A importância do feedback positivo e negativo na empresa

tipos de feedback no trabalho
O feedback é o melhor processo orientador para seus funcionários | Deposit Photos – iqconcept

O feedback é considerada a principal ferramenta de medição do desempenho dentro de uma empresa e até mesmo fora dela. A sua aplicação contribui para orientar os funcionários e proporcionar um parecer sobre o seu trabalho. Prática muito comum nas empresas, algumas pessoas ainda o enxergam como o famoso puxão de orelha. No entanto, ele representa uma crítica positiva ou negativa, mas sempre construtiva. O seu objetivo principal é reforçar as qualidades, encontrar formas de lidar com os pontos de melhoria e contribuir para o crescimento profissional do colaborador.

Todo feedback produz retornos e consequências. Desses resultados, podemos tirar a importância de sua aplicação. O retorno diz respeito aos reflexos do aprendizado que essa ferramenta proporciona à consciência do funcionário. Ele saberá exatamente quais pontos precisa mudar e quais precisam de melhorias. Já a consequência, está ligada à motivação do colaborador em desempenhar um bom trabalho a partir da crítica construtiva que recebeu, porque se sentirá reconhecido pelo que faz.

Já quando o assunto é o feedback negativo, o colaborador deve ser orientado a aplicar as mudanças necessárias no desempenho de suas atividades diárias. Com isso, ele entenderá que seus superiores estão acompanhando as suas tarefas e se importam com seu desenvolvimento. Essa orientação também é importante para construir uma relação de confiança e apoio mútuo, além de promover as transformações positivas e desenvolvimento contínuo da empresa e dos colaboradores como um todo.

Acompanhe-me nesta leitura e saiba a importância de se aplicar feedbacks no ambiente organizacional, para o alcance de resultados extraordinários por parte de todos.

A importância do feedback

Termo originário do inglês, o feedback diz respeito a uma retroalimentação ou alimentação de retorno. Esse processo é uma forma de comunicação por excelência que visa promover o aprendizado e aprimoramento no ambiente corporativo. Elogios diários ou avaliações de desempenho podem ser citados para oferecer essa orientação aos colaboradores.

Quando falamos de feedback, estamos falando de sinais que norteiam o comportamento e as atitudes dos profissionais, para que eles busquem melhorias contínuas e apostem em oportunidades que os permitam alcançar o crescimento, visto que ele diminui incertezas e ansiedades, se tornando uma atitude que demonstra consideração e respeito pelo ser humano.

Grande parte das nossas reações, nas mais diversas situações do dia a dia, somente são percebidas com a ajuda das pessoas com as quais convivemos, uma vez que, devido à velocidade e urgência com que tudo acontece ao nosso redor, acabamos, cada vez mais, realizando nossas atividades no piloto automático, muitas vezes sem parar para analisar se estamos errando ou acertando.

Assim, a importância do feedback se dá, pelo fato de oferecer essa visão aos colaboradores, na medida em que os permite compreender como estão desempenhando suas funções e como estão sendo enxergados no ambiente de trabalho. A ferramenta alinha o comportamento do colaborador ao grupo, o que contribui para alcançar melhores resultados, para ele, para a empresa e para os demais profissionais de uma forma geral.

Por estes e muitos outros motivos, o feedback é visto como uma das ferramentas mais importantes no ambiente de trabalho, pois ajuda colaboradores e empresas a crescerem e se desenvolverem juntos, em parceria, harmonia e união.

Tipos de feedback

Ao contrário do que muitos acreditam, o feedback não acontece e não deve acontecer de forma unilateral, ou seja, somente por parte de gestores, direcionado-o a seus colaboradores.

Trata-se de uma ferramenta que precisa ser utilizada de forma madura por ambas as partes, o que quer dizer que, tanto líderes, quanto funcionários precisam informar uns aos sobre como anda o desempenho de cada, visto que, com isso, é possível apontar e reconhecer pontos positivos e de melhoria, que auxiliem no crescimento de todos os envolvidos nos processos organizacionais e da organização como um todo.

