Como saber qual é sua missão pessoal?

Missão Pessoal Missão Pessoal: Conheça as principais características.

 

Você sabe qual é a sua missão de vida pessoal? Será que alguma vez esse pensamento já passou pela sua cabeça? Acredito verdadeiramente que provavelmente sim. Saber qual é a sua missão de vida pessoa é responder àquela velha pergunta “qual é o meu objetivo na vida?”.

Conheça mais a si mesmo, acesse meu livro “O Poder do Autoconhecimento”!

Quando você consegue encontrar esse objetivo, você sabe o motivo pelo qual está aqui. Conhecer a resposta para essa pergunta é o primeiro passo rumo ao sucesso e à felicidade. Mas, será que, mesmo sabendo, ou buscando saber, está no caminho certo?

Primeiro, se você quer realmente mudar de vida e ir atrás da sua missão pessoal, vou mencionar aqui um trechinho de um livro que acho muito interessante, do escritor Omar Souki, chamado “Acorde, viva seu sonho”, o qual fala justamente sobre isso. Veja:

É preciso coragem para responder a esta pergunta: qual é minha verdadeira missão aqui? Isso porque somos quase que condicionados, desde crianças, a preencher as expectativas dos outros. O nosso sistema educacional, desde muito cedo, também reforça essa tendência e nos induz a buscar algo fora do que existe dentro de nós.”

E muitos passam suas vidas buscando preencher essa persona que é dada para eles durante os primeiros anos de vida. Para atingir o sucesso é preciso descobrir o que o nosso coração realmente quer. A resposta a essa pergunta é tão importante que, durante meus cursos de desenvolvimento pessoal, eu incluo uma parte onde trato dos medos das pessoas.

Usando técnicas de relaxamento e visualização, eu ensino aos participantes como eliminar seus principais medos. Depois de eliminados os medos, abordamos a questão básica do objetivo de vida. E, mais uma vez, em estado de relaxamento, sugiro aos participantes que visualizem, executem ou que sintam qual é sua verdadeira missão.

O primeiro e mais importante passo que você precisa dar ao decidir buscar a sua missão de vida é o que você realmente deseja, é definir as prioridades da sua vida. Comece a pensar sobre o assunto e observar o que você tem de valor e o que gosta de fazer. Uma pergunta que pode te levar a pensar no assunto é “Por que você acorda a cada manhã?”. Responder a esta questão pode te fazer entender o que realmente faz sentido em sua vida.

Saber qual é sua missão de vida pode acabar de vez com a confusão sobre que carreira seguir, os relacionamentos a construir e os sonhos que deve prosseguir. Uma missão pessoal declarada irá te ajudar a tomar decisões, evitar a repetição de erros e descobrir o seu propósito na vida.

O que é missão pessoal?

Muitas vezes, as pessoas acabam acreditando que querem determinadas coisas, mas, no fundo, apenas estão refletindo as expectativas das outras. Como é o caso do filho que vai estudar medicina porque os pais pressionaram quando, na verdade, queria estudar filosofia. Ou da menina que se casa muito cedo porque a família é extremamente religiosa e não deixa os filhos saírem do lar se não for para construir outro.

Apesar de ter usado apenas exemplos de pais e filhos, existem um universo inteiro de motivações e razões para as pessoas seguirem caminhos que não desejam por si próprias, mas que são desejados por outros – geralmente pessoas muito próximas – e que – indubitavelmente – tem a ver com sucesso, riqueza material ou, até mesmo, valores culturais extremamente fortes.

Bom, vou falar sobre o exemplo “mais simples”, o caso da profissão que “dá dinheiro” mas não é o que a pessoa gosta ou quer fazer para o resto da vida. Isso quer dizer que, mesmo que ela seja um profissional de sucesso, ganhe muito dinheiro e tenha uma vida de luxo, a probabilidade de ela ser infeliz é muito grande. Simplesmente pelo fato de não fazer o que gosta.

Quando você faz algo sem autenticidade, sem vontade, sem tesão pela coisa, é muito fácil se cansar. Imagine que você está em uma festa de trabalho, mas o ambiente está extremamente chato, as pessoas não conversam, a música incomoda, a comida não está boa, até tem uma bebida do seu interesse, mas não é a sua favorita, como você se sentiria?

