Entenda a importância do gerenciamento de crise para as empresas

O gerenciamento de crise é essencial para manter a empresa atuante no mercado após um momento de turbulência. / Copyright: SFIO CRACHO

A alta complexidade do meio corporativo faz com que seja normal, em algum momento, as empresas passarem por períodos de crise. Certos fatores, por mais simples que sejam, podem contribuir para tal cenário. A crise refere-se a um momento de falha, que posteriormente pode causar conflitos internos, ameaçar a imagem e reputação da empresa e consequentemente acarretar problemas financeiros ao negócio.

O gerenciamento de crise tem como objetivo, reduzir e excluir os impactos causados por determinado momento de desequilíbrio, para que assim, a empresa tenha o mínimo de prejuízo possível, sejam eles referentes a imagem ou financeiros. Para tanto, é necessário que a organização reavalie suas estratégias e desenvolva ações junto aos gestores.

Comece a ter o

Destaque

que você merece!

Preencha os campos abaixo para receber o e-book.

Uma crise pode acontecer tanto na parte organizacional da empresa, quanto fora, como por exemplo, mudanças no mercado em que ela atua, acidentes, falsificação de produtos, entre outros problemas.

Na prática, inúmeras empresas falham ao enfrentar alguma crise. Primeiro, elas não tomam medidas para se prepararem caso algum impacto ocorra, administrar um momento como esse, não diz respeito apenas a crise em si, mas sim, planejar ações iniciais caso algo ocorra. É preciso estar preparado antes mesmo que a crise aconteça.

Outro fator existente, é que as empresas demoram a tomar as medidas necessárias para eliminar uma crise, o que acaba agravando a situação. A maior falha das organizações em momentos como esse, é na área da comunicação. Em uma crise, o ideal é que a empresa dê explicações a seus stakeholders, não omita e distorça informações e esteja aberta a responder qualquer questionamento.

As consequências de uma crise podem ser graves para qualquer organização, independentemente do seu tamanho, algumas são: perda de confiança por parte dos fornecedores, investidores e clientes, diminuição do fluxo de caixa, perda do diferencial competitivo, o que abre espaço para empresas do mesmo nicho, aumento nos custos operacionais, etc.

Como realizar um gerenciamento de crise eficaz

A seguir, algumas dicas de como realizar um gerenciamento de crise que resulte na minimização de prejuízos para a empresa:

  • Monitorar as ações da empresa garante que a mesma esteja preparada caso alguma crise aconteça. O ideal é não esperar que o momento crítico se estabeleça, mas sim, simular possíveis cenários de crise e planejar as devidas ações para lidar com a situação;
  • Uma crise pode afetar diretamente o relacionamento da organização com o seu público-alvo, portanto, é necessário que a empresa estabeleça um plano de continuidade do negócio, para que os processos essenciais para o seu funcionamento não sejam afetados;
  • Identificar e anunciar quem são as pessoas dentro da organização autorizadas a falar sobre a crise para a comunidade e decidir ações para conter o impacto da mesma;
  • Informações sobre a crise precisam ser repassadas em tempo real e de forma exata, para que assim, nenhum dado seja distorcido e abra espaço para especulações. Isso garantirá que a empresa passe confiança à sociedade;
  • A empresa deve agir de forma rápida, para que a crise não afete sua reputação e rentabilidade;
  • Identificar oportunidades de recuperação. Sair de uma crise por meio de uma oportunidade fortalecerá a reputação da empresa e garantirá confiança entre os

O término da crise não significa que os desafios acabaram. Com todo o desgaste sofrido, esse é o momento para coletar dados, gerenciar as finanças, identificar os pontos positivos e os pontos negativos da crise, colocar as ações estipuladas em prática, resgatar a imagem da empresa, bem como a reputação com os clientes.

Se faz totalmente necessário que toda empresa, independente do seu tamanho, esteja preparada para um momento de crise, pois não importa sua magnitude, passar por um momento crítico sem estar devidamente preparada, é sinônimo de que a empresa também não está pronta para enfrentar o mercado e tudo o que ele engloba.

O Coaching é uma metodologia abastecida de ferramentas capazes de auxiliar a empresa no gerenciamento de crises, proporcionando que a organização se restabeleça no mercado em que atua, bem como garanta a sua imagem e confiança perante o público-alvo.

Você conhece alguma empresa que passou por uma crise em sua gestão? Sabe quais ações ela tomou para sair desse momento crítico? Compartilhe e comente o conteúdo nas redes sociais.

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.


*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010