Você apresenta comportamento destrutivo?

Você possui um comportamento que te causa prejuízo? Ou comportamentos que você tem consciência de que são nocivas, mas ainda continua fazendo? Então fique atento, esses comportamentos podem acabar prejudicando a sua saúde, sua vida financeira, relacionamentos e até mesmo a sua qualidade de vida.

Há quem diga que esses comportamentos são fraquezas, falta de disciplina ou até mesmo, falta de força de vontade. Mas não faz sentido que uma pessoa se autoprejudique de forma racional.

Comportamento destrutivoO comportamento destrutivo é guiado por fatores inconscientes, sentimentos negativos que a pessoa vem acumulando durante toda a sua vida e que acaba encobrindo o seu amor próprio, provocando a baixa autoestima. É aí que surgem os processos de autopunição e autossabotagem.

É preciso entender que na grande maioria das vezes, nós somos os nossos próprios inimigos. Um inimigo silencioso que,esses comportamentos em sua grande maioria, começam pelos maus hábitos, através de um mecanismo de defesa e de fuga ao mal estar, à magoa, angústia, vergonha…

Mas o que é considerado um comportamento destrutivo?

Estes comportamentos podem ser iniciados para recuperar a autoestima, ou até mesmo para aliviar uma dor emocional, como:

– Beber em excesso;

– Comer demais;

– Fazer compras compulsivamente;

– Vícios em jogos de sorte/azar;

Entre outros.

Pensamentos e sentimentos negativos acerca de si mesmo acabam gerando gatilhos subconscientes que promovem o ciclo de negatividade. E é justamente toda essa negatividade que nos faz ter preguiça de praticar um exercício, comprar algo que não precisamos e até mesmo desistir daquilo que mais queremos por ser trabalhosa a jornada até a conquista.

O processo de Coaching neste caso pode ser bastante eficaz se a pessoa se comprometer consigo mesma a mudar esses comportamentos. A começar por uma atitudes simples, como transformar os pensamentos negativos em positivos, fazer afirmações poderosas que vão trazer bons resultados para si mesmo como “Eu tenho controle sobre a minha vida”, “Eu sou capaz de realizar os meus sonhos e objetivos”, “Eu domino os comportamentos sabotadores”, “Tudo que for bom, deixe que venha. Tudo que for ruim, deixe que vá”.

Quando você inicia o processo de fazer afirmações positivas para si mesmo, você começa a ter o desejo natural de cuidar mais de si, ter uma vida mais saudável. Tentar mudar um comportamento, sem primeiro mudar o que está dentro de si mesmo, exige um grande esforço que nem sempre consegue se manter por muito tempo.

Aceite-se como você é, procure levar uma vida mais assertiva, não há como evitar alguns erros ao longo da vida, mas use esses erros para obter algum aprendizado positivo.

O grande trunfo para vencer comportamentos e atitudes que podem levar você a autodestruição é o amor próprio, a autoaceitação e autoconhecimento.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010