Você está pronto para o mercado de trabalho?

Construir um bom currículo inclui acumular conhecimentos e experiências além dos adquiridos nas instituições de ensino superior

Todos os anos faculdades, universidades e instituições de ensino técnico, por todo país, formam milhares de jovens profissionais, em diversas áreas, e os mandam para o mercado de trabalho. Infelizmente, para uma grande maioria, encontrar um emprego compatível com a formação, os anseios financeiros e as projeções de carreira não é tarefa fácil. A nova realidade, onde há mais procura do que oferta, assim como o fantasma do desemprego, são as primeiras dificuldades a se apresentar aos recém-formados.

Preencha AGORA o formulário para descobrir!

A consolidação e estabilidade de nossa economia oportunizou a entrada de milhões de brasileiros no ensino superior, mas isso não foi o suficiente para que, ao final de suas graduações, o mercado de trabalho oferecesse vagas na mesma proporção. Nesse sentido não é de se estranhar que esses jovens profissionais sintam-se ansiosos ao se depararem com esta realidade, e na maioria das vezes vejam-se acuados e perdidos em meio a um novo cenário, uma vez que as instituições, de ensino superior e técnico, oferecem uma teoria muitas vezes incompatível com a prática que o mercado exige dos novos profissionais. E bagagem, pelo menos de conhecimentos, é essencial.

Olhado por esse viés, ainda enquanto alunos de graduação, esses jovens precisam estar atentos e armarem-se de todas as ferramentas de conhecimento para construir um bom currículo, desde o início de seus cursos. Aprender outros idiomas com o inglês e o espanhol e ainda o ter domínio de programas básicos de informática, como: (Word, Excel, PowerPoint, etc) é fundamental. Além disso, é preciso dar destaque à prática dos conhecimentos adquiridos em sala de aula seja: nos estágios, nos projetos de pesquisa e iniciação científica.

Estar sempre atualizado, e não apenas sobre assuntos relativos à sua área de formação, mas sobre temas, notícias em geral é muito importante, uma vez que todo profissional de sucesso sabe articular sobre diversos assuntos. Valorizar, construir boas relações interpessoais é outro ponto positivo e, isso inclui aprender a trabalhar em equipe, ouvir o seus colegas e buscar sempre amadurecer com as novas experiências, independente de ser um estágio remunerado ou não.

Aproveite as oportunidades também para criar seu networking, pois no futuro essa rede de contatos com aquelas pessoas que acompanharam seu trabalho, ainda como estagiário, poderão dar boas recomendações e indicações sobre você.

A felicidade é imprescindível para o bom desempenho profissional!
Clique aqui, faça nosso “TESTE” e descubra como anda sua felicidade!

Mostrar comprometimento e responsabilidade também é imprescindível, uma vez que o estágio é o seu primeiro cartão de visitas profissional. Cumpra seus horários pontualmente, não se atrase, faça o que foi solicitado por seu superior, esteja disponível, interessado, esta é a sua oportunidade para pôr em prática seus conhecimentos teóricos e entender e vivenciar a dinâmica do ambiente de trabalho da profissão que escolheu.

E mais ainda, seu estágio é o espaço que a empresa, órgão ou instituição confiou a você, e vale ressaltar que um bom desempenho pode ser decisivo para que ao final desse período, sua atuação seja reconhecida e você seja contratado.

Boa Sorte!

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.


*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010