Fechar
Para trilhar seu caminho você precisa dar o primeiro passo
Valor do curso: Gratuito
Preencha o formulário e aproveite esta oportunidade incrível
Qual sua profissão atual/área de atuação?*
Administrador / Gestor / Líder
Psicólogo / Psicanalista / Terapeuta
Empresário / Empreendedor / Dono de Empresa
Consultor / Vendedor
Professor / Pedagogo / Treinador / Palestrante
Outros
O que você procura com o coaching?*
Quero multiplicar o Coaching dentro da empresa onde trabalho.
Sou psicólogo ou psicanalista e quero ampliar as possibilidades de trabalho.
Quero usar as técnicas para aplicar na minha carreira e me destacar no mercado.
Busco o autoconhecimento e minha evolução pessoal.
Quero melhorar minha liderança e a performance da minha equipe.
Quero me tornar um Coach e viver disso.

Confira tipos e exemplos de comunicação não verbal

23/05/17

mãos fazendo sinal de joia
© Depositphotos.com / photography33 A comunicação não verbal abrange a expressão corporal e facial, gestos e reações do corpo a estímulos variados.

Essencial para o bom dinamismo, integração dos colaboradores e alcance de melhores resultados, a comunicação interpessoal nas organizações reflete a capacidade de operar seus processos de maneira eficiente dentro de uma estrutura hierarquizada e complexa. Reflete, também, a coerência de líderes ao delegar tarefas, discorrer sobre metas e objetivos e transmitir conhecimentos ou feedbacks a seus colaboradores. A comunicação interpessoal pode ser expressa de duas maneiras: a verbal e a não verbal. A comunicação verbal é aquela empreendida por meio da fala e da escrita, enquanto a não verbal abrange a expressão corporal e facial, além de gestos e reações a estímulos que o nosso corpo recebe.

Quais são os tipos de comunicação não verbal?

Em nosso dia a dia, ao nos comunicarmos, utilizamos diferentes tipos de comunicação não verbal, são eles:

Paralinguagem

São os sons que não integram o vocabulário da língua utilizada. A maneira de falar,a entonação de voz utilizada durante a comunicação e eventuais pausas nas falas são as formas mais comuns de paralinguagem.

Proxêmica

Está ligada ao uso que o homem faz do espaço a seu redor para se comunicar. Trata de aspectos como a proximidade relativa aos interlocutores e suas implicações, da influência do ambiente em que ocorre a comunicação e de outros aspectos ligados ao espaço físico. Importante dizer que para cada grupo cultural, existe um padrão de espaço diferente. 

Cinésica

Trata-se dos movimentos que realizamos com todas as partes de nosso corpo, também chamada de linguagem corporal. Expressões faciais, postura corporal e gestos fazem parte da comunicação cinésica. Quaisquer outros gestos que acompanhem os atos linguísticos se enquadram nesta categoria.   

Características físicas

Neste tipo de comunicação não-verbal entram adereços, vestimentas, aspectos físicos e o impacto provocado por eles no interlocutor. Em suma, a comunicação por características físicas nada mais é do que a primeira impressão que causamos no outro. 

Quais são as funções da comunicação não verbal

Uma das principais funções da comunicação não-verbal é complementar o processo da comunicação verbal. Graças a comunicação não-verbal é possível dar maior ênfase a mensagem, reagir contraditoriamente ao que foi dito pelos interlocutores. Além disso, a comunicação não-verbal possui as seguintes funções:

  • Substituir uma expressão ou frase
  • Atribuir ajustes à fala, pausas e gestos,dando maior compreensão ao que é dito
  • Expor relações de poder e influências interpessoais
  • Contradizer o que está sendo dito
  • Complementar uma mensagem.

E você, como utiliza a comunicação não-verbal em suas relações interpessoais? Qual o tipo de comunicação não-verbal mais comum em seu dia-a-dia? Utilize o espaço abaixo para nos contar a sua experiência e a sua opinião sobre o assunto. Se este conteúdo te ajudou de forma positiva, curta e compartilhe em suas redes sociais. 

Compartilhe esse post

Sobre o autor

Autor

José Roberto Marques

José Roberto Marques é presidente do IBC, Master Coach Senior e Trainer. Um dos pioneiros em Coaching no Brasil, com mais de 25 anos de experiência em treinamento e desenvolvimento humano. Fundador e também presidente da Editora IBC, possui diversas obras publicadas. É professor convidado da Universidade de Ohio. Como Coach atende CEO’s e líderes de grandes organizações.

Deixe seu comentário

Seja um Coach!

Concordo com a Politica de Privacidade Ao concordar com a politica e privacidade você aceita receber e-mails do IBC com conteúdos gratuitos de Coaching, informativos de palestras e cursos do IBC

Redes sociais