Conheça a roda da abundância

pessoa encaixando peças de um quebra cabeça

A Roda da Abundância é uma ferramenta que trabalha o autoconhecimento, facilitando sua conexão com o mundo e o alcance dos resultados desejados.

Abundância é uma palavra que pode adquirir diferentes significados, dependendo do contexto em que a utilizamos. Em geral, ela é entendida como uma grande quantidade de algo. Quando falamos em abundância na vida, podemos falar de saúde física, de saúde mental, de amigos, de dinheiro, de carreira, de tempo, enfim, de qualidade de vida.

Por isso, é natural que as pessoas desejem coisas boas em abundância para as suas vidas e para as pessoas ao seu redor. O que precisamos definir é o que significa abundância para nós e de que maneira podemos obtê-la nas diferentes áreas das nossas vidas.

Nesse sentido, uma ferramenta que ajuda as pessoas a encontrarem essa abundância e que é bastante utilizada nas sessões de coaching é a roda da abundância. Para saber mais sobre ela e sobre os benefícios que ela pode proporcionar, continue a leitura deste artigo!

O que é a Roda da Abundância?

A Roda da Abundância é uma ferramenta que ajuda os indivíduos a potencializarem as suas carreiras e a trabalharem o autoconhecimento. Trata-se de um poderoso mecanismo do processo de coaching que tem como alicerce quatro verbos, sendo eles: declarar, solicitar, agir e agradecer.

A roda é desenhada e dividida em quatro quadrantes, sendo que um verbo é atribuído a cada quadrante. O verbo declarar ocupa o canto superior direito, o solicitar fica no inferior direito, o agir vai para o inferior esquerdo e o agradecer é instalado no superior esquerdo. A ferramenta é de fácil utilização, porém, exige que o indivíduo a utilize com frequência, de modo que possa monitorar o seu progresso de tempos em tempos.

Os quatro verbos da Roda da Abundância

Cada quadrante da roda da abundância, portanto, corresponde a uma atitude: declarar, solicitar, agir e agradecer. Com base em uma escala de 0 a 10, o coachee marca o quanto tem utilizado cada uma dessas ações em sua vida. Assim, ele será capaz de perceber quais ações estão em falta em sua trajetória para que possa atrair cada vez mais abundância.

Praticar essas ações de forma contínua contribui para um padrão de energia que vai sintonizar a pessoa com a abundância universal. Quanto mais uma pessoa agradece pelo que tem, planeja a conquista do que ainda não tem e age para que esse objetivo seja alcançado, mais ela comunica o universo de que está preparada para receber mais e mais.

Conheça um pouco mais sobre cada um dos alicerces da Roda da Abundância:

  • Declarar

Quanto você declara a sua essência para o mundo, mostrando a sua verdadeira identidade e o seu “eu interior”? Por mais que você assuma diversos papéis em sua vida, somente você tem a autoridade de declarar algo positivo ou negativo sobre si mesmo.

O ideal é que você sempre diga coisas positivas, fazendo com que elas se tornem realidade. Contudo, também é importante reconhecer os seus pontos que ainda precisam de desenvolvimento, entendendo-os não como empecilhos, mas como características a serem trabalhadas.

Quanto mais alimentamos um pensamento e o citamos em voz alta, mais o cérebro o toma como verdade. Por isso, a fase da declaração tem o objetivo de fazer com que você assuma quem você é e afirme para o universo o que você deseja para as diferentes áreas da sua vida.

Inicie as suas frases com: “eu sou”, “eu quero”, “eu vou” etc. Essa verbalização dos nossos desejos é poderosa, pois cada pensamento e frase que emitimos produzem uma energia capaz de se materializar.

  • Solicitar

Que tipo de pessoa você é? Qual é o seu sonho? Em que você acredita? Qual é o seu plano de vida? Para conseguir aquilo que você deseja, é preciso primeiro solicitar, ou seja: pedir exatamente o que você quer receber.

Esta segunda etapa consiste em transformar os sonhos que você levantou na fase anterior em objetivos. Isso quer dizer que você precisa definir o que, como, quando e onde esse objetivo será alcançado. Em outras palavras, o quadrante solicitar corresponde à etapa do planejamento daquilo que desejamos.

Dessa forma, este é o momento de definir o lugar em que você está, o lugar em que você deseja estar futuramente e a trajetória que une esses dois lugares. Nesse caminho, você deverá determinar etapas e ações que tornem esse plano mais concreto e mensurável. Além disso, é nessa fase que você deve reunir todos os recursos de que necessitará para realizar cada uma dessas etapas.

  • Agir

Agir é entrar em ação, “tirar a bunda da cadeira”, como se diz popularmente. Afinal, como você deseja alcançar resultados diferentes fazendo a mesma coisa todos os dias? Conquistar sonhos e novas realizações tem um preço. Você está disposto a pagá-lo pela sua conquista? Faça acontecer.

O terceiro quadrante, portanto, refere-se à transformação da energia do planejamento na energia da ação, ou seja, é hora de colocar em prática todas as tarefas definidas no quadrante anterior. Seja o seu objetivo algo físico, mental, financeiro ou espiritual, o fato é que, sem ação, ele não será alcançado.

  • Agradecer

Você tem utilizado a gratidão em sua vida? Você tem o hábito de dizer “obrigado” às pessoas que fazem algo para ou por você? Quanto mais você exercita a gratidão na sua vida, mais você se torna uma pessoa próspera, e mais a roda da abundância vai girar a seu favor. Assim, agradeça ao universo por tudo de bom que receber, pois isso faz toda a diferença na sua vida.

Mesmo que as coisas não tenham saído exatamente como você pediu, toda situação gera algo de bom. Ainda que a situação tenha sido aparentemente negativa, ela produziu em você algum tipo de aprendizado, nem que seja do que não deve ser feito. É por meio desses aprendizados que você terá a oportunidade de fazer melhor numa próxima tentativa — e aí, sim, alcançar as suas metas.

Portanto, sempre é tempo de agradecer. As conquistas devem ser celebradas, e as adversidades também, já que elas desenvolvem diferentes competências e conhecimentos em nosso ser.

Tipos de pessoas na roda da abundância

A roda da abundância possui dois lados, o direito e o esquerdo, que se referem ao ato de doar e ao ato de receber. Para esses dois lados, existem quatro tipos de pessoas. São elas:

  • Soberbas:são pessoas que sabem doar, porém, que têm grandes dificuldades para receber. Elas prestam favores aos outros, mas não gostam de receber favores de ninguém, pois entendem isso como um sinal de fraqueza;
  • Egoístas:as pessoas egoístas sabem receber, mas não querem doar, pois colocam os seus objetivos sempre acima das metas das outras pessoas;
  • Estéreis:são aquelas pessoas que não querem doar e nem receber;
  • Prósperas:são pessoas que sabem doar e que sabem receber, gerando prosperidade para as suas vidas e para os outros. É a meta a ser alcançada!

Convidamos você a preencher a sua roda da abundância, identificar os pontos em que você precisa de mais desenvolvimento e colocar em prática os quatro verbos que poderão tornar a sua vida ainda mais extraordinária!

Gostou deste artigo? Então, deixe o seu comentário no espaço abaixo e aproveite para curtir e compartilhar o conteúdo nas suas redes sociais. Leve os benefícios da roda da abundância a todos os seus amigos, colegas, familiares e a quem mais possa se beneficiar desta reflexão!

Imagem: PHOTOCREO Michal Bednarek / Shuttestock

 

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.





*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010