As redes sociais e a autopromoção

Redes sociais Saiba mais sobre a autopromoção nas redes sociais

 

Querida pessoa, o que é pra você estar nas redes sociais? Pra muitas pessoas as redes sociais representam algo nocivo e uma ponte para exposições desnecessárias. Mas, para outras estas plataformas são oportunidades para autopromoção. Quer saber sobre redes sociais e autopromoção? Continue a leitura e saiba mais!

Conecte-se com o mundo. Aliando-se ao coaching você irá conseguir se autopromover positivamente através das redes sociais.

Acesse esse link gratuito e descubra como.

O que é autopromoção?

A autopromoção é basicamente se promover em relação a algo ou alguém. Isso é o que mais acontece nas redes sociais: as pessoas se promovem, se exibem e mostram o que acontecem em suas vidas para que outras vejam e comecem a observá-la como uma pessoa interessante, carismática, e com grande influência perante a sociedade.

Esse tipo de atitude gera engajamento, ou seja, mais e mais pessoas gostam do que veem, interações acontecem, outras pessoas passam a ver, acreditam que essa é a maneira ideal de vida e querem ser da mesma forma, por isso esse tipo de comportamento tem se tornado cada vez mais comum.

Por mais que praticar a autopromoção nas redes sociais tenha se tornado algo bastante comum e tenha gerado discussões no mundo todo sobre seus possíveis malefícios, isso não quer dizer que esses meios são os vilões no mundo digital. Pelo contrário, a autopromoção quando feita na dosagem correta é essencial para o desempenho profissional de pessoas e empresas.

Nesse sentido, as pessoas precisam compreender que as mídias sociais são ferramentas que podem ser usadas para criar e manter vínculos, para aprender novas ideias e costumes, além de ser um ambiente para se informar e oferecer entretenimento. Segundo Peggy Klaus, especialista em comunicação e liderança, “é preciso fazer com que as pessoas saibam o que está fazendo, o sucesso dos projetos, os obstáculos que superou, para que seja lembrado como uma pessoa importante”.

A autopromoção nas redes sociais é positiva?

A forma como as pessoas e empresas se apresentam nas redes sociais diz muito sobre cada uma delas, por isso, para conseguir resultados positivos seja com perfil pessoal ou empresarial, o ideal é que atitudes que demonstram certos tipos de exibicionismo sejam completamente evitadas.

O exibicionismo exagerado e descontrolado é o que chamamos de autopromoção, e até mesmo as pessoas que gostam e usam as redes sociais se sentem cansadas e incomodadas com tanto “arco-íris, perfeição e ostentação”, esses são alguns dos motivos pelos quais muitos perfis perdem seguidores.

Ao perceber que as redes sociais são capazes de trazer benefícios as pessoas e empresas, o nível de autopromoção pode aumentar cada vez mais, o que se torna um problema para quem não tem afeição por esse tipo de comportamento. Como falei anteriormente, as redes sociais são para criar laços e vínculos, são para obter informações de diversos ambientes e claro, oferecer distração e entretenimento.  Por isso, comportamentos exagerados e forçados não são bem vistos pelos usuários. E esse tipo de comportamento é forma de autopromoção aplicada e desenvolvida através das redes sociais.

Veja alguns exemplos de exibicionismo e de autopromoção que são mais comuns nas redes sociais e tente lembrar se você já praticou algum desses comportamentos.

  • Ir a um restaurante famoso, tirar foto do prato e marcar o lugar em que está
  • Recebeu flores e chocolates do marido, esposa, namorado ou namorada e posta uma foto acompanhada de um texto enorme com palavras lindas
  • Comprou um smartphone novo e tirou foto no espelho para mostrar a marca
  • Viajou e passou horas e horas tentando conseguir uma foto e legenda perfeita
  • Fez um post com seu filho ou filha só para mostrar o quanto sua família é unida e perfeita;
  • Tirou uma foto do volante para mostrar a marca do seu carro

Esses comportamentos são clássicos nas redes sociais, e todos eles são comportamentos de pessoas que praticam a autopromoção. No caso de empresas, a mesma premissa é usada, a diferença está no conteúdo e na quantidade das publicações. O conteúdo é mais empresarial, quase sempre mostrando que a empresa em questão é a mais extraordinária no ramo em que atua, e a quantidade de posts consegue impactar a timeline de quem o segue, ou seja, a cada 2 horas existe um novo post.

Essa estranha mania de “se gabar virtualmente” abriu os olhos dos cientistas para uma coisa: as redes sociais podem estar despertando sentimentos ruins nas pessoas, sentimentos como soberba e inveja. Diante disso, podemos concluir que a autopromoção nas redes sociais não traz nenhum tipo de benefício quando usada da maneira errada.

E qual seria a forma correta de fazer a autopromoção? O correto seria mostrar de uma forma saudável e honesta a sua realidade e a realidade da sua empresa.

Todos sabem que nada é perfeito e que desafios existem, mostrar a realidade e os desafios que você e sua empresa enfrentam pode ser uma grande forma de conquistar mais amigos virtuais, pode ser uma forma de levar informação e entretenimento a pessoas que queiram e precisam de ajuda para determinados problemas. Por isso querida pessoa, seja sempre você mesmo, não crie um personagem, ajude pessoas a conquistarem seus sonhos e objetivos, mostrando a realidade da vida, não crie um conto de fadas onde não existe.

Conecte-se com o mundo. Aliando-se ao coaching você irá conseguir se autopromover positivamente através das redes sociais.

Acesse esse link gratuito e descubra como.

Se você se viu em alguns dos exemplos que citei anteriormente, não se preocupe, tente mudar seus hábitos e comece hoje a divulgar conteúdos que façam a diferença na vida de outras pessoas, mostre a realidade como ela é e faça sua autopromoção de uma forma saudável e real. Caso precise de uma “mãozinha” para compreender como isso pode ser feito, sugiro que você tente se conhecer mais, conhecer suas habilidades, seus medos, crenças, valores, ideais, sonhos e objetivos.

Para isso, conte com o coaching como uma ferramenta capaz de auxiliar nessa busca pelo autodesenvolvimento, seja ele pessoal ou profissional. O IBC possui uma formação maravilhosa que pode te ajudar nesse processo, o Professional & Self Coaching, nessa formação você poderá se conhecer mais, além de conseguir se desenvolver enquanto pessoa e profissional.

Gostou desse artigo? Use o espaço abaixo para deixar uma sugestão ou um comentário. Aproveite para curtir e compartilhar essas ideias com seus amigos. Comece agora a praticar a autopromoção mais benéfica para você e seus amigos.

 

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.

Copyright:189811238  – https://www.shutterstock.com/pt/g/rawpixel

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010