Coaching de relacionamento: Como o coaching pode ajudar a ter um bom relacionamento amoroso?

Coaching de Relacionamento Saiba mais sobre o coaching de relacionamento e
conheça alguns fatores fundamentais para relacionamentos saudáveis.

 

A natureza do homem é relacional, já dizia Freud. Ser ouvido na essência, ser notado, reconhecido e amado, ter o direito de errar, são as necessidades básicas do ser humano, que conseguem ser supridas por meio das relações, sejam elas familiares, de amizades ou afetivas. Nesse sentido, passamos nossa vida nos relacionando: primeiramente com nossos pais e parentes próximos, então vamos crescendo e fazendo amizades com vizinhos, colegas de escola, até passarmos para os relacionamentos amorosos.

Através de algumas pesquisas, pode-se notar que muitos casais têm enfrentado desafios em seus relacionamentos amorosos, por conta da dificuldade em se comunicar, em lidar com alguns sentimentos, ações, comportamentos, entre outros. Diante disso, como uma solução para essa dificuldade, ou até mesmo uma “luz no final do túnel”, alguns desses casais têm recorrido ao Coaching de Relacionamento. E acredite, os resultados são verdadeiramente extraordinários.

Atendimento RapidoLigamos pra você!

Concordo com a Politica de Privacidade
Ao concordar com a política de privacidade você aceita receber contatos via mensagem pelo WhatsApp, e-mails do IBC com conteúdos gratuitos de Coaching e informativos de palestras e cursos do IBC.

Para saber mais sobre este tema e de que forma o coach de relacionamento atua, continue nos acompanhando e leia este artigo até o final. 

O que é Coaching de Relacionamento?

O Coaching de Relacionamento, trabalha questões como insegurança, timidez, baixa autoestima e diversas outros pontos, que podem estar fixados inconscientemente na mente das pessoas, e isso pode interferir na progressão desses relacionamentos e sabotando a felicidades de várias pessoas e casais.

Todos nós estamos em busca de um grande companheiro (a), que divida conosco as alegrias, tristezas, adversidades e conquistas, alguém em que possamos confiar plenamente e que ame nossa essência verdadeiramente. Existem alguns fatores fundamentais que contribuem para o estabelecimento de relacionamentos saudáveis, como o respeito, carinho, confiança, cumplicidade, amizade e bom humor. Mas, com a correria do dia a dia, o tempo passa rapidamente sem nossa devida atenção e infelizmente a relação pode cair em uma zona de “desconforto”.

Existem alguns fatores que vão contribuir para se deteriorar um relacionamento, sendo eles os seguintes:

  1. A falta de respeito pelas diferenças de cada pessoa do casal;
  2. A falta da autoresponsabilidade;
  3. Não saber ouvir o outro dentro do relacionamento;
  4. Focar apenas nos erros cometidos;
  5. Ser mais negativo do que positivo com relação ao casal;
  6. Buscar sempre por justificativas para os seus erros;
  7. Não assumir seus erros dentro do relacionamento;
  8. Somente criticar o outro;
  9. Não validar ideias e sentimentos da outra pessoa;
  10. Fazer pré-julgamentos em relação ao seu parceiro ou sua parceira;
  11. Colocar-se sempre como vítima das situações;
  12. Não nutrir carinho e afeto pelo outro;
  13. Não fazer questão, ou não achar momentos para tempo de qualidade com seu parceiro ou sua parceira.

No que diz respeito a relacionamentos amorosos, existe a falta de ponderação no processo de escolha de um parceiro ou de uma parceira. Isso quer dizer que muitas vezes adotamos critérios objetivos na escolha de inúmeras questões de nossa vida, como na compra de um carro, por exemplo, mas não fazemos o mesmo quando o assunto é escolher alguém para dividirmos a vida. Você já reparou nisso? 

Às vezes os seus relacionamentos amorosos que falharam, qualquer que seja o aspecto, foi justamente pelo fato de você não parar para refletir um pouco mais sobre a escolha de seu parceiro ou sua parceira. Nesse aspecto, o Coaching de relacionamentos vai te auxiliar na construção de relações mais saudáveis e duradouras. 

O Coaching de relacionamento é capaz de fazer com que o casal construa uma relação mais forte e mais prazerosa, gerando harmonia e companheirismo. Isso torna a troca entre ambos mais amorosa, repleto de respeito em seus atos, gestos, palavras e atitudes. 

