Estresse Emocional: o que é e quais são suas causas?

Homem estressado

Conheça as principais causas do estresse emocional.

Você se sente estressado? Acha que está sempre fazendo menos do que deveria ou com menos qualidade do que gostaria? Saiba que você pode estar passando por um problema que acomete muitas pessoas atualmente, o estresse emocional. A cobrança extrema de si mesmo e a criação de expectativas que não são possíveis de cumprir podem desencadear essa sensação angustiante.

No artigo a seguir, iremos explicar o que é o estresse emocional e quais são as suas causas mais comuns. Também apresentaremos os sintomas mais recorrentes e como o tratamento é feito. Entender que está vivenciando um problema é fundamental para tomar a iniciativa de buscar pela sua solução.

O que é estresse emocional?

O estresse emocional se caracteriza por uma grande cobrança de si mesmo. O indivíduo que desenvolve essa resposta geralmente cria altas expectativas sobre si e acaba eventualmente se frustrando. Dentre outras características comuns desse tipo de estresse está a insatisfação e cansaço mental em relação à vida que está levando. 

Em linhas gerais, esse tipo de estresse se dá em decorrência a fatores internos, no entanto, também pode ser resultante de fatores externos. Uma rotina atribulada, trânsito caótico, filas, entre outros, podem gerar sintomas físicos, como aumento da frequência cardíaca. Também pode resultar em sintomas psicológicos como insegurança, oscilações de humor e isolamento social. 

Estresse emocional: quais são os principais sintomas?

Normalmente, os sintomas do estresse emocional surgem devido a uma grande preocupação a respeito de algum tema ou atividade. Em grande parte dos casos, está ligado à avaliação social de maneira que a pessoa coloca muita pressão sobre si mesmo. Abaixo listamos os principais sintomas relacionados a esse tipo de estresse: 

  • Dificuldade de aceitar a pessoa que se é; 
  • Sensação de grande insatisfação com a vida que leva; 
  • Sensação persistente de tristeza;
  • Busca pelo isolamento social;
  • Oscilação de humor;
  • Sensação prolongada de cansaço;
  • Perda de apetite;
  • Perda ou ganho de peso;
  • Problemas relacionados ao sono (insônia ou sono agitado);
  • Dores de cabeça;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Aumento da frequência cardíaca;
  • Alterações de ordem gastrointestinal (pode levar a prisão de ventre ou a episódios de diarreia);
  • Maior irritabilidade;
  • Ansiedade;
  • Nervosismo;
  • Choro fácil;
  • Angústia;
  • Dificuldade de manter a concentração;
  • Queda de cabelo que pode se tornar acentuada. 

Indivíduos que sofrem de estresse emocional tendem a ter dificuldade em lidar com resultados, inclusive com os positivos. Essas pessoas têm um acentuado senso autocrítico. Dessa forma, é natural se sentirem nervosas diante de suas realizações e até mesmo frustradas, ainda que o resultado seja positivo. 

Perceber que tem algo errado e compreender que pode estar ligado ao emocional é imprescindível para buscar ajuda especializada. Ser avaliado e diagnosticado por um profissional da área de saúde mental é essencial para receber o melhor direcionamento para a resolução do problema.

O estresse emocional pode se tornar uma grande barreira, no sentido de impedir que a pessoa se desenvolva plenamente. O tratamento contribui para que a pessoa possa tomar o controle da sua vida e se desenvolver plenamente. 

Estresse emocional: conheça as principais causas

Fatores internos se destacam como a principal causa do estresse emocional. A pessoa afetada pode desenvolver o problema devido à dificuldade de alcançar resultados pessoais ou por se frustrar consigo mesma.

Contudo, esse tipo de estresse também pode ser favorecido por acontecimentos externos como enfrentar trânsito engarrafado, ficar em filas, ter uma rotina atribulada, problemas de saúde na família entre outros. 

É válido pontuar que o estresse emocional é mais comum em indivíduos que têm medo da avaliação social. Pessoas que não conseguem relaxar tendem a se tornar mais estressadas.

Para resolver a questão é essencial trabalhar a raiz desse nervosismo emocional na psicoterapia. O desenvolvimento da inteligência emocional precisa ser estimulado para que se possa chegar a uma solução satisfatória. 

Estresse emocional: como é o tratamento?

O foco do tratamento do estresse emocional está em identificar qual é a causa principal do problema. O indivíduo emocionalmente estressado deve buscar relaxar com atividades físicas e também aumentando o convívio com amigos e familiares. 

Em alguns casos, podem ser utilizados calmantes naturais ou tranquilizantes para amenizar os sintomas causados pelo estresse emocional. Lembrando que qualquer tipo de medicação depende da indicação de um médico.

O indivíduo que percebe que está sendo afetado pelo estresse emocional deve buscar pelo auxílio de um psicólogo ou psicoterapeuta. O motivo do estresse precisa ser trabalhado e a inteligência emocional deve ser desenvolvida como uma forma de lidar com a situação. Entender como lidar com situações difíceis e reduzir a cobrança sobre si mesmo é determinante para reduzir os efeitos negativos do estresse emocional. 

Nesse processo de recuperação, é necessário fazer mudanças também no seu estilo de vida. Alimentar-se melhor ajuda a combater o estresse porque mantém o seu organismo equilibrado. Lembrando que o tipo de alimento consumido também pode contribuir para acentuar a sua irritabilidade diante de situações cotidianas.

Busque ajuda especializada

Se você identifica que tem dificuldades de conduzir sua vida de forma plena e harmônica deve buscar a ajuda de um profissional da área de saúde mental. Buscar o auxílio de um psicólogo ou psiquiatra é determinante para entender exatamente o que está acontecendo e como resolver. Lembrando que o tratamento pode se basear somente em psicoterapia ou ter o uso de medicamentos.

Coaching

O processo de Coaching pode ser usado como um elemento auxiliar da sua busca pela melhora de um quadro de estresse emocional. Essa metodologia se caracteriza pela orientação e busca pelo autoconhecimento através de perguntas poderosas. Ressaltamos que o processo de Coaching não substitui o acompanhamento clínico e deve ser feito com um Coach certificado.

Ampliar seu autoconhecimento e compreender mais efetivamente suas questões emocionais te ajudará a ter maior controle sobre as suas emoções. Sentir não é o problema, a questão está em saber como lidar com aquilo que se sente, evitando uma sobrecarga emocional.

O estresse emocional pode ser muito prejudicial para o seu bem-estar, procure ajuda! Aproveite para compartilhar este conteúdo em suas redes sociais e espalhar a informação!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63

This will close in 0 seconds