Gerenciamento pessoal: organizando as tarefas e as finanças para uma vida mais produtiva

Mulher usando a calculadora para calcular as contas de custo do orçamento familiar

Organizar suas tarefas e finanças é a solução para evitar desperdício de tempo e dinheiro.

A falta de tempo e o descontrole financeiro são um dos grandes problemas enfrentados por boa parte das pessoas atualmente. Isso porque conciliar a vida pessoal — como as atividades domésticas, familiares, amigos e lazer — com o trabalho, carreira e estudos, é um desafio para aqueles que desejam ter melhor qualidade de vida.

Nesse sentido, fazer um bom gerenciamento pessoal pode ser a solução para evitar o desperdício de tempo e dinheiro. Ao organizar suas tarefas diárias e finanças, estabelecendo prioridades e definindo planos de ação, a probabilidade de se alcançar uma vida mais produtiva é bem maior.

Confira, ao longo do artigo, algumas dicas para iniciar seu gerenciamento pessoal, e consequentemente, aumentar sua produtividade e bem-estar.

Preencha AGORA o formulário para descobrir!

7 Dicas de Gerenciamento Pessoal

Você deseja ter uma vida mais produtiva? Porém, não sabe como começar a organizar os diferentes aspectos do seu dia a dia? A seguir listamos dicas que vão te ajudar a gerenciar com mais eficiência âmbitos da sua vida como as finanças e as suas tarefas pessoais e profissionais.

Continue lendo para entender como se organizar e ter mais sucesso em diferentes empreitadas. 

Você já perguntou a si mesmo se é verdadeiramente feliz?
Clique aqui e descubra qual é o grau da sua felicidade!

1. Liste seus gastos mensais

Grande parte de nossos gastos se repete todos os meses: moradia, alimentação, energia, água, locomoção e diversos outros custos. Portanto, liste suas despesas fixas para ter uma base do que realmente precisa ser desembolsado durante cada mês. Saber essa informação faz uma grande diferença para a sua organização financeira. 

Tenha também uma tabela à parte para os gastos eventuais, ou seja, aqueles que não são fixos, como o cafezinho do meio da semana ou aquele tênis novo. Ao fazer isso você consegue entender como está usando o seu dinheiro, em outras palavras, saber no que está gastando. 

2. Monte uma planilha de despesas

Monte uma planilha com os seus gastos diários. Ao final do mês, você terá em mãos cada lugar em que seu dinheiro foi aplicado. Dessa maneira, poderá identificar o que é supérfluo e o que está pesando no orçamento, fazendo um planejamento para o próximo período. Para quem é adepto de planilhas em programas como o Excel não há nenhum mistério.

Porém, se você não é desse universo, saiba que pode contar com aplicativos de interface mais simples ou o bom velho papel. Você pode usar um planner para anotar suas despesas. Não importa qual será a interface utilizada para anotar essas informações, desde que você as anote. 

3. Organize suas tarefas

Durante o café da manhã, sem pressa, planeje bem o seu dia. Defina as atividades que precisa realizar e os lugares que necessita ir, organizando seus horários e suas rotas. Fazer isso com a cabeça tranquila pode facilitar a execução de várias tarefas da melhor maneira, sem desperdiçar tempo.

O simples fato de ter uma lista te ajuda a entender como é possível organizar tudo de forma estratégica. Saiba que isso economizará um tempo considerável da sua rotina. Mais uma vez ressaltamos que é possível contar com softwares e aplicativos, assim como com planners físicos. 

4. Foco em suas atividades

Mantenha o foco em seus afazeres. Não deixe para o dia seguinte o que pode ser realizado antes. Fuja das distrações. Com mais horas livres, você poderá aprimorar suas habilidades, aperfeiçoar ideias e utilizar esses minutos com algo que queira fazer. Ser focado nas tarefas de trabalho contribui para que tenha mais tempo para fazer outras atividades posteriormente.

Além disso, quando se mantém focado consegue evitar aquele sentimento de que está há muito tempo fazendo a mesma coisa. Imagine que você tem uma tarefa de uma hora de trabalho para fazer e faz pausas a cada 10 minutos de produção. 

Você vai demorar muito mais tempo para terminar a tarefa fazendo essas pausas do que se fizesse apenas uma pausa de 10 minutos no meio do processo. O problema não é ter intervalos e sim torná-los constantes. 

5. Evite o excesso de redes sociais

As redes sociais são ótimos mecanismos para se comunicar, construir ou manter relacionamento com outras pessoas. Contudo, busque utilizá-las moderadamente. Às vezes, ao gastar muito tempo diante delas, perde-se a oportunidade de realizar outras atividades.

Redes sociais podem se tornar um perigoso desvio de atenção, levando à procrastinação. O ideal é estabelecer um tempo razoável dentro da sua rotina para responder as mensagens pessoais. Em nenhum momento dizemos que você deve excluir algo da sua vida, apenas moderar o uso encontrando o equilíbrio. Tudo que é demais faz mal para esse equilíbrio. 

6. Identifique prioridades

Todos os dias temos uma série de atividades que precisam ser realizadas. Contudo, nem todas têm o mesmo status de relevância. Entender isso ajuda a identificar quais são prioritárias. Assim é possível entender quais precisam ser colocadas no topo da lista. A dica é categorizar as tarefas como urgentes e importantes.

As tarefas urgentes são aquelas que, se não forem concluídas logo, trarão prejuízo para a vida pessoal e profissional. Por sua vez, as tarefas importantes são as que podem trazer resultados positivos, mas não necessariamente trarão prejuízos se forem realizadas mais adiante. Isso permite que você organize seu tempo de acordo com o que é mais importante para o seu sucesso. 

7. Comemore as suas conquistas

Independentemente do tamanho das suas conquistas é importante celebrá-las para se lembrar constantemente o quanto o gerenciamento pessoal te ajuda. Ao fazer esse reforço positivo você se mantém focado em continuar organizando a sua rotina e finanças. A perda de interesse nas coisas tende a ser um reflexo do não reconhecimento dos seus ganhos.

Então, quando conseguir economizar dinheiro no fim do mês, mesmo que pouco, parabenize a si mesmo. Quando sobrar um tempinho para ler no final do dia, lembre-se de felicitar a si mesmo por essa conquista. Tudo o que vem de bom do processo de gerenciamento deve ser comemorado, pois significa ter mais qualidade de vida. 

Gostou das dicas? Você conhece outras maneiras para realizar o gerenciamento pessoal? Compartilhe conosco e com seus amigos!

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63

This will close in 0 seconds