Conheça 3 dinâmicas para aplicar em um grupo de idosos

Dinâmicas para idosos

A chegada da terceira idade não deve ser vista como o fim da vida, mas como uma oportunidade para novas experiências.

 

Para alguns, chegar à terceira idade quer dizer que a pessoa já cumpriu a sua missão e que é hora de sossegar. Para algumas pessoas, essa é apenas mais uma fase da vida. E, para outras, este é um momento singular e que deve ser vivido com muita plenitude, abraçando a liberdade e usando o tempo livre para obter mais conhecimento, divertir-se e se cuidar.

É importante dizer que cada pessoa vive a terceira idade de uma maneira diferente. Alguns indivíduos irão precisar de mais cuidados relacionados à saúde, por exemplo. O fundamental é que todos tratem os senhores e senhoras da família com muito respeito, carinho e atenção que eles merecem.

Uma excelente forma de desenvolver sentimentos de conforto e proteção para eles é por meio da aplicação de dinâmicas para idosos. De uma maneira descontraída e animada, elas podem promover diversas ações, tais como a criar e fortalecer a convivência com pessoas no mesmo estágio de vida; sustentar relacionamentos interpessoais; estimular o desenvolvimento da comunicação; ajudar a aperfeiçoar a comunicação e interação social; aumentar a capacidade mental e a descontração; afastar do ócio e do sedentarismo; e muito mais. Continue acompanhando o texto para saber mais!

Exemplos de dinâmicas para idosos

Confira a seleção de 3 dinâmicas especialmente feitas para o público da terceira idade. Veja:

Para quem você tira o chapéu?

Objetivo: estimular a autoestima dos idosos

Materiais necessários: apenas um chapéu e um espelho, que será colado na parte de dentro do acessório.

Como fazer: para realizar a atividade, o líder da dinâmica deve entregar o chapéu para um dos participantes e perguntar se ele tira o chapéu para a pessoa que está no fundo do objeto. A ação deve se repetir com todo o grupo. O condutor deve sempre fingir que está trocando a foto que está dentro do chapéu, além de incentivar todos a explicarem a razão de sua resposta.

O papel colorido

Objetivo: os idosos têm a chance de relatar sentimentos e trocar experiências.

Materiais necessários: para cumprir a atividade, são necessárias tiras de papel em diferentes cores.

Como fazer: o condutor deve pedir para os participantes fecharem os olhos e pensarem em sentimentos presentes em suas mentes naquele instante. Depois, cada um deve escolher uma tira de papel com a cor que ilustra o sentimento do momento. Em seguida, eles devem ser separados por cores, ou seja, aqueles que escolheram tiras de papel da mesma cor devem se juntar e conversar por cerca de 10 a 15 minutos. Passado o tempo do bate-papo, os participantes devem formar um grande círculo e trocar suas experiências, relatar sobre o sentimento vivido e comentar como foi a conversa.

Dançar para se conhecer

Objetivo: fazer com que os idosos se conheçam de uma maneira diferente.

Como fazer: o líder da dinâmica deve pedir que os participantes façam duplas e explicar que, ao começar a música, eles devem dançar e conversar durante cerca de um minuto — falando seus nomes, idades, onde nasceram, o que gostam de fazer, entre outras coisas. Após um sinal, os idosos precisam trocar de duplas e repetir a ação, até que todos os participantes sejam apresentados uns aos outros.

Gostou das dinâmicas? Conte nos comentários se você conhece mais alguma!

O coaching e a terceira idade

 

Outra maneira de auxiliar as pessoas da terceira idade é por meio do coaching. Usando técnicas e ferramentas especiais, a metodologia é capaz de oferecer uma qualidade de vida mais elevada ao idoso, além de dar suporte para que ele viva de forma plena.

Conheça agora alguns dos benefícios proporcionados pelo coaching para esse público:

  • Planejamento da aposentadoria;
  • Definição de novas metas e objetivos;
  • Entendimento sobre assuntos pessoais do passado;
  • Melhor aproveitamento das suas experiências e conhecimentos;
  • Apoio para investir em uma nova carreira;
  • Superação de problemas, medos e anseios;
  • Revisão de crenças e valores;
  • Resgate de sonhos e projetos antigos.

Como se superar

O método coaching oferece diversas formas de aplicação. No Instituto Brasileiro de Coaching (IBC) é possível conhecer formações maravilhosas e empoderadoras, tais como a Practitioner em Programação Neurolinguística (PNL), que estimula o poder que você pode construir dentro de você mesmo para alcançar seus objetivos. Com base no estudo de programação neurolinguística feito por Richard Bandler e John Grinder nos anos 70, nos Estados Unidos, o curso ensina a como é possível conectar os processos neurológicos, a linguagem e o comportamento para conseguir algo.

Durante a programação de atividades práticas e teóricas, você irá aprender profundamente sobre o que é a programação neurolinguística, linguagem não verbal, autoconhecimento, autodesenvolvimento, quais são os canais representacionais, alinhamento de níveis neurológicos, estrutura do pensamento (aprendizagem, ação e reação), processos de ancoragem, negociação e solução de problemas, entre outros temas

Mais do que isso: você é ensinado sobre a essencialidade de se observar determinada situação por mais um ângulo. Assim, é possível ter uma visão sistêmica sobre todo o processo. Além disso, o curso mostra como que o relacionamento das atividades que os 2 hemisférios do cérebro são capazes de realizar novas perspectivas em relação às fobias para curá-las de uma vez por todas.

E se você escolheu dar outro rumo para a carreira, existem formações como o Consultor em Análise Comportamental, Business and Executive Coaching (BEC) e Coaching em Vendas! Esses conhecimentos podem ser aplicados para áreas específicas ou serem utilizados na vida. Tudo depende do seu objetivo.

Para complementar, o curso Professional & Self Coaching (PSC) é o mais moderno e completo do Brasil quando se fala de coaching. Ele é excelente para quem deseja se tornar um indivíduo melhor em todos os âmbitos da vida. Além disso, ele também pode formar você como coach. Já pensou nisso? Pois, pense! Além de se tornar um profissional melhor e mais dedicado em evoluir, você irá ter esses mesmos sentimentos fora do local de trabalho. Ou seja: vantagens em todos os setores da vida. Investir em coaching é investir em si mesmo!

Compartilhe esse artigo nas suas redes sociais!

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.

Copyright: 1062165887 – https://www.shutterstock.com/pt/g/4pmproduction

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010