Exercícios para relaxar a mente

Relaxar a Mente Dicas de Exercícios para Relaxar a Mente

 

A mente pode ficar agitada após um dia cheio de trabalho ou ao enfrentar alguma situação que cause ansiedade. Por isso, é interessante realizar exercícios relaxantes ao chegar em casa para desfrutar dos seus momentos de descanso e recarregar as energias para o próximo dia que virá. Ao longo deste artigo você verá sugestões bastante interessantes e que te ajudarão a promover o bem-estar e a tranquilidade, continue acompanhando e confira!

A importância de relaxar a mente

Se você tem uma rotina estressante ou é uma pessoa ansiosa sabe o quanto é cansativo ter a mente cheia de pensamentos. Dar uma pausa nesse turbilhão de ideias é importante para evitar o esgotamento e problemas mais graves, como a Síndrome de Burnout. Além disso, reduzir o ritmo é fundamental para que seu corpo consiga realmente descansar e tenha uma noite de sono revigorante.

Tirar um momento para si, para relaxar e descansar não é perda de tempo e sim um investimento em saúde, bem-estar e, também, em produtividade. Afinal de contas, um indivíduo que está com a mente tranquila certamente irá produzir muito mais e com mais qualidade do que alguém que está cheio de preocupações que comprometem seu foco.

15 Sugestões de exercícios para relaxar a mente

Agora que você já sabe o quanto é importante ter um momento para relaxar a mente, confira quinze sugestões que te ajudarão a fazer isso de forma prática e eficiente.

1 – Meditação

A meditação é uma prática milenar e está presente em diversas culturas. Recentemente, passou a ser indicada por médicos e outros profissionais da saúde como uma medida para promover o equilíbrio e o bem-estar. Você pode começar com cerca de cinco ou dez minutos por dia e aumentar progressivamente, conforme sentir necessidade. Um ponto importante é que evite se julgar caso sua atenção vá para longe, simplesmente traga-a de volta e aos poucos irá se acostumar.

2 – Ioga

A ioga é outra prática que também é bastante antiga e que, além da mente, contempla o corpo, o que faz com que seja considerada uma meditação em movimento. Seus benefícios incluem relaxamento, consciência corporal, autoconhecimento, melhora do condicionamento físico, auxílio no controle da pressão arterial, entre outros. Você pode praticar em casa, com o auxílio de vídeos e aplicativos especializados, ou procurar por um professor.

3 – Colocar a cabeça em um nível abaixo do coração

Sentar-se com as pernas dobradas e posicionar a cabeça entre os joelhos, de modo que ela fique em um nível abaixo do coração, também ajuda a relaxar a mente. Outra maneira de realizar esse exercício é de pé, descendo o tronco e esticando os braços em direção ao chão. Fique na posição escolhida por um ou dois minutos e verá como irá se sentir melhor e mais relaxado.

4 – Conectar-se com a respiração

Pessoas que estão ansiosas e estressadas tendem a respirar de modo ofegante, aumentando a resposta ao estresse no corpo. Uma ótima forma de vencer isso é através dos exercícios de respiração que, além de ajudarem a tirar o foco das preocupações, oxigenam o cérebro de maneira mais eficaz, promovendo o relaxamento. Uma opção bastante simples é o exercício 4-2-6, que consiste em inspirar o ar por 4 segundos, segurá-lo durante 2 e expirar por 6. Faça isso por cerca de três minutos.

5 – Relaxamento muscular progressivo

O exercício de relaxamento progressivo consiste em tensionar e relaxar os músculos de cada parte do corpo, separadamente. Caso não tenha tempo para realizar o processo em todas as partes, concentre-se nas que são mais importantes para liberar o estresse, que são: ombros, braços, pescoço e cabeça.

6 – Falar o alfabeto ao contrário

Você já viu pessoas estressadas contando até 10? Saiba que essa é uma estratégia para fazer com que o cérebro mude o foco e deixe de pensar no agente estressor. Para tornar o exercício ainda mais eficaz, em vez de números use o alfabeto, falando-o ao contrário, da letra Z até a letra A. Assim, enquanto força a mente para se lembrar qual a próxima letra irá naturalmente deixar de lado os pensamentos ansiosos.

7 – Visualização criativa

A autora Shakti Gawain desenvolveu um método de relaxamento conhecido como visualização criativa. Colocá-lo em prática é bastante simples, basta que visualize tudo aquilo que deseja que aconteça em sua vida ou o modo com o qual deseja se sentir. Para obter os resultados esperados, vá para um lugar tranquilo em que não será interrompido e capriche nos detalhes. Quanto mais experimentar verdadeiramente as sensações envolvidas no pensamento, mais relaxado ficará.

