu na Romênia em 1889, e morreu nos Estados Unidos em 1974. É reconhecido como um homem culto, inteligente, que se interessava por religião, filosofia, teatro e, em especial, por desvendar a estrutura subjetiva do ser humano.

Levy Moreno criou em 1921 o “Teatro da Espontaneidade”. Sem falas decoradas ou ensaios, a ideia de Levy Moreno era promover apresentações teatrais de modo espontâneo e livre. Em seguida, criou o “Jornal Vivo”, atividade em que ele e um grupo de atores dramatizavam as notícias veiculadas nos jornais de Viena. O trabalho realizado por Moreno nos hospitais, utilizando o “Teatro da Espontaneidade”, fez com que ele desenvolvesse o teatro terapêutico, que posteriormente ganhou o nome de Psicodrama Terapêutico.

Ao se mudar, em 1925, para os Estados Unidos, Moreno desenvolveu suas pesquisas, e deixou seu legado para a contemporaneidade através de vários estudos. Entre eles destacamos a Socionomia, que está dividida em três abordagens – a Sociometria, Sociodinâmica e Sociatria.

Estas ciências correlatas estudam as relações entre os grupos, o nível destas, como também de sua dinâmica. Neste contexto, o Psicodrama é uma das formas de representação da Sociatria, modelo que estuda as relações grupais, alicerçado isso também ao Sociodrama.

Em 1936, Jacob Levy Moreno inaugurou o Sanatório de Beacon Hill e foi neste espaço que ele conseguiu fomentar e popularizar as práticas psicodramáticas até o ano de sua morte, 1974. Pouco antes de falecer, Moreno pediu para que em sua sepultura fosse gravada a seguinte frase: “aqui jaz aquele que abriu as portas da Psiquiatria à alegria”.

Com certeza trata-se de um grande nome, que abriu portas e possibilidades para maior compreensão de tudo aquilo que envolve o ser humano, seus comportamentos, atitudes, crenças positivas e negativas, entre outras, ajudando-o a desbloquear e derrubar barreiras inconscientes que o impedem de crescer e evoluir continuamente.

E você, conhece o Psicodrama? O que pensa a respeito desta técnica terapêutica? Utilize o espaço abaixo para nos contar a sua opinião e experiência sobre o assunto. E se este conteúdo te ajudou de forma positiva, curta e compartilhe em suas redes sociais, lembrando sempre de continuar nos acompanhando por aqui e também em nosso canal no Youtube.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.

Copyright:  646784290 – https://www.shutterstock.com/pt/g/photographeeeu

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010