Gestão do Conhecimento – O que é e como aplicá-la?

conhecimento

A gestão do conhecimento se refere ao gerencimento dos conhecimentos inerentes ao negócio, seja ele relacionado ao produto ou capital humano.

Gestão do conhecimento é o nome dado ao conjunto de ações que uma empresa tem para colher, organizar, analisar e utilizar seu conhecimento. Apenas algumas iniciativas são capazes de realmente transformar a forma como uma organização opera, e a gestão do conhecimento é uma delas.

Continue lendo para saber mais sobre gestão do conhecimento e conferir dicas de como aplicá-la ao seu negócio.

O que é gestão do conhecimento?

A gestão do conhecimento consiste em definir, estruturar, reter e compartilhar o conhecimento e a experiência dos funcionários de uma organização. Seu principal objetivo é melhorar a eficiência do negócio e conservar o conhecimento dentro da empresa.

Frequentemente, vemos organizações oferecendo treinamentos e outras formas de aprendizagem à sua equipe. A gestão do conhecimento deve ser aplicada de modo a compartilhar e estruturar o que é aprendido nessas experiências, de forma a maximizar a eficácia do aprendizado.

Qual o melhor caminho para a felicidade?

Preencha AGORA o formulário para descobrir!

Principais áreas da gestão do conhecimento

Podemos resumir a gestão do conhecimento em três áreas principais, que são: acumular, armazenar e compartilhar conhecimento. O objetivo é possibilitar a aprendizagem organizacional e criar uma cultura voltada ao aprendizado. Para isso, a partilha de conhecimentos é incentivada para que quem procura aprender tenha facilidade para isso.

Ao abordarmos o assunto, é importante considerar os tipos de conhecimento e como é possível compartilhá-los dentro de uma empresa. O conhecimento tácito e o conhecimento explícito são os dois principais tipos considerados dentro do conceito de gestão do conhecimento. Saiba mais sobre eles.

Conhecimento tácito: é mais intuitivo e, por isso, mais complicado de ser colhido e compartilhado com outras pessoas. Exemplos: pensamento inovador e compreensão da linguagem corporal.

Conhecimento explícito: é a informação que é facilmente codificada e ensinada, como trocar o cartucho em uma impressora e realizar equações matemáticas.

Quando bem feita, a gestão do conhecimento pode trazer diversos tipos de melhorias para uma organização. Ela irá garantir que o conhecimento que cada funcionário adquira não fique retido apenas com eles. As pessoas terão a oportunidade de aprender sobre as melhores práticas, lições aprendidas e melhorias organizacionais em geral.

Por que a gestão do conhecimento é importante?

A gestão do conhecimento é importante porque aumenta a eficiência da tomada de decisão de uma organização. Ao garantir que todos os funcionários tenham acesso ao conhecimento, se tem uma força de trabalho mais inteligente e mais preparada para tomar decisões rápidas e ter ideias inovadoras, o que gera muitos benefícios para a empresa.

A importância da gestão do conhecimento está se intensificando a cada ano. À medida em que o mercado se torna cada vez mais competitivo, uma das melhores maneiras de se manter à frente é construir sua empresa de maneira inteligente e flexível. Assim, torna-se possível antecipar problemas e responder rapidamente a novas informações e tendências.

Existem alguns motivos mais comuns que levam as empresas a investirem na gestão do conhecimento. O primeiro deles é quando ocorre uma fusão ou aquisição, situação em que se torna necessário codificar o conhecimento e incentivar as equipes a compartilharem o que sabem.

Mais um motivo é a aproximação da aposentadoria de um colaborador. Assim, a gestão do conhecimento entra em cena para organizar e armazenar seu conhecimento. Por fim, está o processo de recrutamento de novos colaboradores, já que a gestão auxilia no treinamento dos novos contratados.

Benefícios da gestão do conhecimento

A gestão do conhecimento é uma ferramenta importante para qualquer empresa que tenha o objetivo de impulsionar seus resultados e sua participação no mercado. Veja os principais benefícios de adotar essa estratégia.

  • Mais eficiência;
  • Agilidade na tomada de decisão;
  • Maior colaboração entre a equipe;
  • Fortalecimento da construção do conhecimento organizacional;
  • Otimização do processo de integração e treinamento de novos funcionários;
  • Aumento da satisfação e retenção de funcionários devido à valorização do conhecimento, treinamento e inovação.

5 Dicas para aplicar a gestão do conhecimento na sua empresa

Se ficou interessado pelo assunto e deseja aplicar a gestão do conhecimento na sua empresa, comece colocando as dicas a seguir em prática, acompanhe!

1. Identifique a situação atual da empresa

Antes de iniciar qualquer tipo de processo de mudança é necessário identificar a situação atual do que se deseja transformar. Sendo assim, comece fazendo uma análise de como a sua empresa está hoje em relação ao conhecimento. Um ponto importante a considerar é quem são os funcionários-chave, pois é deles que virá grande parte dos dados.

2. Determine a definição de gestão do conhecimento para a sua empresa

Como se pôde ver ao longo do artigo, o conceito de gestão do conhecimento é um tanto quanto amplo. Então, para evitar dúvidas entre os colaboradores é preciso determinar qual será a definição dentro do seu negócio. Assim, todos saberão exatamente o que fazer para contribuir.

3. Incentive a troca de conhecimento e experiência

Os colaboradores costumam se comportar de acordo com a cultura da empresa da qual fazem parte. Dessa forma, se a intenção é estimular o conhecimento, é fundamental incentivá-los a trocarem informações e aprenderem uns com os outros. Toda a companhia só tem a ganhar com esse trabalho colaborativo.

4. Crie espaços virtuais para registro do conhecimento

Para evitar que o conhecimento se perca, é válido investir em espaços virtuais para registrá-los. Hoje, existem muitos recursos que possibilitam isso de forma segura, como slides, vídeos, planilhas, além de arquivos de texto. Cada empresa deve encontrar a forma que fizer mais sentido, considerando o tipo de informação a ser armazenada.

5. Invista em treinamentos

Se a intenção é incentivar o conhecimento, é importante investir em treinamentos. Quanto mais preparados os colaboradores estiverem, mais conhecimento poderão trocar e, assim, crescer juntos. Além disso, o fato de os profissionais verem que a empresa está investindo neles os torna mais engajados e motivados.

Aplicar a gestão do conhecimento na sua empresa poderá ser um divisor de águas no negócio. Afinal, as informações serão compartilhadas com mais eficiência, abrindo caminho para a inovação e a rapidez na tomada de decisão, dois elementos extremamente importantes no mercado atual.

Este artigo te ajudou de alguma forma? Deixe seu comentário abaixo e aproveite para compartilhá-lo em suas redes sociais, para passar o conhecimento adiante!

Imagem: Por Thomas Bethge

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.





*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010