O que é discernimento e por que ele é importante?

Discernimento O que é Discernimento? Como incentivá-lo na equipe?

 

De acordo com o dicionário, o termo discernimento significa a capacidade de avaliar ou julgar. Apesar de trazer a definição oficial para você, muitas pessoas usam o termo associado ao fato de ser criterioso no dia a dia. Justamente por ser comum, é possível que algumas pessoas não levem a essência do discernimento muito a sério, tanto no mundo profissional quanto pessoal. 

Mas, qual é o efeito de não seguir a risca o que o verbo discernir representa? Não ter discernimento em âmbito profissional dificulta o processo de tomada de decisões assertivas, anula a discriminação do que é ético e do que não é e ainda pode diminuir a capacidade de avaliar situações e pessoas de forma justa e empática. 

Realmente o discernimento é uma característica necessária para o cotidiano profissional. O desenvolvimento de ações que estimulam o discernimento é um bom caminho para os líderes que estão buscando pelo equilíbrio entre produtividade, qualidade e profissionais éticos no time. Para saber mais sobre esse assunto é só continuar lendo este artigo!

Aprimore significativamente suas habilidades em relações humanas!
Conheça a metodologia Coaching, leia meu Ebook para saber mais!

Como incentivar o discernimento na equipe

A integridade e a honestidade dos integrantes de um time são características essenciais para manter um clima organizacional agradável para se trabalhar. Além disso, esses pontos facilitam a criação e a sustentação de relacionamentos interpessoais. 

Para chegar a esse nível, é fundamental que o discernimento dos liderados esteja em dia com que a empresa, o líder e o mercado esperam dos colaboradores. Nesse caso, ainda é importante considerar o que a sociedade espera, afinal, não é ético descumprir com as leis para conquistar objetivos profissionais.

Para ajudar nessa tarefa de sempre manter o discernimento em dia, é importante que o líder esteja atento ao que está acontecendo com cada um do seu time, além de sempre promover ações novas. Quer conhecer algumas delas? Então, confira:

Ensine a importância de uma decisão assertiva

Muito mais do que simplesmente errar ou acertar, a tomada de uma decisão exige que o colaborador conheça o tema e seja assertivo a respeito da solução. Existem casos em que a escolha deve ser feita rapidamente e em um momento de pressão e existem outros casos em que há tempo para avaliar e reavaliar. 

Porém, não importa qual seja o cenário, é fundamental que a decisão seja feita baseada em fatos e com o objetivo de trazer mais pontos positivos do que negativos. No fim das contas, que tomou a decisão deve ter consciência das consequências boas e ruins e quais são as principais ações para lidar com  cada uma delas. 

Ao optar pela decisão que é mais justa, o funcionário demonstra discernimento e capacidade de julgar os acontecimentos sem ceder para as emoções ou para opiniões alheias que não trazem críticas construtivas. Claro que o poder de decisão evolui com o tempo, porém, é importante trabalhar nele todos os dias por meio de observação, compartilhamento de experiências e até agindo mesmo. 

Estimule o trabalho em equipe

O desenvolvimento de atividades em grupo é uma ótima forma compartilhar conhecimento e de construir ideias mais estruturadas e complexas. 

Mesmo contando com casos mais ou menos produtivos, para a empresa, esse trabalho em conjunto pode trazer resultados mais positivos e até mais relevantes. 

Para as pessoas envolvidas, o ato pode fortalecer relacionamentos interpessoais e criar laços de confiança. A troca de conhecimento ainda é um instrumento que uma pessoa tem para ouvir na essência o que o outro tem a dizer e absorver esse conteúdo de forma positiva. 

Esse tipo de compartilhamento de ideias, sabedoria e experiências ajuda a criar humildade e empatia, a estruturar uma visão sistêmica da empresa e a ampliar o ponto de vista sobre diversos assuntos, cooperando para aumentar o grau crítico dos envolvidos. Consequentemente, o discernimento começa a evoluir nesses momentos. 

Ensine por exemplo

Uma das principais caraterísticas positivas de um líder bem sucedido é usar as próprias atitudes como exemplos para que os seus liderados observem e sigam esses passos. Isso não significa que quem lidera uma equipe deve ter a perfeição correndo nas veias, basta se esforçar para ser ético, empático e um bom profissional todos os dias. Lembre-se de que erros acontecem, porém as ações anti-éticas representam aqueles que não têm integridade.

Para ensinar sobre discernimiento, é essencial que o líder saiba tomar decisões justas, sejam elas pequenas, médias ou grandes. Então, é preciso saber considerar e respeitar todos os pontos de vista, mas fazer a escolha final pensando no que é certo. O curso Leader Coach Training é um método coaching que ajuda a formar líderes de alta performance que conseguem lidar com planejamento, situações de pressão e diversos tipos de cenário, sem perder a estratégia e a inteligência emocional.  

Mostre casos famosos

Além das atitudes do próprio líder servirem como exemplo, é interessante mostrar casos profissionais em que o discernimento foi essencial para o sucesso. Podem ser situações internas, do mercado ou até cenários pessoais. 

Faça críticas construtivas

Outro ponto importante do processo de instauração do discernimento é entender que nem todos os colaboradores tiveram a chance de aprender o conceito durante as experiências anteriores. Por isso, é fundamental que o líder aponte os momentos em que faltou discernimento ao funcionário. Dessa forma, ele consegue associar qual são as ações incorretas e se policia para não repetí-las.

Conheça uma poderosa ferramenta de desenvolvimento humano!
Acesse meu eBook Gratuitamente e conheça mais a respeito!

Indique livros relevantes

Um caminho interessante para que o time aprenda mais sobre discernir, é incentivando a leitura de livros importantes nessa área. Confira algumas referências de destaque:

  • “12 Regras Para a Vida. Um Antídoto Para o Caos”, escrito pelo psicólogo clínico, Jordan Peterson.
  • “O livro da decisão”, escrito por Mikael Krogerus.
  • “Poder da decisão: Na vida, nos relacionamentos, no trabalho e no cotidiano”, do autor Anselm Grün. 

Isso vale também para os líderes que ainda não conhecem esses livros. Nada como renovar a biblioteca, não é mesmo? 

Você já conhecia alguma dessas ações para promover o discernimento dentro de uma equipe? Aproveite, pois elas podem ser o que estava faltando para que o seu time alcance um sucesso ainda maior. 

Copyright: 1139558762 – https://www.shutterstock.com/pt/g/wayhome

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010