Entenda o que é plano de sucessão e como implanta-lo no seu negócio

Plano de Sucessão. Veja como criar um plano de sucessão.

 

Planejar e preparar a conscientização de uma empresa é fundamental para que as organizações se mobilizem sobre o plano de sucessão. Seus líderes necessitam desenvolver a visão para trabalhar em cooperação com consultores, no que se refere ao diagnóstico de seus sucessores, com o objetivo de facilitar e simplificar processos e procedimentos.

O plano de sucessão organizacional nas empresas é complexo e delicado, podendo, em alguns casos, ser até inclusive desgastante, mesmo quando planejado. Afinal de contas, seu foco principal não é apenas o futuro de cada profissional mas, sim, o futuro da empresa. Por isso, se trata de uma etapa extremamente importante no planejamento estratégico de recursos humanos.

Dentro de qualquer empresa, é preciso que existam dois tipos de planos: o plano de carreira e o plano de sucessão. Dessa forma, o conceito do plano de sucessão é o que discutiremos neste artigo. O qual, nada mais é do que uma simbologia dos postos e funções críticas e estratégicas dentro de uma empresa.

Acompanhe-me nesta leitura e saiba como implementar este processo em sua empresa.

Preencha AGORA o formulário para descobrir!

Objetivos do Plano de Sucessão

O plano de sucessão tem como principais objetivos identificar e formar um “banco” de possíveis sucessores dentro de todo e qualquer tipo de empresa. Desenvolvendo um plano de ação para cada transição de comando, sempre visando decidir quais áreas estratégicas serão consideradas e quais deverão ser ocupadas. Essa ocupação acontecerá através de um programa de desenvolvimento das competências e lideranças dos candidatos internos à sucessão vertical e horizontal.

Além disso, tem como objetivo garantir o sucesso de continuidade dos negócios, sem prejuízos e riscos, assegurando a sustentabilidade da empresa aos seus colaboradores, mercado e stakeholders. Assim, também, assegura a transparência e a divulgação do processo de transição para garantir os resultados previstos, elaborados e planejados.

O escopo de todo o processo se dá nas seguintes etapas: 1. Diagnosticar as necessidades para o plano de sucessão organizacional; 2. Analisar as competências técnicas e comportamentais dos cargos de sucessão; 3. Elaborar sistema de mapeamento das vagas identificadas; 4. Mapear os profissionais talentosos; 5. Elaborar o plano de ação; 6. Treinar as lideranças para, junto ao RH, implementar os processos, com a menor perturbação e desgaste possível.

Fases do Plano de Sucessão

Cada plano de sucessão é personalizado e específico para cada empresa. Pois depende de diversos fatores para que seja bem planejado, estruturado e realizado. Porém, existem algumas fases que citarei agora, que podem te ajudar a entender e enxergar melhor esse processo.

Fase 01: Reunião apenas com a equipe responsável pelo processo, para ajustes das fases do plano de sucessão.

Fase 02: Identificação dos cargos que vão fazer parte do plano e os potenciais sucessores. As questões que serão respondidas pela direção e RH da empresa são altamente necessárias para o levantamento da relevância e desdobramento das fases do processo sucessório. Minimizando, assim, o impacto nos pares, nos subordinados, nas decisões estratégicas e, para o estabelecimento com sucesso do plano de sucessão.

Fase 03: Cada um dos potenciais sucessores deverão preencher a ferramenta de perfil que será utilizada.

Fase 04: Deverá ser realizado um trabalho pós-work interno, pela equipe de RH, que irá analisar os resultados das entrevistas e devolutivas da ferramenta de perfil utilizada.

Fase 05: Aqui será iniciada a elaboração do plano de ação para cada sucessor e do grupo. Serão mapeados todos os potenciais sucessores a partir da: descrição de cargo, avaliação de desempenho, competências e análise das devolutivas da ferramenta de  mapeamento de perfil. Após a compilação de dados, será elaborado o plano de ação individual e do grupo.

Fase 06: Com o plano de ação em mãos, outra reunião deverá ser realizada com a equipe responsável pelo processo, que irá orientar na continuidade do projeto de sucessão, cronograma e sugestão do trabalho de consultoria que julgar necessário.

Fase 07: Realizado todo processo acima, é preciso, também, que haja um treinamento da liderança. Para que seja desmistificado o que é (e como) preparar potenciais sucessores, assim como quais são as responsabilidades de cada líder.

Dentro deste plano você verá as responsabilidades e pré-requisitos necessários ao exercício do cargo. E para diferenciar o plano de sucessão do plano de carreiras dizemos que este refere-se aos cargos já ocupados pelo profissional em toda sua carreira.

Nós podemos dizer que o plano de carreira engloba o plano de sucessão ao passo que é uma evolução de cargos onde uma pessoa ocupava um cargo e foi requerida para outro superior e com mais responsabilidades. É interessante saber que no plano de sucessão o foco não se encontra no profissional, mas sim no futuro da empresa. Mas por que o foco é na empresa?

Porque para ocupar determinados cargos de responsabilidade e de posição destacada dentro da empresa, a pessoa tem que ter um perfil profissional específico para conseguir este cargo.

Exemplo de aplicação do plano de sucessão

Vamos supor que você tenha analisado o relatório de plano de cargos e carreira e tenha percebido 5 profissionais ideais para a sucessão do seu Diretor de Execuções Financeiras. Com base nestes dados você vai fazer uma análise do cargo atualmente ocupado e do cargo que estão almejando para eles.

Você analisará a capacitação, o tempo de serviço, a idade entre outros dados afins. Concatenando os dados e cruzando as informações você chegou a uma conclusão de que o candidato mais propício à vaga é o segundo.

Ele pode então começar a ser treinado para assumir o cargo e só após o treinamento ele assumirá.

O Diretor de Execuções Financeiras é um cargo de muita responsabilidade e simboliza a empresa para o mundo exterior. É a imagem da organização que está em jogo, entende?

O plano de sucessão faz parte da administração estratégica da empresa e por isso tem que ser levado em muita consideração, pois dele dependem não só os cargos mais importantes da empresa como também a imagem da mesma.

Falamos em administração estratégica, pois tudo que tem a ver com o futuro da organização, como ele será sustentado em termos de administração mesmo, tudo isso deve constar de um plano de ação consistente e abrangente.

O plano de sucessão tem uma particularidade muito específica que é mostrar o potencial de cada funcionário e sua preparação para atuar em cargos diferenciados.

Quer descobrir qual grau da sua felicidade?
Clique aqui e acesse o “Termômetro da Felicidade”!

Coaching no plano de sucessão empresarial

Com base em tudo o que lhe apresentei até aqui é possível observar que, para ter sucesso no plano de sucesso, é fundamental que os profissionais da organização estejam minimamente preparados, caso contrário serão encontrados muitos desafios e adversidades pelo caminho da empresa.

Neste sentido, a dica que compartilho com você é que você conheça e leve a cultura do Coaching Corporativo para os seus negócios. Digo isso, porque trata-se de uma metodologia altamente eficiente, que prepara os profissionais, que fazem parte da empresa, para que estes potencializem seus talentos, através dos conhecimentos, técnicas e ferramentas do Coaching e, assim, tenham uma desenvoltura adequada ao assumirem a nova posição, bem como as novas responsabilidades.

Agora me conte, Ser de Luz: o que você achou deste conteúdo? Você já tem um plano de sucessão em sua empresa? Deixe o seu comentário e lembre-se de compartilhar este artigo, com seus amigos, em suas redes sócias.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.

Copyright: Pressmaster / Site: https://www.shutterstock.com/pt/g/Pressmaster

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010