Descontrole Emocional: o lado bom e ruim do choro em momentos difíceis

mulher com descontrole emocional - gritando com as mãos para cima

Pessoas com o temperamento forte estão mais propensas a ter um descontrole emocional.

Querida pessoa, vamos começar este artigo com uma pergunta extremamente pessoal: você se considera uma pessoa racional ou emotiva? O objetivo dessa pergunta é iniciar uma discussão sobre descontrole emocional. Assim, saiba que é importantíssimo que você entenda como se classifica em relação às emoções.

Algumas pessoas acreditam ser mais racionais do que emotivas, contudo, isso não significa estar livre das emoções. Pelo contrário, até mesmo uma pessoa extremamente racional sente emoções, e ninguém passa dessa vida sem antes, em algum momento, sentir algum tipo de emoção, seja ela boa, seja ruim.

Neste artigo, você vai compreender o que é o descontrole emocional e como podemos lidar adequadamente com ele. Siga em frente e tenha uma ótima leitura!

Razão e emoção: uma questão de equilíbrio

Enganam-se as pessoas racionais que acreditam que nunca sofrerão de um descontrole emocional. Alguns estudos comprovam que pessoas com um temperamento forte podem incidir com mais facilidade em um descontrole emocional, uma vez que uma das características dessas pessoas é a rápida variação de humor.

Ser feliz e viver bem é o que as pessoas verdadeiramente desejam, contudo, quando as coisas não caminham para esse sentido, seja na vida pessoal, seja na vida profissional, sentimentos como estresse, revolta, angústia, desânimo e tristeza são os primeiros sintomas que aparecem. Diante disso, é possível dizer que sim, todo mundo alguma vez já enfrentou esses sintomas, que podem desencadear o que chamamos de descontrole emocional.

As emoções, como citamos, fazem parte da vida. Elas são reações mentais que nos ajudam a identificar se uma situação é boa ou ruim e como devemos agir diante delas. Se você se depara com um cão feroz no seu caminho, por exemplo, despertará a emoção do medo, que é necessária para que você seja prudente. Sem ela, você poderia chegar perto demais do cão e ser atacado. Portanto, entenda que as emoções não são as vilãs da vida. Ao contrário, elas só querem proteger você.

O problema ocorre quando as emoções negativas aparecem nas nossas vidas sem controle, ou seja, em frequência muito alta ou em uma intensidade que compromete a nossa qualidade de vida. Aí estamos diante de um caso de descontrole emocional, que precisa ser investigado.

Preparamos um teste para VOCÊ descobrir o quanto é FELIZ!
Clique aqui e conheça nosso “Termômetro da Felicidade” !

Como identificar o descontrole emocional?

Primeiramente, sabe-se que, em alguns casos, o choro acompanha todos esses sentimentos que mencionamos anteriormente e que por mais dura e racional que uma pessoa possa ser, no momento em que ela passar por uma fase difícil, chorar será uma forma de aliviar o que está sentindo. Por isso, as pessoas emotivas nem sempre são o alvo d o descontrole emocional, mas sim as mais racionais, que acreditam que reprimir o que sentem é algo bom — o que não é! Uma hora, essa repressão deixa de se sustentar, e é aí que o descontrole surge.

Para algumas pessoas, chorar é sinônimo de fraqueza. Outras acham que chorar é para as pessoas sensíveis, e ainda existem aquelas pessoas que preferem pensar que chorar é para quem não consegue lidar racionalmente com uma situação e se entrega às emoções. Entretanto, as pessoas deveriam ver o choro como algo que alivia, que acalma o coração e que auxilia a expulsar os sentimentos ruins.

Está tudo bem em “desabar” emocionalmente de vez em quando. Está tudo bem em chorar de vez em quando. Está tudo bem em se irritar demais de vez em quando. Você é um ser humano, e o sofrimento faz parte da vida. Acolha os seus sentimentos e desobrigue-se de ser forte o tempo inteiro. Expresse o que você sente. Apenas fique atento para que esse momento de desabafo não seja desproporcional aos fatos nem dure mais do que o necessário. Aí, sim, vale a pena procurar ajuda!

Mas como identificar que você esteja passando por um momento de descontrole emocional? Existem alguns comportamentos e sintomas que facilitam a identificação desse tipo de problema, que são:

  • Excesso de choro ou crise de riso;
  • Ansiedade intensa e frequente;
  • Cansaço físico e mental;
  • Medo constante;
  • Desânimo e tristeza desproporcionais aos fatos;
  • Falta de apetite ou ânsia de vômito;
  • Distúrbios no sono.

O que caracteriza o descontrole emocional não é o fato de sentir emoções negativas, pois isso é perfeitamente normal. O problema acontece quando essas emoções são sentidas de forma excessivamente intensa, muitas vezes desproporcional aos fatos que as desencadearam e por mais tempo do que o necessário.

Seguindo em frente

Chorar e se sentir triste são fatores que fazem parte do desenvolvimento e do crescimento pessoal de cada um. Por isso, não reprima as suas emoções. Chore quando sentir que precisa chorar e permita-se sentir a dor e a angústia de uma decepção, por exemplo. Essa dor pode ser ressignificada, tornando-se fonte de aprendizado. Só não deixe que isso permaneça dentro de você e que esse sentimento seja alimentado por muito tempo.

É importante compreender que problemas e dificuldades sempre vão existir. Além disso, é fundamental saber como lidar com todas essas questões, de modo que seja possível crescer e aprender com cada uma delas.

Contudo, se você estiver passando por momentos de descontrole, vale a pena procurar a ajuda de psicólogos e coaches. No coaching, por exemplo, existe uma excelente ferramenta que permite analisar quais áreas da sua vida precisam de mais dedicação e cuidado. Essa ferramenta é conhecida como Roda da Vida.

Por meio da Roda da Vida, você consegue analisar o quanto você tem se dedicado e está satisfeito com algumas áreas da sua vida. Com base nisso, você verá outras áreas que precisam de mais atenção e cuidado, de modo que, a partir desse processo, você consiga alinhar todas elas e buscar a felicidade plena. Isso o ajudará a lidar melhor com os momentos de sofrimento.

Portanto, entenda que a emoção em si não é o problema, mas sim os momentos em que somos dominados por elas e as sentimos de maneira excessiva, comprometendo a nossa racionalidade e a nossa capacidade de seguir em frente. Se isso acontecer com você, procure coaches e psicólogos, pois esses profissionais têm ferramentas que o ajudarão a lidar melhor com aquilo que você sente.

E você, ser de luz, já passou por momentos de descontrole emocional? O que você faz para restabelecer o estado de equilíbrio quando isso acontece? Deixe o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63

This will close in 0 seconds