É importante lembrar que esta avaliação, ou o feedback em si, deve ser feito individualmente e aquele que irá oferecê-lo precisa atentar-se à forma como coloca as informações e opiniões para evitar mal-entendidos.

Confira agora quais são os tipos de feedback, a importância de cada um na empresa e como eles podem ser realizados da melhor maneira possível:

A felicidade é imprescindível para o bom desempenho profissional!
Clique aqui, faça nosso “TESTE” e descubra como anda sua felicidade!

Feedback Positivo

Esse tipo de feedback é o mais aguardado por todos, pois ele exalta os pontos positivos, como um comportamento bom, a resolução eficaz de um problema, o bom andamento das atividades, a proatividade para trazer novas soluções para a empresa, entre outros.

Ao realizar uma boa avaliação, tanto do gestor, quanto do funcionário, você mostrará que observa sua jornada, se preocupa com seu desenvolvimento e principalmente reconhece quando ele faz um bom trabalho, motivando-o diariamente a ser mais eficaz e produtivo.

Neste contexto, o feedback positivo se torna importante para o colaborador, pois, ao sentir que a empresa dá atenção para o seu crescimento, que o valoriza, passando-lhe informações essenciais sobre a sua performance, no sentido de ajudá-lo a melhorar sempre, este passa a se sentir cada vez mais motivado e dá o melhor de si, em suas atividades, de forma contínua.

Já para a empresa é importante, pois ao implementar uma cultura de feedbacks positivos em seus processos, ela contribui para que seus profissionais sejam cada vez mais eficientes ao executarem suas demandas, pois estes saberão o que a organização espera deles e o que devem fazer em seu dia a dia, o que terá como consequência, o alcance de resultados extraordinários e o sucesso para todos.

Como se trata de algo positivo, este tipo de feedback pode ser realizado em público, como em reuniões com a equipe, por exemplo, assim como através de uma conversa individual, de um e-mail e até mesmo de uma bonificação salarial, que vai incentivar ainda mais os colaboradores a manterem o comportamento e as boas ações em sua rotina profissional.

Feedback Negativo

Apesar da carga negativa, não deixa de ser um feedback necessário, pois mostra os pontos que precisamos melhorar, como um comportamento inadequado ou algo que acaba afetando negativamente o nosso desempenho no dia a dia no trabalho.

Ter esse tipo de toque, de quem quer seja, desde que realizado de maneira adequada, é importante, pois acabamos entendendo melhor quais são os objetivos da empresa e o que ela espera de seus colaboradores. Esse norte contribui para eliminarmos o que há de errado e para que possamos progredir no ambiente corporativo.

O feedback negativo é importante, pois ele serve para que haja um alinhamento maior entre empresa e colaboradores, já que ele ajuda os profissionais a não se desviarem do caminho que precisam percorrer para realizar um bom trabalho, implementando as melhorias necessárias em seus comportamentos e na execução de suas tarefas como um todo, tornando, assim, as suas próprias atuações, bem como os resultados da organização cada vez mais assertivos.

É importante lembrar que, como se trata de um tipo de feedback um pouco mais delicado, ou seja, em que serão apontados os pontos a serem melhorados na performance do profissional, é essencial que se tenham certos cuidados, para que este não se sinta mal ou desconfortável. Assim, o ideal é que seja uma conversa em particular e que se escolha as palavras corretas, que apontem erros e falhas, mas que ao mesmo tempo incentivem o indivíduo a mudar o comportamento prejudicial e passe a atuar com assertividade em sua jornada.

Feedback Construtivo

Esse feedback é uma junção dos dois anteriores, pois pode também apontar algo que não está adequado, porém, vem junto de uma solução para que o problema seja resolvido. Com esse tipo de feedback, podemos identificar nossos erros e acertos e ainda conseguir soluções e métodos para resolvê-los.

Esse é o tipo de feedback mais indicado nas empresas, principalmente com indivíduos que não sabem lidar com comentários negativos. Ao identificar o ponto de melhoria de uma pessoa e elaborar uma maneira de lidar com ele, você passará mais confiança e proporcionará motivação, ao invés de fazer este momento soar como uma bronca para quem está ouvindo e recebendo a devolutiva.

