Entenda o que é recrutamento misto e suas principais vantagens em uma seleção

Recrutamento Misto Saiba mais sobre o recrutamento misto

 

Todos os dias, empresas no mundo todo abrem processos seletivos para contratar novos colaboradores. Cada organização elege suas metodologias para recrutar o futuro colaborador. Muitas delas têm aderido ao recrutamento misto para aproveitar as vantagens dos tipos de recrutamentos – interno e externo.

Isso porque é importante valorizar os colaboradores da empresa, dando-lhes a oportunidade de crescer internamente e também abrir as portas da organização para que os talentos que estão no mercado façam parte do quadro de funcionários e agreguem valor, contribuindo para o crescimento dos negócios como um todo.

Assim, se você deseja saber mais sobre este tipo de recrutamento, vou falar sobre ele hoje e esclarecer suas dúvidas acerca deste assunto, informando-lhe quais são suas principais vantagens. Acompanhe-me nesta leitura e confira:

Aplique ferramentas eficazes na gestão de sua empresa.
Acesse “Ferramentas de Gestão” e otimize significativamente seus processos!

O conceito de Recrutamento Misto

De forma sucinta e objetiva, recrutamento misto é um método que une o recrutamento interno e o externo, ou seja, aquele que opta por dar oportunidade de concorrer à vaga em aberto aos colaboradores que já fazem parte da empresa e também a candidatos que estão no mercado, que ainda não fazem parte do quadro de funcionários da organização.

O intuito é aproveitar as vantagens destes dois tipos de recrutamento e minimizar, ou até mesmo eliminar, suas desvantagens no processo de seleção. Com o recrutamento misto, abre-se a possibilidade para que duas situações surjam durante o processo seletivo:

1 – Concorrência equilibrada

Tanto candidatos externos quanto candidatos internos (colaboradores) se inscrevem e concorrem à mesma vaga, de maneira igualitária, sob os mesmos critérios de avaliação. Assim, todos têm a mesma oportunidade, ou seja, nem um nem outro tipo de candidato leva vantagem durante o processo seletivo.

2 – Concorrência por cotas

As vagas são distribuídas de acordo com os públicos (interno e externo), num esquema de cotas. Isso porque os colaboradores da empresa já conhecem como esta funciona, sendo assim, este aspecto precisa ser levado em consideração na hora de disponibilizar vagas para que eles ocupem. Neste sentido, é necessário também pensar naqueles candidatos que estão no mercado e que ainda não estão familiarizados com as mecânicas da organização. Por isso as cotas são tão importantes em processos seletivos assim.

Como funciona o recrutamento misto?

A empresa que opta por realizar um processo seletivo misto, pode fazê-lo de três formas distintas. Confira quais são elas a seguir:

Recrutamento externo e depois o interno

Primeiramente a vaga ou as vagas são disponibilizadas para o público externo, ou seja, para as pessoas que estão no mercado de trabalho e que ainda não fazem parte do quadro de funcionários da organização. Caso não encontrem o candidato ideal entre este público, o processo passa a ser interno, ou seja, a busca começa a ser realizada entre os funcionários que já fazem parte da empresa.

Independentemente de ser externo ou interno, o foco principal é que o profissional que ocupe o cargo seja altamente qualificado para tal.

Recrutamento interno e depois externo

Neste caso, a empresa opta por dar preferência a seus colaboradores, dando-lhes a oportunidade que precisam para se sentirem ainda mais motivados a ajudarem no crescimento dos negócios. Para isso, é também necessário que sejam altamente qualificados para assumirem o cargo.

Caso não encontre o profissional ideal entre os funcionários, a empresa passa a fazer esta busca no mercado de trabalho, ou seja, por candidatos externos.

