Quais as vantagens e desvantagens do trabalho híbrido?

Mulher usando notebook

Confira as vantagens e desvantagens do trabalho híbrido.

O estilo de vida moderno tem como base uma série de facilidades criadas pela conectividade e desenvolvimento tecnológico. Nesse contexto, o trabalho híbrido tem se tornado cada vez mais presente em empresas de diferentes setores. O modelo consiste em ter parte das atividades realizadas em home office à distância e outra parte presencialmente.

Embora esse sistema tenha se popularizado consideravelmente durante o ápice da pandemia de coronavírus, ainda gera dúvidas. No artigo a seguir iremos explicar mais sobre o modelo de trabalho híbrido, apresentando as suas vantagens e desvantagens. Vamos conhecer mais sobre essa abordagem? 

O que é trabalho híbrido?

Em linhas gerais, o trabalho híbrido se caracteriza por ter parte de suas atividades realizadas presencialmente e outra parte à distância. Dessa forma, os colaboradores não precisam comparecer fisicamente na empresa todos os dias. O trabalho à distância geralmente é realizado em home office, ou seja, diretamente da casa do profissional.

Esse modelo de trabalho sempre existiu, particularmente em setores que não têm a necessidade da presença física dos trabalhadores. Porém, esse sistema se popularizou de verdade em 2020 devido à pandemia de coronavírus. O trabalho remoto permitiu que diversas atividades continuassem a ser realizadas mesmo em um período que exigiu isolamento social.

Após o início da vacinação e redução dos números da pandemia, boa parte das empresas passou a retomar gradualmente as suas atividades presenciais. No entanto, houve a percepção de que é possível ter bons resultados com a flexibilização de horários.

O trabalho à distância pode ser mantido em alguns casos. O trabalho híbrido surge como uma possibilidade para os casos em que há a necessidade da presença dos colaboradores para algumas tarefas. 

Como o trabalho híbrido funciona na prática?

EEm linhas gerais, não tem diferença entre realizar as atividades em casa ou na empresa. Porém, ressaltamos que isso não é uma regra e depende de cada situação. Algumas atividades precisam ou são melhor desempenhadas presencialmente. 

No que tange ao trabalho híbrido, também se tem como padrão o controle de atividades. Para os gestores é essencial saber se os serviços estão sendo realizados e se há boa produtividade no home office. No entanto, essa forma de controle varia de empresa para empresa. Em algumas, o controle não existe por não ser entendido como uma prioridade. 

Para o bom funcionamento do trabalho híbrido é essencial que se tenha excelente comunicação interna. Uma vez que não existe contato presencial é necessário que os colaboradores se comuniquem bem entre si e com a gestão. Depende de uma boa comunicação o entendimento das atividades e a sua realização de forma correta sem deixar lacunas.

Percepções

É interessante citar que muitas empresas observaram aumento de produtividade dos funcionários durante o período de trabalho remoto. Há vários fatores que podem explicar esses bons resultados, como passar mais tempo com a família. Não precisar enfrentar o trânsito também é um elemento de motivação. 

No entanto, cabe o adendo de que nem sempre são obtidos resultados positivos nessa mudança para o sistema híbrido. Tudo depende da maneira como os colaboradores se adaptam e se eles tem estrutura adequada em suas residências para o home office.

A dica é que as empresas que estão pensando em adotar o trabalho híbrido se atentem para a legislação para não cometer nenhuma irregularidade.

Vantagens e desvantagens do trabalho híbrido 

Ao longo do artigo citamos alguns pontos bastante positivos em relação ao trabalho híbrido. No entanto, esse sistema pode ter desvantagens também. A seguir iremos pontuar os bônus e os eventuais ônus de adotar essa estratégia.

As desvantagens serão abordadas sob o viés de desafios que podem ser superados com dedicação e estruturação das companhias. 

Vantagens do trabalho híbrido

1. Redução de custos

Como parte das atividades de trabalho são realizadas em home office, a empresa reduz custos como energia elétrica, água e até vale-transporte. 

2. Aumento da produtividade

Os colaboradores tendem a ser mais produtivos por estarem mais motivados em decorrência da flexibilidade. Poder acordar mais tarde, não precisar enfrentar trânsito e usar roupas confortáveis durante o expediente se refletem em bons resultados. Os profissionais passam a ter a percepção de que a empresa confia neles. 

3. Otimização dos processos organizacionais

Como parte das atividades é realizada remotamente, se torna mais natural que os processos organizacionais sejam otimizados. Os recursos tecnológicos adquirem um papel ainda mais relevante no dia a dia da empresa. Com o passar do tempo, é possível observar melhoras decorrentes dessa otimização.

4. Eliminação da perda de tempo de deslocamento

A satisfação dos colaboradores é essencial para os bons resultados da empresa. Eliminar a perda de tempo no deslocamento é uma forma de criar melhores condições laborais. Os profissionais não se estressam e ainda podem descansar um pouco mais antes de iniciar suas tarefas. 

5. Otimização do tempo

Realizar parte das tarefas de trabalho em casa ajuda a otimizar o tempo de maneira que as atividades são mais facilmente executadas. Os colaboradores tornam-se mais ágeis e até mesmo podem ser mais multitarefas. 

Desvantagens do trabalho híbrido

1. Necessidade de gestão de controle

O fato dos colaboradores não estarem no campo de visão dos gestores cria a necessidade de um controle de produção. Para que o sistema híbrido funcione é essencial que a companhia desenvolva um sistema efetivo para esse controle. Mais do que saber quantas horas o profissional está trabalhando em home office, é necessário entender como essas horas estão sendo usadas.

2. Comunicação interna se torna chave

Uma possível barreira para o bom funcionamento do sistema de trabalho híbrido é ter uma comunicação interna deficitária. Se isso já atrapalha a produtividade no sistema presencial, tem um impacto ainda mais profundo no home office. Para ter bons resultados é necessário investir na ampliação e melhora do sistema de comunicação.

3. Acompanhamento das atividades 

As lideranças têm um papel ainda mais importante no trabalho híbrido, pois precisam acompanhar mais intensamente as atividades. Pela distância física pode ser que dúvidas surjam e novos desafios sejam criados. Os líderes precisam ser disponíveis e ter bom tato para conduzir os projetos.

4. Investimento em segurança de dados

Para adotar o sistema de trabalho híbrido é fundamental investir na segurança de dados e informações organizacionais. Esse é um desafio que pode ser contornado com a adoção de sistemas de segurança eficientes.

O trabalho híbrido é uma das apostas para o futuro!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63

This will close in 0 seconds