Competências Organizacionais – O que são e como desenvolver?

Competências organizacionais, o que são e como desenvolver.

Competências organizacionais é o conjunto de fatores que torna cada empresa única. Acompanhe-me nesta leitura para saber mais.

Os colaboradores de uma empresa contribuem para a formação da sua identidade. Suas habilidades, conhecimentos e atitudes, em conjunto, dão origem às competências da organização. Ideais, propósitos e valores originados a partir dessa junção formam as chamadas competências organizacionais. Continue lendo para entender melhor o conceito e como ele pode ser desenvolvido.

O que são Competências Organizacionais?

Em linhas gerais, competências organizacionais é o conjunto de fatores que torna cada empresa única. Esse conjunto contribui para que a organização construa e mantenha uma identidade própria. É importante dizer que são essas competências dão origem ao diferencial competitivo da companhia no mercado.

Para que fique mais claro, é possível definir que competências organizacionais são as ferramentas que compõem o portfólio de uma empresa. A relevância dessas competências está no fato de que elas podem se tornar parte da cultura organizacional. Em alguns casos, há um enraizamento de tal forma que essas competências passam a influenciar também a missão e valores da companhia.

Comece a ter o

Destaque

que você merece!

Preencha os campos abaixo para receber o e-book.

Qual a origem do conceito de Competências Organizacionais?

O tema começou a ser debatido em 1990, com a publicação do artigo “The Core Competence of the Corporation”, escrito por Coimbatore Krishnarao Prahalad, que era doutor em Administração. Ainda nos dias de hoje é um assunto que gera grande interesse no universo corporativo.

Competências organizacionais básicas e essenciais

As competências organizacionais são subdivididas em dois grupos (básicas e essenciais), visando facilitar o seu entendimento.

Competências organizacionais básicas

As competências organizacionais básicas podem ser também chamadas de fatores de qualificação. Trata-se dos pré-requisitos para que a empresa se mantenha na ativa. No caso de uma loja de sapatos, por exemplo, é imprescindível estar bem localizada e oferecer bom atendimento para continuar funcionando.

Competências organizacionais essenciais

Também conhecidas como Core Competencies, referem-se aos fatores que permitem que a empresa se diferencie. Em outras palavras, é o que torna a companhia única no mercado. Para que sejam classificadas nessa categoria, essas competências devem gerar valor para os clientes e contribuir para acessar mercados exigentes. Outra característica relevante é que essas competências sejam de difícil imitação.

Entendendo a diferença na prática

Daremos um exemplo para que fiquem claras as diferenças entre as competências organizacionais básicas e essenciais. Maria é uma mulher que veste manequim tamanho 50 e tem dificuldade de encontrar tops de ginástica. Ela já procurou em diferentes marcas plus size, mas não encontra uma peça adequada para a sua largura de costas.

Tendo conhecimentos de modelagem e costura, Maria dá início à sua própria marca de tops plus size. O diferencial é que ela faz peças sob medida, observando a largura das costas das clientes. Ela tem um empreendimento com competências essenciais, pois geram um diferencial.

Contudo, marcas plus size concorrentes percebem que a estratégia dá certo e passam a oferecer essa opção também. A partir do momento em que os concorrentes oferecem o mesmo serviço, a competência não é mais essencial e sim básica. Para voltar a trabalhar com competências essenciais, Maria deverá pensar em outra estratégia de mercado.

Sendo persistente, a empreendedora faz alguns cursos, agora ela oferece uma linha completa de ginástica plus size sob medida feminina e masculina. Ela também aprendeu a trabalhar com novos tecidos que oferecem mais conforto para os consumidores. Logo, Maria desenvolveu novas competências essenciais difíceis de imitar para seu empreendimento.

Competências organizacionais: dicas de como desenvolvê-las

Agora que você já sabe o que são competências organizacionais, vai gostar das dicas de como desenvolvê-las.

1. Mapeamento das competências organizacionais

O primeiro passo consiste em fazer um mapeamento das competências organizacionais essenciais para o sucesso da empresa. Isso permite que a organização identifique quais competências já possui e precisa aprimorar e quais precisa desenvolver.  São caminhos bem diferentes, o de aprimoramento e o de desenvolvimento do zero.

2. Treinamento e desenvolvimento

Essa dica é válida para as competências que já existem na empresa e precisam ser aprimoradas. Oferecer aos colaboradores a oportunidade de passar por treinamentos e qualificação é fundamental. Se a companhia deseja reunir competências organizacionais para se tornar mais competitiva precisa dar aos funcionários as ferramentas necessárias.

A empresa pode investir em cursos para sua equipe ou, ainda, dar incentivos a quem continua estudando. Flexibilização de horários e home office para funcionários que estão investindo em sua qualificação são ótimos incentivos. Há empresas que dão um passo além e criam instituições de ensino próprias para seus colaboradores, as chamadas universidades corporativas.

3. Seleção por competências

Provavelmente, no mapeamento sugerido no primeiro passo serão identificadas competências que a empresa não possui. Ao identificar essa necessidade, a companhia pode adotar o sistema de seleção por competências para contratar novos colaboradores.

A ideia é bem simples, selecionar candidatos que possam agregar essas competências à equipe. Os recrutadores devem ter um olhar crítico direcionado para identificar as competências necessárias nos candidatos às vagas.

4. Benchmarking

Também é possível desenvolver algumas competências inéditas através de benchmarking. Essa é uma estratégia em que um colaborador faz uma imersão em outra empresa. A companhia escolhida deve atender ao mesmo segmento, mas não ser concorrente direto da sua empresa.

Entenda que é um processo de observação de como outra empresa trabalha para incorporar ideias. Não se trata de espionagem e sim de uma ação estratégica realizada em consenso com a outra organização. O funcionário que passa pela imersão retorna com ideias de como desenvolver novas competências.

5. Avaliações

Avaliações constantes contribuem para detectar se a sua empresa está trabalhando da melhor forma possível com suas competências. O ideal é fazer verificações focadas no aprimoramento das competências pré-existentes e do desenvolvimento de novas.

Além disso, é importante ter em mente que todos os dias se torna necessário desenvolver competências organizacionais essenciais. Lembre-se do exemplo de Maria e da confecção de tops de ginástica plus size. Em um determinado momento, a concorrência faz a leitura dos seus diferenciais e os implementa também. Esse é o momento certo para dar um novo passo rumo ao desenvolvimento de outras competências.

As competências organizacionais são fundamentais para formar a identidade de uma empresa! Se este conteúdo te ajudou de alguma maneira, deixe seu comentário abaixo e aproveite para compartilhá-lo com seus amigos que também são empreendedores!

Imagem: Por Rawpixel.com

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.





*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010