Maturidade é fundamental

Não só para dar, como também para receber o feedback, é necessário ter maturidade. Digo isso, pois muitas pessoas acreditam que trata-se de algo simples e acabam utilizando esta ferramenta de maneira equivocada, apontando defeitos e disparando até mesmo ofensas, algo que não auxilia em nada o indivíduo em seu processo de crescimento e desenvolvimento.

Por outro lado, existe também aquela situação em que o feedback é aplicado da maneira que deve ser, ou seja, mostrando os pontos de melhoria e se colocando à disposição para solucioná-los e lidar bem com eles no dia a dia, entretanto, a pessoa que o está recebendo, não consegue processá-lo da maneira como se espera e acaba encarando aquilo como uma ofensa ou como uma bronca e puxão de orelha.

É por isso que enfatizo sobre a necessidade de se levar o feedback com maturidade, respeitando a pessoa que o está recebendo e procurando recebê-lo como uma forma de presente, visto que esta ferramenta visa apenas trazer as melhorias necessárias para que todos se desenvolvam da melhor maneira possível, dentro e fora do ambiente empresarial.

Diante disso, quando aplicar um feedback, seja de que tipo for, demonstre respeito por quem o receberá e disponibilidade em ajudar, e, quando recebê-lo, agradeça, pois diante de você está uma pessoa que se importa com o seu processo evolutivo e quer, verdadeiramente, contribuir para que você percorra esta jornada da melhor maneira possível. Assim, todos mostrarão que têm maturidade para lidar com este momento e darão e evoluírem lado a lado, em prol de um bem comum.

Utilizando o Coaching para a aplicação de feedbacks assertivos

O processo de Coaching é algo assertivo, que contribui, efetivamente e na prática, para que empresas e profissionais desenvolvam uma cultura de feedbacks e alcancem, verdadeiramente, resultados extraordinários a partir disso.

Por meio de sua metodologia inovadora, ele oferece técnicas e ferramentas que auxiliam os mais diversos tipos de organizações e profissionais, independentemente da área em que atuem, a potencializarem ainda mais a sua performance e atingirem metas e objetivos de forma muito mais acelerada.

Com ferramentas como o Coaching Assessment, que faz um mapeamento do perfil comportamental do colaborador, permitindo que se identifique pontos fortes e pontos de melhoria, e também como a Avaliação 360°, voltada para que líderes e gestores compreendam com maior clareza como anda a sua atuação, a partir do olhar de todos que estão ao seu redor, como superiores, pares e equipe, é possível que sejam aplicados feedbacks ainda mais assertivos dentro de uma empresa, para que assim hajam melhorias em seus processos e seus colaboradores tenham a oportunidade de crescer constantemente.

Assim, para ter acesso a estas e diversas outras técnicas e ferramentas voltadas para o desenvolvimento humano, profissional e empresarial, basta se permitir ir além e conhecer o Professional & Self Coaching – PSC, a melhor e mais completa formação, que já ajudou e continua ajudando milhares de pessoas e empresas a alcançarem o seu potencial infinito por meio de sua poderosa metodologia:

Bons profissionais estão sempre presentes e preocupados com o desenvolvimento das pessoas ao seu redor, mantendo uma relação estreita com estas. Esse profissional aponta os erros e acertos e, principalmente, auxilia a sua equipe a investir nas melhorias necessárias, reconhecendo o trabalho delas. Como consequência, obtém motivação, aumento de produtividade, bem como mais resultados para a empresa.

Além disso, dar feedback também fará com que o profissional sinta que pertence a um ambiente seguro e de crescimento, onde é recompensado pelas suas ações e usufrui de evolução constante. Ele se sentirá mais orgulhoso de fazer parte desse time. A empresa, por sua vez, diminuirá a rotatividade e contará com uma equipe unida.

Gostou deste artigo? Deixe suas opiniões e sugestões nos comentários e lembre-se de continuar nos acompanhando, tanto aqui, em nossas redes sociais, como em nosso canal no Youtube.

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.
Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010