Conheça a história de alguns exemplos de motivação

Motivação Conheça algumas histórias de motivação

 

motivação é o combustível que nos move e a energia que impulsiona a sensação de estar vivos. Por isso, é fundamental estar sempre motivado, mesmo diante dos desafios e adversidades que a vida nos reserva.

A motivação pode vir de diversas fontes, pode ser um exemplo dentro de casa ou mesmo no seu local de trabalho. O ideal é que ela venha de dentro de você mesmo, por isso é importante desenvolver trabalhos que explorem seu autoconhecimento. Conhecer-se é a melhor forma de se motivar. 

Mesmo assim, buscar motivação em outras pessoas pode ser um processo inspirador, para que você se mexa e finalmente tire do papel aquele projeto que deixou dentro da gaveta. Para te ajudar a se inspirar, escolhemos algumas pessoas que se destacaram por suas histórias de superação, que, sem sombra de dúvidas, são histórias bastante motivadoras. Vem com a gente conhecê-las um pouco melhor!

Comece a ter o

Destaque

que você merece!

Preencha os campos abaixo para receber o e-book.

Histórias poderosas sobre motivação e superação 

Como dissemos, a automotivação é elemento primordial para que alcancemos os objetivos capazes de nos tornar pessoas mais felizes e realizadas em nossa jornada evolutiva. Porém, contar com histórias de superação de desafios, que nos inspirem a nunca desistirmos de nossos sonhos também se faz fundamental em nosso processo de autorealização. 

Por este motivo é que, a seguir, trazemos a você relatos sobre pessoas que, independentemente de suas adversidades, não se deixaram abater e continuaram no caminho da conquista de seu sucesso. 

Nick Vujicic

Por conta de uma rara síndrome chamada Tetra-amelia, o australiano Nick Vujicic nasceu sem braços e sem pernas. Apesar de ter capacidade intelectual totalmente desenvolvida, as leis estaduais o proibiam de frequentar a escola regular. Porém, ao longo de sua jornada escolar, as leis foram mudadas e ele se tornou um dos primeiros estudantes com deficiência física a ingressar no ensino regular na Austrália.

Vujicic aprendeu a escrever utilizando os dois dedos do pé esquerdo e, com 21 anos, já havia conquistado 2 diplomas superiores, sendo um em Contabilidade e o outro em Planejamento Financeiro.
Hoje, ele percorre o mundo palestrando para adolescentes e jovens que passam por problemas de autoestima, além de passar sua mensagem motivacional em ambientes corporativos.

Nick Vujicic também escreveu o livro Life Without Limits: Inspiration for a Ridiculously Good Life (Vida Sem Limites: Inspiração para uma vida Ridiculamente Boa) e fundou a própria organização sem fins lucrativos, chamada Life Without Limbs (Vida sem Membros).

Fernando Fernandes

No ápice de sua juventude, Fernando Fernandes — um rapaz bonito, com histórico atlético de fazer inveja, cheio de energia, com a carreira em ascensão e vários projetos em andamento — sofreu um acidente de carro que resultou em uma fratura na coluna, deixando-o totalmente paralisado da cintura para baixo.

Apesar das dificuldades impostas pela paraplegia, Fernando começou a se dedicar aos esportes e encontrou sua paixão na canoagem, sagrando-se campeão mundial e bicampeão sul-americano em canoagem paralímpica. Ele também criou uma Organização Não Governamental – ONG para ajudar crianças deficientes a encontrar seu potencial. 

Além disso, também percorre o Brasil palestrando sobre sua história de superação e como a vida pode ser readequada em face de alguns contratempos. A paraplegia não significou para Fernando uma sentença de ficar preso à cama ou a uma cadeira de rodas, pelo contrário continuou ativo e atleta como sempre conheceu seu corpo.

Lizzie Velasquez

A internet é uma ferramenta capaz de expor e gerar grandes benefícios ou malefícios para seus usuários, dependendo de como é utilizado. No caso de Lizzie Velasquez, que sofre de uma rara e não diagnosticada doença, o meio virtual impactou sua vida nos dois sentidos.