Nesse sentido, o Coaching é uma metodologia que pode apoiar a construção de bons relacionamentos, pois seu processo abrange o ser humano de forma plena, se envolvendo em todos os aspectos de seu universo.

O que faz o Coach de Relacionamento?

O coach de relacionamentos, com o objetivo de transformar vidas e relações, busca formas, estratégias e ferramentas que intensifiquem uma comunicação clara e objetiva nos relacionamentos dos seus coachees. Outro ponto que também é objetivo para o coach de relacionamento é mudar padrões de relacionamentos herdados dos pais, ou seja, filhos que inconscientemente se espelham nos relacionamentos dos pais e herdam comportamentos e pensamentos semelhantes, o que faz de suas relações um fracasso.

O coach, em suas sessões, busca criar formas para que o seu coachee mantenha um relacionamento saudável, melhorando e reorganizando os papéis de cada parceiro.

Como? Simples! Trabalhando  o reconhecimento e a resolução de conflitos dos relacionamentos passados (caso haja), trabalhando perdas e dores, direcionando o caminho para o seu coachee aprender com outros relacionamentos, também é uma estratégia usada.

Coaching de casais

Muitas vezes, o processo de Coaching de Relacionamentos para casais se inicia com duas à quatro sessões com o casal. Nessas sessões, questões serão levantadas e serão identificadas as necessidades, dificuldades e objetivos de cada indivíduo e claro, do casal. Depois desse processo, o coach trabalha com sessões individuais e semanais, sendo que nelas serão trabalhados os pontos de cada um. Ao final desse processo, o coach volta com mais algumas sessões, que serão realizadas com o casal. O interessante desse trabalho, é que primeiro se ouve o casal, depois trabalha-se com cada um separadamente e posteriormente, o coach volta com o casal para fechar o processo e alinhar cada ponto a ser aperfeiçoado.

Coaching Individual

No trabalho de Coaching Individual, são realizadas sessões semanais de uma hora aproximadamente, e são usadas metodologias e ferramentas para que seja possível ter um trabalho mais profundo. O trabalho do Coaching Individual é único e muda de pessoa para pessoa, uma vez que as estratégias e ferramentas vão depender da história de vida e das necessidades de cada pessoa. Normalmente, o trabalho de Coaching Individual tem uma média de dez sessões (tudo vai depender da necessidade do cliente).

Coaching como Apoio no Relacionamento Amoroso

Conheça abaixo as principais técnicas e teorias utilizadas no Coaching de Relacionamento, que podem auxiliar na sua realização afetiva.

Autoconhecimento

Para estar bem com o cônjuge é necessário primeiramente estar bem consigo mesmo. Nesse sentido, o autoconhecimento é fundamental para construção de um relacionamento saudável, uma vez que você estará em harmonia com sua essência e com o que te faz feliz. Assim, a felicidade do outro passará a ser promovida naturalmente.

Ouvir na essência

É a capacidade de ouvir seu cônjuge integralmente, incluindo as palavras que não estão sendo ditas. É a capacidade de perceber o não verbal que está contido no intervalo de cada palavra, como gestos, respiração e olhar. Este é o único e melhor caminho para criar um estado de fluxo entre os dois, um entrelaçamento de boas energias, gerando uma conexão de corpo, alma e espírito com você mesmo e com seu parceiro. Quando você está conectado com o outro de coração e mente aberta, você transmite verdadeiramente a sua essência.

Suspender o julgamento

É importante compreender e respeitar que seu cônjuge teve uma criação diferente da sua e que a forma como ele enxerga o mundo é particular. A ausência de julgamento é essencial para a saúde do relacionamento. Em situações de conflito, procure se colocar no lugar do outro. Esteja aberto a conversar de maneira tranquila e verdadeira, evitando discussões e desgastes desnecessários.

Patrocínio Positivo

Consiste em afirmações poderosas e certas, com o objetivo de levar o cônjuge para um estado mental positivo, gerando receptividade e apoio. Alguns exemplos: Eu caminho com você; Eu estou com você; Eu entendo você; Estamos juntos neste processo; Eu respeito você; Eu acredito em você; Conte comigo nesta caminhada; Parabéns, você está indo muito bem; Você tem todos os recursos necessários para conseguir ir além!