Interno e externo ao mesmo tempo

Aqui, a empresa opta por fazer a busca pelo candidato ideal tanto interna, quanto externamente. Com isso, é oferecida a oportunidade de crescimento aos colaboradores da organização e também a profissionais qualificados e que ainda não fazem parte da empresa. É importante frisar que ambos precisam atender às necessidades buscadas pela organização, para que assim seja possível alcançar o sucesso nos negócios.

Principais vantagens do Recrutamento Misto

Existem inúmeras vantagens em volta deste tipo de recrutamento. Não só para a empresa, mas também para os profissionais, tanto internos, quanto externos, uma vez que todos terão a oportunidade de crescer juntos e obterem o sucesso que tanto almejam para se sentirem mais realizados.

Veja quais são estas vantagens:

Oportunidades de crescimento

Cria oportunidade de crescimento para os profissionais que já fazem parte do quadro de colaboradores da empresa, motivando-os continuamente a ajudarem também a organização a crescer, alcançar resultados cada vez mais positivos, entre outras possibilidades.

Nada de zona de conforto

Permite o rompimento de limites e a saída da zona de conforto. Isso quer dizer que o profissional, tanto interno, quanto externo, fica em constante movimento para atingir seus objetivos de carreira, com o intuito de ocupar a vaga oferecida pela organização.

Maior capacitação

Com este tipo de processo seletivo, as chances de contratação de profissionais altamente capacitados, que vão contribuir significativamente para o sucesso da empresa, são ainda maiores. Este é um dos grandes motivos que fazem com que o processo já valha a pena por si só.

Estimula o aprimoramento profissional

O recrutamento misto faz com que as empresas estimulem o aprimoramento profissional por parte de seus colaboradores, além de motivá-los diante das oportunidades de crescimento. Isso acontece, pois estes se sentem constantemente valorizados e reconhecidos por terem tais oportunidades. Com isso desejam retribuir aprimorando-se e apoiando a organização em seu crescimento.

Acesse gratuitamente “Ferramentas para Gestão” e aprimore seus processos!

Redução de custos

Em termos de investimento, o recrutamento misto é mais econômico para a empresa, visto que as chances de encontrar o profissional ideal com mais rapidez são maiores do que nos outros estilos de recrutamento.

É importante destacar que o recrutamento misto não interfere na metodologia de seleção escolhida por cada empresa. O fundamental é que cada uma faça a avaliação de qual processo mais se adequa ao seu estilo, bem como à sua forma de funcionamento.

Outros tipos de recrutamento

Além do recrutamento misto existem algumas outras opções, que são comumente utilizadas dentro das empresas e que você também pode utilizar na sua. Veja quais são elas, a seguir:

Indicação

Este é um tipo de processo que é realmente bastante utilizado dentro das empresas. Ele funciona de forma simples, onde o departamento de Recursos Humanos – RH informa da disponibilidade da vaga e pede que os colaboradores indiquem para participar do processo seletivo profissionais que eles conheçam e que se encaixem nos requisitos do cargo. Algumas organizações, inclusive, têm como método bonificar aqueles colaboradores que mais fizerem indicações. 

A vantagem deste tipo de recrutamento é que a pessoa indicada tem a referência de um colaborador que já conhece a empresa, sabe de suas expectativas e o que ela necessita com a contratação. Entretanto, isso não quer dizer que não hajam riscos, uma vez que, por mais que a indicação tenha vindo de alguém de confiança, o profissional indicado pode acabar não se adequando ou não atendendo às necessidades do cargo, o que faz com que todo o processo tenha que ser realizado novamente. 

A dica aqui é investir em uma boa entrevista e em testes, que demonstrem se realmente o futuro colaborador está preparado para ocupar as responsabilidades e os requisitos da vaga. 

Online 

Esta é uma inovação trazida para os processos de recrutamento nas empresas atualmente, que além de prático e rápido, também confere economia às empresas, uma vez que praticamente tudo ocorre com o auxílio da tecnologia. 

