Gestão da diversidade nas empresas: realidade e desafios

Gestão da Diversidade nas empresas A gestão da diversidade nas empresas é uma ótima aliada na produtividade dos colaboradores.

 

A sociedade como um todo possui inúmeras desigualdades e tal questão estende-se também ao meio corporativo. Na teoria, várias empresas dizem praticar a diversidade ao contratar seu colaborador, mas será que isso realmente acontece na prática? Qual é o papel das empresas neste cenário? Como as empresas podem contribuir com uma sociedade diversa e mais respeitosa? Para saber mais sobre este tema, continue a leitura! 

A diversidade nas empresas: uma questão de respeito 

Em todos os tempos da história existiram pessoas diferentes, grupos diferentes. Nossa sociedade é formada por pessoas diversas e não tem como as empresas ignorarem este fato. Afinal, são estas pessoas diferentes que também trabalham, lideram processos e equipes, são profissionais disponíveis no mercado e com habilidades que podem contribuir com o crescimento de organizações empresariais dos mais variados segmentos. 

Infelizmente, para muitas pessoas a busca por emprego e oportunidades de trabalho tem desafios que vão além de suas habilidades profissionais. O fato é que os grupos de minoria (negros, mulheres, índios, portadores de necessidade especiais, LGBTs e idosos, etc), ainda passam por situações de discriminação ao tentarem ingressar no mercado de trabalho e o caminho para o fim dessa situação ainda é longo. 

O papel das empresas em prol da diversidade

As empresas têm papel fundamental no auxílio para a construção de um mundo mais igualitário, e engana-se quem pensa que essa função cabe apenas ao departamento de RH, toda a organização deve trabalhar em prol da diminuição da desigualdade de gênero, do preconceito quanto a orientação sexual e racismo, visto que todo e qualquer profissional, desde que qualificado para a vaga em questão, merece a chance de ser contratado.

Contudo, a gestão da diversidade ainda é um conceito pouco utilizado entre as empresas brasileiras. Existe a grande necessidade da implementação de políticas, alteração no modo como a empresa se comunica, mudanças organizacionais, investimento em iniciativas de apoio e o olhar atento dos demais colaboradores. Os gestores devem estar cientes que a prática de promover os menos favorecidos, precisa ser urgentemente desenvolvida.

Para tanto, realizar treinamentos, elaborar programas e apresentar aos colaboradores a maneira como todos devem ser tratados, são ótimas alternativas para que a gestão da diversidade realmente possa acontecer no dia a dia de uma empresa. Através dessa diretriz, a organização apresenta a seus profissionais, clientes, fornecedores e toda a sociedade, que as diferenças entre os grupos existe, mas isso, além de não ser um problema, também é valorizado.

Benefícios da gestão da diversidade

Considerar as diferenças que existem nos grupos de profissionais é um fator que acarreta inúmeras vantagens à organização. Algumas delas são:

  • Reconhecer e valorizar os grupos de minoria, significa que a organização está disposta a criar um ambiente plural e aprecia o seu colaborador por conta da sua competência, isso aumenta a criatividade e a produtividade do profissional.
  • Tal valorização gera desenvolvimento de habilidades e crescimento profissional ao colaborador.
  • Com um quadro de profissionais diversificado, a empresa tem equipes flexíveis e capazes de entender as necessidades da sociedade e assim, estipular estratégias assertivas e desenvolver produtos e serviços vendáveis e que gerem lucro.
  • Sendo assim, a organização abre novos nichos de mercado e garante vantagem competitiva em relação as outras empresas.
  • O ambiente plural diminui a rotatividade de colaboradores.
  • A organização que promove a igualdade é vista pela população como socialmente responsável.

A realidade da gestão da diversidade nas empresas ainda não é algo altamente presente no meio corporativo. A organização que se preocupa apenas com o produto/serviço que oferece, precisa urgentemente rever seus conceitos. O cliente atual valoriza as empresas que, mais do que lucro, também buscam por ações capazes de mudar cenários, gerar soluções e melhorar o mundo em que vivemos. Além disso, respeitar a diversidade dos profissionais é garantir que atitudes preconceituosas e excludentes se fortaleçam. Todos merecem oportunidades de trabalho e o ideal é que sua orientação sexual, sua etnia, sua identidade de gênero não sejam fatores que afastem as pessoas da almejada carreira de sucesso. Pense nisso!

E você, conhece uma empresa que de fato pratica a gestão da diversidade? Como a sua empresa lida com a diversidade de seus colaboradores? Utilize o espaço abaixo para contar a sua experiência e também a sua opinião sobre este assunto. Espalhe o conhecimento! Curta e compartilhe este artigo em suas redes sociais.

Copyright: Copyright: michaeljung

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.
Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010