Comunicação

Após 30 anos de aconselhamento para casais e famílias, o antropólogo Gary Chapman, identificou e apontou que existem 5 linguagens básicas pelas quais o amor é expressado e compreendido. Veja abaixo as 5 linguagens do amor:

  • Palavras de afirmação: são sentenças expressas em elogios como “O jantar estava ótimo”, afirmações como“ Acho que você faz isso muito bem”, e incentivos como “Vai dar tudo certo”;
  • Qualidade de tempo: é a dedicação de um tempo exclusivo, ainda que pequeno, ao companheiro. As atitudes ou dialetos como conversas, passeios, assistir TV juntos, fazem a diferença;
  • Presentes: não importa o valor financeiro, e sim o ato de presentear e surpreender;
  • Gestos de serviços: aqui o que você faz, fala mais alto do que qualquer palavra, como lavar louça, consertar a fechadura, levar o lixo para fora, etc;
  • Toque físico: o importante é saber quando, como e onde tocar a pessoa, exemplo: beijos, abraços, cutucões, relações sexuais, entre outros.

Ressignificação

Todo relacionamento passa por desafios, em menor ou maior intensidade.O que faz com que estes momentos não prejudiquem o casal é a habilidade da ressignificação.

Ressignificar não denota ignorar os problemas, mas perceber um ponto de vista diferente, dar-lhe um novo significado, absorver apenas o que é positivo e agregador. Perdoar é dar a oportunidade ao cônjuge de ser melhor do que ontem. É despertar também a responsabilidade de não cometer o mesmo erro. O perdão acontece na medida em que se quer o bem do outro, um ato que atinge positivamente aquele que recebe e também aquele que doa. O perdão cura, fortalece e amadurece o relacionamento. “Não é o amor que sustenta um relacionamento é a forma de se relacionar que sustenta o amor!” 

Como lidar com relacionamentos insustentáveis

Você pode ter se deparado com um relacionamento insustentável ou mesmo já viu pessoas do seu convívio em relacionamentos insustentáveis. Mas como um relacionamento pode se tornar insustentável? Bom, geralmente acontece quando existem vícios emocionais nesse relacionamento, permeando comportamentos, pensamentos e sentimentos, muitas vezes inclusive isso acontece de forma inconsciente. 

Dessa forma, muitas pessoas que se encontram nesse tipo de relacionamento falam coisas que não gostariam de falar, têm sentimentos que desejavam não ter e sentem coisas que não gostariam de sentir. Com isso, há um comportamento bastante comum em relacionamentos insustentáveis que é de o indivíduo colocar a responsabilidade de mudança de atitude sempre para o outro, movidos quase sempre por emoções tóxicas. 

Esse tipo de relacionamento vai também afetar outras áreas da vida, até mesmo no aspecto profissional da pessoa. Esse comportamento de transferir a mudança sempre para o outro faz com que as pessoas se sintam de certa maneira “perseguidas” pelos seus superiores. Mas a questão mesmo é se essa cobrança excessiva no trabalho é pelo fato de você não estar atingindo suas metas, ou não estar se superando no seu trabalho. 

Ou seja, quando uma pessoa possui comportamentos insustentáveis dentro de um relacionamento, ela muito provavelmente vai projetar isso também no seu trabalho. Para essa pessoa, não há o que mudar sobre suas atitudes, mas sim o outro ou os outros ao seu redor que possuem um comportamento errado e elas que devem repensar suas atitudes. 

Se você se identificou com alguma dessas descrições, não se preocupe, pois nem tudo está perdido, há solução e basta que você procure mudar e melhorar. O Coaching de relacionamentos com certeza é uma alternativa para sair desse ciclo vicioso de atitudes ruins. 

É possível restaurar os relacionamentos afetivos, e mesmo é possível que sejam potencializados. Nesse processo. é preciso recorrer a alguns sentimentos que talvez você não esteja habituado, mas que com certeza farão a diferença no seu relacionamento. Por exemplo, é preciso ter coragem e humildade para se questionar, para expandir sua consciência, realmente parar para refletir com sinceridade sobre qual é a qualidade dos seus comportamentos. A mudança pode estar aí nesses pequenos atos de auto reflexão.

E você, como tem cultivado seu amor? Já pensou em se valer da ferramenta do Coaching de relacionamentos? Então, aproveite e deixe aqui o seu comentário sobre o que achou do nosso artigo de hoje e compartilhe esse conteúdo com seus amigos em suas redes sociais!

 

Copyright: https://www.shutterstock.com/home

Gostou do artigo?

Esses e outros aspectos da liderança são abordados com mais intensidade na nossa formação PSC - Professional & Self Coaching. Preencha o formulário abaixo e fale agora com um consultor especializado. Desenvolva sua
vida pessoal e sua carreira com a metodologia mais transformadora do mercado.

 



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010