Tudo começou com um vídeo depreciativo, intitulado “A mulher mais feia do mundo”, contendo fotos de Lizzie. As imagens foram rapidamente disseminadas na internet, gerando milhares de comentários maldosos — alguns, inclusive, sugerindo que Velasquez deveria se matar.

Em vez de se deixar abalar e se colocar em condição de vítima das circunstâncias, Lizzie aproveitou a humilhação como uma força para se preencher de luz, amor e altruísmo. Assim, ela passou a realizar palestras motivacionais e compartilhar sua experiência de vida com as pessoas.

Karen Jonz

Karen Jonz é uma skatista brasileira e também tetracampeã mundial de skate. Sua infância e adolescência poderia ser normal no litoral Santista, não fosse pela paixão que desenvolveu pelo skate. Quando começou esse esporte era dominado por homens e não existiam circuitos de competições especialmente voltadas para atletas mulheres, mas isso não a impediu de perseguir seu sonho de se tornar skatista profissional. 

Karen começou a competir nos circuitos masculinos mesmo e com isso conseguiu levar alguns títulos. Mesmo sem estímulos a seu esporte e sem apoio, ela seguiu até ser campeã mundial. Não se contentou com um título e foi atrás de mais três. Consagrou-se como uma atleta profissional e serviu de inspiração para mais skatistas mulheres que vieram depois. 

Zozibini Tunzi

Zonzibini Tunzi foi a mulher negra a vencer o concurso de beleza Miss Universo depois de 11 (onze) anos de jejum e isso apenas aconteceu em 2019. Quando perguntada sobre seu desejo em caso de ganhar a coroa, declarou: “Eu cresci em um mundo onde mulheres como eu, com a minha pele e o meu cabelo, nunca foram consideradas bonitas. Já chegou a hora de parar com isso. Eu quero que as crianças olhem para mim e vejam seus rostos refletidos no meu.”. 

A atual Miss Universo é símbolo para outras meninas como ela que cresceram muitas vezes sem referências de beleza negra. Ainda, durante o concurso disse que as meninas e mulheres precisam aprender a liderar. “Liderança. É algo que falta às mulheres e mulheres jovens há muito tempo. Não porque elas não a desejavam, mas por causa de como a sociedade rotulou como elas deveriam ser”, complementou.

Barack Hussein Obama Jr.

Mundialmente conhecido como Barack Obama e também por ter alcançado a posto de primeiro negro e presidente dos Estados Unidos da América. Esse feito se deu apenas em novembro de 2008 e, conhecendo superficialmente a história norte americana, é inegável que a população negra tem influência na construção dessa história. Entretanto, a narrativa pode ser direcionada por um presidente negro apenas em 2008 e de fato o presidente Obama é um líder a ser destacado, não apenas neste artigo, mas na sua vida. 

Durante dois mandatos, Barack Obama comandou o país mais poderoso do mundo, a níveis econômicos e até mesmo culturais. Enfrentou nesse período polêmicas referentes à Guerra no Iraque e do sistema de saúde americano. 

Neide Senna da Silva

Talvez seu nome não seja tão conhecido como o do herói nacional que se consagrou Ayrton Senna. Diante da morte trágica do seu filho, Neide Senna fez de seu sofrimento e luto, força para concretizar e potencializar a vontade de seu filho de ajudar o futuro dos brasileiros, especialmente dos jovens e crianças. 

Com a ajuda da família Senna, nasceu o Instituto Ayrton Senna que se tornou uma organização nacionalmente e mundialmente reconhecida pelo seu trabalho com a educação de jovens e crianças. Apesar da perda de um filho, a história do herói nacional Ayrton Senna foi perpetuada de maneira graciosa ao ajudar crianças brasileiras a terem um melhor acesso à educação. 

Stephen Hawking

O cientista e físico Stephen Hawking foi diagnosticado ainda muito jovem com uma doença conhecida pela sigla ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica) que é de caráter neurológico e compromete aos poucos a movimentação do corpo em geral, desde movimentos mecânicos que realizamos para andar, até aqueles que são involuntários, como os que acontecem durante a digestão.