O recrutamento online funciona basicamente com a pesquisa de profissionais qualificados para a vaga disponível na empresa em redes sociais como o LinkedIn, que é um espaço criado exclusivamente para fins profissionais, e também o Facebook, que oferece aos recrutadores a possibilidade de divulgar vagas em diversos grupos de emprego e, assim, encontrarem àqueles que mais se adequem às necessidades organizacionais. 

A grande questão neste tipo de seleção, é a quantidade de currículos que podem ser recebidos com a divulgação online de vagas de emprego. Como a publicação pode ter potencial para atingir um grande número de pessoas, pode ser que haja uma demanda alta de currículos a serem analisados. Neste caso, a dica é determinar um prazo, de preferência mais curto, para o profissional se candidate. 

Às cegas

Você já ouviu falar em recrutamento às cegas? Trata-se de uma modalidade ainda pouco praticada e difundida em nosso país, em decorrência da cultura corporativa que temos por aqui, mas que tem ganhado o seu espaço, principalmente em grandes empresas e em startups, como o Nubank. 

Este tipo de recrutamento basicamente funciona de uma forma realmente diferente dos demais que apresentei até aqui. No caso, o processo ocorre sem que se considere informações pessoais do candidato, ou seja, dados como idade, sexo, estado civil, endereço, entre outros, não são utilizados como critérios de seleção ou de eliminação de um profissional. 

Neste processo, o que é verdadeiramente levado em consideração são as habilidades e competências que o candidato demonstra ter, para exercer com excelência suas atividades diárias dentro da empresa. Para isso, a área de recrutamento e seleção conta com a ajuda de um software, que é disponibilizado para que o profissional preencha e em seguida é realizada a avaliação das capacidades apresentadas, ou seja, se atendem ou não as necessidades organizacionais.  

Qual o melhor processo para a sua empresa?

Ter conhecimento sobre os tipos de recrutamento existentes é fundamental, pois é possível escolher e implementar nos processos organizacionais aquele que mais se adequa ao perfil da empresa, bem como às suas necessidades. 

No entanto, se mesmo com estas informações, você permanece sem saber qual a melhor opção para os seus negócios, acredito que um dos primeiros passos para decidir assertivamente é analisar os prós e os contras de cada um dos tipos e, a partir disso, encaixar cada uma das situações à realidade da empresa, bem como ao seu perfil. 

Além disso, o que você pode levar em consideração também é a urgência que você tem para preencher a vaga; os recursos financeiros e humanos disponíveis, tanto para aplicar o processo, quanto para realizar a contratação; analisar se há profissionais dentro da própria empresa que atendam a necessidade do cargo em aberto; e a remuneração que se está disposto a pagar ao profissional que será escolhido. 

Todos estes pontos vão te ajudar a fazer uma escolha mais consciente e que traga os resultados positivos que se espera da implementação de determinados processos seletivos. 

O importante aqui é não ficar preso à apenas uma opção, já que cada situação e necessidade requer algo compatível. Sendo assim, verifique também quais são os objetivos que você pretende alcançar ao realizar a contratação:

  • Se você quer valorizar seus colaboradores, dando-lhes oportunidade de crescimento dentro da sua empresa, a melhor opção nesse caso é o recrutamento interno;
  • Agora se a sua intenção é trazer novos talentos, que vão contribuir com seus conhecimentos e experiência para os negócios, a melhor alternativa é a contratação externa;
  • Já se o que você quer unir estas duas opções, dando agilidade ao processo e de quebra economizar tempo e dinheiro, as alternativas plausíveis nesta situação é investir em recrutamento misto e também no online.  

E para você, o recrutamento misto pode contribuir positivamente com a sua empresa? Você utiliza o recrutamento misto em sua organização? Deixe o seu comentário e conte-nos a sua experiência e a sua opinião sobre o assunto. E se este conteúdo te ajudou de forma positiva, curta e compartilhe em suas redes sociais com seus amigos.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.

Copyright: 468856877 Stokkete https://www.shutterstock.com/pt/g/Stokkete



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010