A ideia de não fazer o que gosta é basicamente essa. Você está em um lugar, que falaram que você precisa estar, fazendo coisas que disseram que você precisa, mas que é absoluta ao contrário do que você quer ou gosta. Então, Ser de Luz, você não precisa fazer absolutamente nada que as pessoas disserem!

Como descobrir qual a sua missão

Bom, a missão de vida pessoal nada mais é do que aquilo que você precisa fazer para se sentir a pessoa mais realizada do mundo, de fato, um ser humano completo. É conhecer e reconhecer porquê você acorda todos as manhãs. É entender o que faz de você um ser único, especial e incomparável.

Falando assim você vai achar que estou maluco ou que esse é um cenário utópico demais para, sequer, tentar ir atrás. Não! Não estou falando de fantasias ou contos de fadas. Você é sim capaz de encontrar a sua felicidade. E, mais que isso, você merece encontrá-la.

Para te ajudar nessa missão, quero te dar algumas dicas. Comece por buscar respostas para as seguintes perguntas:

– O que está incompleto em sua vida?
– A fim de se considerar totalmente realizado o que você gostaria de fazer?
– Quais são as coisas mais importantes da sua vida?
– Como gostaria de ser lembrado?
– O que você gostaria que seus amigos e familiares dissessem sobre você?
– Qual legado você quer deixar para as próximas gerações?

Identifique talentos e habilidades

Os talentos são considerados habilidades inerentes, aquelas que você carrega consigo desde o nascimento ou aquelas que foram adquiridas, principalmente, na infância. Elas podem ser aptidões naturais que te fazem agir de uma determinada maneira ao encarar cada situação do dia a dia.

Mas, calma, você não precisa ser nenhum gênio da matemática ou da música para se considerar uma pessoa com talentos. A questão é que os talentos são aquilo que você gosta ou ama fazer, faz muito bem, com facilidade, agilidade e prazer. Aí você me pergunta: “Mas se eu já nasci com esse dom, ou adquiri quando era criança, por que tenho que identificá-lo?”

Porque é a partir deste reconhecimento que você conseguirá desenvolver sua autoestima, o que, consequentemente, trará reconhecimento por sua performance, por exemplo, no trabalho. Na obra literária “Descubra seus pontos fortes”, os autores Marcus Buckingham e Donald O. Clifton falam que toda pessoa é capaz de desenvolver habilidades em qualquer área, mas o melhor desempenho acontece quando os talentos naturais são desenvolvidos.

Os seres humanos são criaturas adaptáveis e, se algo é realmente importante para nós, podemos ficar um pouco melhores em praticamente tudo. A questão é saber se você pode alcançar um desempenho estável e quase perfeito nessas atividades apenas com a prática. A resposta a esta questão é: “Não, a prática não leva necessariamente à perfeição.” Desenvolver um ponto forte em qualquer atividade requer certos talentos naturais.

E o que você pode fazer para descobrir quais são os seus talentos? Para isso é preciso que você observe, escute e acredite que aquilo que você faz de maneira tão natural pode ser um talento. Ainda de acordo com Buckingham e Clifton:

“O talento é qualquer padrão recorrente de pensamento, sensação ou comportamento que possa ser usado produtivamente. Assim, se você é instintivamente curioso, isso é um talento. Se é competitivo, isso é um talento. Se é sedutor, isso é um talento. Se é persistente, isso é um talento. Se é responsável, isso é um talento. Qualquer padrão recorrente de pensamento, sensação ou comportamento é um talento se esse padrão puder ser usado produtivamente.”

Investigar quais são os seus talentos envolve a identificação das coisas que você ama fazer, que faz muito bem, que tem facilidade em fazer, que consegue absorver e perde a noção do tempo fazendo, ah, e que outras pessoas te procuram para fazer.

É bem comum que você ache banal o seu talento, justamente por ser algo que “sai” de forma natural. Tenha em mente que, uma vez que os talentos e habilidades são reconhecidos, o ideal é que você consiga potencializar o que já faz tão bem naturalmente.

Quais são os seus valores?