Mesmo com esse comprometimento de sua coordenação motora, seu potencial intelectual não fora jamais afetado. Os médicos que deram seu diagnóstico estipularam que viveria por apenas dois ou três anos, porém Stephen Hawking viveu por longos 76 anos e desses dedicou 40 anos para o desenvolvimento de sua carreira, que incluem grandes feitos, como avanços das teorias de física. 

Hawking foi reconhecido internacionalmente pela sua contribuição à ciência, ganhando diversos prêmios, dentre eles um dos mais significativos dos Estados Unidos, que é a Medalha Presidencial da Liberdade. Além disso, foi membro da Sociedade Real das Artes e da Pontifícia Academia de Ciências, nomeado pelo próprio Papa João Paulo II.

Ainda, Stephen Hawking fez uso de diversas tecnologias avançadas e complexas, que conseguiam manter seus pensamentos vivos, com intuito de evitar o sofrimento da síndrome do encarceramento. É bastante comum pesquisar seu nome e vê-lo em vídeos usando uma cadeira motorizada e sintetizadores de voz. 

Sua condição incurável não o impediu de ser um dos grandes nomes da física contemporânea. Pelo contrário, fez uso de artifícios que o possibilitaram superar essa adversidade e continuar produzindo conhecimento científico a todos. 

O que fazer agora?

Nick Vujicic, Fernando Fernandes, Lizzie Velasquez, Karen Jonz, Zonzibini Tunzi, Neide Senna da Silva, Barack Hussein Obama Jr e Hawking são alguns exemplos de como a responsabilidade por escrever uma história de sucesso está dentro de nós mesmos, independentemente das dificuldades encontradas, ou das adversidades que o caminho nos coloca.  

Aproveite e reflita sobre a seguinte questão: O que te define? O que te impede de ser quem você quer ser? O que tem te impedido de alcançar os seus sonhos e objetivos e de você se tornar a pessoa feliz e realizada que almeja? 

Estes e muitos outros questionamentos são importantes de serem feitos, pois, a partir deles, conseguimos fazer uma autoanálise e enxergar nossas principais potencialidades. Por meio desta reflexão e também das histórias que acabamos de te apresentar, é possível perceber que todos nós somos muito mais do que todos os desafios e adversidades que aparecem em nosso caminho. 

Diante disso, é primordial que, mais do que apenas nos sentirmos inspirados, consigamos, agora mesmo, fazer algo pela nossa própria felicidade, já que, conforme pudemos perceber, ela só depende de nós. Sendo assim, pare por um instante e pergunte-se: o que eu posso fazer já para mudar a minha realidade e começar a correr atrás de meus sonhos objetivos? 

O que eu posso fazer agora? E daqui a três dias? E daqui uma semana? E daqui um mês? E daqui um ano? Dividindo o tempo dessa maneira, você consegue traçar metas mais realistas e, quando menos perceber, de pouco a pouco, estará conquistando tudo aquilo com o que sempre sonhou em sua jornada. 

Assim, mais do que apenas ler, utilize este artigo como uma ferramenta, para que você comece agora mesmo a transformar a sua própria realidade. Lembre-se sempre de se lembrar de nunca esquecer, que isso só depende, única e exclusivamente, de você. 
Inspire-se com essas histórias, que demonstram que é possível extrair o melhor que existe dentro de você mesmo e fazer do mundo um lugar melhor para si e para os demais a sua volta. 

Agora nos diga: você gostou do artigo? O que faz, em seu dia a dia, para se motivar e se inspirar? Compartilhe suas ideias, deixe seu comentário no espaço abaixo e aproveite para curtir e compartilhar o conhecimento, com seus amigos, em suas redes sociais!

Fontes: 

https://globoesporte.globo.com/skate/stu/noticia/feliz-com-ascensao-das-mulheres-no-skate-karen-jonz-lembra-inicio-nao-tinha-banheiro-feminino.ghtml

https://pt.wikipedia.org/wiki/Zozibini_Tunzi

https://pt.wikipedia.org/wiki/Presidência_de_Barack_Obama

https://pt.wikipedia.org/wiki/Stephen_Hawking 

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.

Copyright: 1409964119 – https://www.shutterstock.com/pt/g/Kiefer+pix



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010