8 – Massagem nas mãos

Que as massagens são extremamente relaxantes todo mundo sabe, mas você sabia que pode relaxar massageando apenas as suas mãos? Isso mesmo, estudos mostraram que massagear as próprias mãos por cerca de cinco minutos é capaz de ajudar a aliviar a ansiedade. Para praticar, utilize um óleo ou hidratante da sua preferência e massageie entre os dedos e nas palmas das mãos. Essa é uma maneira interessante de oferecer descanso ao membro que está constantemente segurando o smartphone.

9 – Jardim Zen

O jardim zen é muito mais do que um item decorativo e pode ser usado para um exercício extremamente relaxante. Caso não conheça, trata-se de uma versão em miniatura dos tradicionais jardins orientais. É formado por uma pequena bandeja em madeira e conta com areia, pedras, um pequeno rastelo e outros itens. Passe alguns minutos mexendo nesses objetos, movendo a areia com o rastelo e posicionando as pedras onde preferir.

10 – Alongamento

Alongar é mais um exercício fantástico para relaxar o corpo e a mente. Por ser simples e fácil de realizar pode ser feito até mesmo no trabalho, em alguns minutos quando for ao banheiro. Estique os braços, mexa-o para os lados, leve-os de encontro ao chão, gire o tronco, mova a cabeça para os lados, para cima e para baixo. Lembre-se de fazer tudo isso respirando profundamente.

11 – Escrever seus pensamentos

O simples ato de passar as suas preocupações para o papel pode ser libertador. Vá para um local em que possa se concentrar e se sentir à vontade e escreva tudo o que está sentindo, sem julgamentos, afinal, apenas você irá ler. Ao terminar, irá enxergar a situação sob outras perspectivas e perceberá que muitos dos pensamentos que registrou não condizem com a realidade. Descarte o papel ou guarde-o para ler no futuro, escolha o que fizer mais sentido para você.

12 – Praticar atividades físicas

Não dá para falar de exercícios para relaxar sem citar as atividades físicas que, embora sejam voltadas para o corpo, trazem inúmeros benefícios para a mente. Escolha uma modalidade que goste e torne-a parte da sua rotina, pode ser corrida, ciclismo, caminhada, esportes de quadra, natação, musculação, opções não faltam, experimente e escolha a sua preferida.

13 – Jardinagem

O contato com a natureza é, por si só, extremamente revigorante e relaxante. Uma prática interessante para relaxar a mente é a jardinagem. Caso não tenha espaço para um jardim, poderá manter vasos com plantas pequenas. Além de ter momentos agradáveis cuidando delas, tocando a terra e as folhas, terá itens que darão um toque acolhedor para a sua casa.

14 – Fazer trabalhos manuais

Os trabalhos manuais são, de maneira geral, altamente calmantes. Algumas opções incluem: crochê, colagens, confecção de peças de barro, costura, esculturas, sabonetes artesanais, entre outros. Você não precisa ser um artista nato para se aventurar com trabalhos manuais, permita-se tentar e aprender algo novo e, além de momentos de relaxamento, melhore sua autoestima.

15 – Passear com o seu animal de estimação

Ter um animal de estimação pode lhe render bons momentos de tranquilidade. Para relaxar, leve-o para dar um passeio ou passe tempo de qualidade com ele em casa mesmo. Nesse momento, lembre-se de deixar o celular de lado e se concentrar totalmente no bichinho, isso aumentará a conexão entre vocês e fará com que se desligue de pensamentos intrusivos e negativos.

Dicas para tornar os exercícios para relaxar a mente parte da sua rotina

Se gostou das opções de exercícios para relaxar e pensou que quando puder irá colocá-los em prática, é bem provável que nunca faça isso. Então, se deseja realmente torná-los parte da sua rotina, siga as dicas a seguir.

Defina um horário para praticar os exercícios – Se você não considerar os exercícios como um compromisso, possivelmente irá deixá-los para depois e, consequentemente, irá se deixar para depois. Portanto, é importante que defina um horário, da mesma maneira que faz com obrigações do trabalho, por exemplo. Isso te ajudará a se planejar melhor e se certificar de ter tempo para si.

Utilize aplicativos para facilitar a realização dos exercícios – Atualmente, existem diversos aplicativos que ajudam na realização de atividades de relaxamento, como os voltados para meditação, ioga, respiração, atividades físicas, entre outros.

Seja paciente para colher os frutos dos exercícios – Todos os exercícios sugeridos neste artigo são medidas auxiliares para relaxar e nenhum deles é milagroso. Dessa maneira, é fundamental que seja paciente e saiba esperar para colher os frutos dessa mudança em sua vida.

Qual será o exercício que irá colocar em prática hoje? Isso mesmo, não deixe para se cuidar amanhã, você merece se colocar como prioridade!

Fontes:

https://www.tuasaude.com/beneficios-do-yoga/

https://www.astrocentro.com.br/blog/feng-shui/jardim-zen-miniatura/

https://amenteemaravilhosa.com.br/7-exercicios-relaxamento-ansiedade/

 

Copyright: 696962764 – https://www.shutterstock.com/pt/g/fizkes

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010