Os valores são pessoais. Por isso não existe o que é certo e o que é errado. Claro que, dentro de uma sociedade é preciso ter bom senso, mas você é livre para acreditar naquilo que bem entender. Acredito ser importante deixar claro que os valores são construídos ao longo das experiências de vida.

Geralmente, as pessoas adquirem seus valores pessoais com o que aprenderam em casa, na escola, na convivência com os amigos, especialmente durante a infância. E sim, hoje você pode compartilhar valores que não tinha há alguns anos. Assim como pode continuar com os mesmos.

Seus valores são compostos por tudo aquilo que você acredita ser importante em sua vida: amor, honestidade, diversão, lealdade, amizade, entre outros. São os seus valores que te darão um norte no seu modo de viver e influenciarão a forma como você trilha caminhos para alcançar seus objetivos.

Agora você me pergunta: “O que posso fazer para descobrir quais são os meu valores?” Vou aconselhar a seguinte experiência: pare por um momento durante a correria do dia a dia. Escolha um local onde você possa se sentar e relaxar tranquilamente, seja um banco de praça ou um café. Depois do almoço é uma boa situação para fazer isso. O importante é que esse tempo seja apenas para você. De preferência, sem interrupções. Respire fundo. Então, pergunte a si mesmo: O que é importante para mim?

Em grande parte das vezes, as respostas [que são várias] para essa pergunta vão indicar quais são os seus valores. Por exemplo, se você responder que a sua família é importante para você, esse é um valor fundamental na sua vida. E não seria diferente, já que a família é um pilar muito importante para o crescimento e o sucesso pessoal. E não pense que uma família é constituída apenas por pessoas que compartilham o mesmo sangue que você. Ela também pode ser a que construímos ao longo da nossa caminhada, como amigos, parceiros, companheiros de trabalho, de estudos, etc.

Outro bom exemplo é a honestidade. Se para você ser honesto é algo muito importante, saiba que é, também, um valor muito importante na ascensão para uma vida de sucesso. É preciso ser sempre honesto consigo mesmo e com as pessoas que estão à sua volta. Se trata de um dos pilares mais valorizados, é um princípio que deve ser seguido em sua caminhada em direção ao sucesso.

Determine seus objetivos

Quantas vezes você já sentiu que estava correndo em direção contrária aos seus objetivos? Não se preocupe porque você não é o único no mundo a se sentir assim. Na verdade, é bem comum que isso aconteça, principalmente porque a maioria das pessoas estão mais preocupadas em planejar festas de família do que refletir sobre a própria vida.

Você sabe exatamente o que quer para a sua vida? Já parou para pensar e elaborar um plano claro e palpável sobre suas metas e objetivos, tanto de curto quanto de médio e longo prazo? Se a resposta é não, acalme-se, porque existem boas técnicas que podem te ajudar na hora de encontrar o caminho certo para definir seus objetivos.

Conheça mais a si mesmo, acesse meu livro “O Poder do Autoconhecimento”!

Comece por definir tudo aquilo que você mais quer, em todos os aspectos da sua vida. Dessa forma vai conseguir ter em mente [e no papel] quais são os seus sonhos. Por exemplo, se quer ganhar muito dinheiro, esse é um valor meio, que te levará a um valor fim, ou seja, segurança, conforto, liberdade – realização pessoal e profissional.

Sabendo quais são os valores fim que você deseja alcançar, faça o exercício mental de visualizar todas as realizações que deseja obter e faça uma lista com todas elas. Esse exercício vai te ajudar a lembrar como é gratificante a sensação de poder sonhar livremente.

Para começar a colocar em prática, imagine de forma detalhada todos os passos que precisará dar para alcançar seus sonhos. Cada um de maneira individual. Depois, determine um prazo para realizar cada um dos seus objetivos. Especifique dia, mês e ano que você deseja concluir seu plano – lembre-se que é muito importante não procrastinar nem adiar seu sucesso.

E comprometa-se 100% com as metas e objetivos determinados. Você só conseguirá alcançar seus sonhos se comprometendo totalmente com seu objetivo. Tome atitudes coerentes, que te deixarão ainda mais perto de realizá-los.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.

Imagem: djgis / Shutterstock

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010