10 Dicas para te ensinar a meditar

Confira uma lista com 10 dicas verdadeiramente incríveis que vão te ajudar a meditar

Provavelmente você já ouviu falar a respeito da meditação e seus benefícios, porque a prática tem sido bastante difundida atualmente. Entretanto, mesmo com toda essa divulgação, muitos ainda acham que seja um tipo de atividade voltada para pessoas consideradas “zen”.

É bastante comum ouvirmos frases do tipo: “meditação não é para mim, sou muito agitado”. A verdade é que exatamente para os agitados que a meditação é indicada, como uma forma de desacelerar e acalmar a mente. Se você deseja saber exatamente o que é a meditação, seus benefícios e conferir dicas de como começar, é só continuar a leitura.

O que é a meditação?

Quando o assunto é meditação, algumas pessoas associam a monges budistas sentados na tradicional posição, chamada lótus, por horas, e até dias, seguidas. Embora isso realmente exista, a prática também pode ser realizada de outra forma, voltada para o autoconhecimento, relaxamento e a busca pelo equilíbrio das emoções.

Meditar não é não pensar em absolutamente nada, pois isso seria impossível, e sim manter o pensamento focado em uma ideia, objeto, paisagem. E pode ter duração de alguns minutos apenas, inclusive, é recomendado que iniciantes comecem com poucos minutos e vão aumentando gradativamente.

Embora exista a tradição da posição de lótus, cada um pode praticar da forma que achar mais confortável, como sentado em uma cadeira ou até deitado. O importante é permanecer de modo que a respiração, que tem um papel fundamental no processo, consiga fluir.

Benefícios da meditação

Antes de conferir as dicas que vão te ensinar a meditar, saiba quais são os benefícios que a prática de alguns minutos diários é capaz de oferecer. Vale dizer que muitos deles possuem comprovação científica, tanto é que especialistas têm recomendado a meditação para seus pacientes.

  • Redução do estresse;
  • Controle da ansiedade;
  • Melhora na saúde emocional;
  • Autoconhecimento;
  • Fortalecimento da capacidade de manter a atenção focada;
  • Pode ajudar a reduzir a perda de memória causada pela idade;
  • Aumento de sentimentos positivos;
  • Auxilia no combate de vícios;
  • Melhora o sono;
  • Ajuda a diminuir dores;
  • Pode reduzir a pressão sanguínea;
  • É uma atividade gratuita e que pode ser praticada em qualquer lugar.

Viu só quanta coisa boa a meditação pode trazer para a sua vida? Essa é, sem dúvida, uma atividade muito positiva e que é praticada por milhões de pessoas ao redor do mundo, inclusive nomes conhecidos, como: Oprah Winfrey, Warren Buffett, Gisele Bündchen, George Lucas, entre outros.

10 Dicas para aprender a meditar e desfrutar dos benefícios da prática

Acompanhe as dicas a seguir e veja que meditar é mais simples do que parece. Além disso, quanto mais praticar, melhor o processo irá fluir.

1 – Apenas comece

A primeira dica é: apenas comece! Isso mesmo, não fique esperando a sua vida ficar mais calma ou ter mais tempo livre, crie você esse tempo. Se for esperar, talvez nunca consiga começar, porque sempre terá algo que irá considerar mais importante. Tire um momento do seu dia para si, para meditar e relaxar, conforme for sentindo os benefícios a vontade de continuar praticando irá se fortalecer cada vez mais.

2 – Marque um horário para meditar

Tudo aquilo que você deseja realmente realizar precisa ser agendado, senão vem aquele pensamento de “depois eu começo” que já falamos na dica anterior. Por isso, é preciso que defina um horário do seu dia para meditar.

Pense na possibilidade de acordar dez minutos mais cedo para praticar pela manhã ou, talvez, antes de dormir. Se puder fazer nos dois horários, ótimo, pois conseguirá iniciar e encerrar o dia com tranquilidade. Coloque um lembrete no seu celular para não correr o risco de se esquecer.

3 – Comece meditando por 2 minutos

Isso mesmo, você não leu errado, dois minutos é uma boa duração para começar e se familiarizar com a prática. Siga com esse tempo por uma semana, então, aumente mais dois minutos e vá fazendo isso até chegar a dez minutos, o que levará pouco mais de um mês. Permaneça com esse período durante algum tempo e aumente quando sentir necessidade.

4 – Escolha um lugar tranquilo e fique em uma posição confortável

Escolha o local da sua casa em que irá meditar, pode ser na sua cama, na sala, no jardim, onde preferir. O importante é que se mantenha em uma posição confortável e que ninguém te interrompa. Lembre-se de colocar o celular no modo silencioso também. Assim, terá um momento só seu, de conexão interior, em que poderá voltar toda a sua atenção para si.

5 – Comece se concentrando na sua respiração

A respiração é uma parte muito importante dentro da meditação, pois é a função do nosso corpo que mais nos conecta internamente. Depois de encontrar a melhor posição para meditar, mantenha o foco no ar entrando e saindo pelas suas narinas, respirando profundamente.

Caso sinta que sua respiração está agitada, não é preciso forçá-la a ficar lenta. Continue com a atenção voltada a essa função vital do corpo, pois naturalmente ela irá se tornar mais calma.

6 – Se sua mente vagar, traga-a de volta

Durante a meditação, principalmente no início, é natural que a sua mente vá para longe, portanto, não desista ou sinta que não é capaz. Ao perceber isso, apenas traga-a de volta, sem julgamentos ou cobranças, repetindo quantas vezes forem necessárias. Então, recomece o exercício de respiração e continue.

Também é preciso dizer que é natural que se sinta frustrado com essas quebras de concentração. Entretanto, quando esse sentimento surgir, lembre-se que acontece com tudo mundo e que é com a prática que aprenderá a manter a mente cada vez mais focada.

7 – Liberte-se da autocobrança e busca pela perfeição

A meditação tem como principal objetivo promover a paz interior, então, não faz sentido transformá-la em motivo para se cobrar e exigir de si uma perfeição que não é real. A primeira lição que pode ter como objetivo aprender é se liberar da autocobrança e da busca por uma perfeição que, muitas vezes, é inalcançável. Saiba desfrutar do processo, conecte-se com o presente, viva aqueles minutos de meditação na essência.

8 – Observe o comportamento da sua mente

Um dos benefícios da prática meditativa é o autoconhecimento, dessa maneira, aproveite para se observar, acolha os sentimentos que surgirem, mesmo que seja raiva, estresse, ansiedade. Observando, irá se conhecer, entender o motivo de estar se sentindo daquela forma, o que te levará a encontrar meios positivos de contornar suas emoções.

9 – Sinta cada parte do seu corpo

Uma forma bastante interessante de se concentrar no processo meditativo é fazer uma espécie de varredura no seu corpo. Comece pelos pés, direcionando toda sua atenção a eles. Então, vá subindo devagar, sentindo as canelas, as panturrilhas e assim por diante, até chegar à cabeça.

Essa é uma forma simples e muito poderosa de se conectar consigo mesmo e com o seu corpo. Use quando for meditar e, também, quando quiser controlar sentimentos como estresse, raiva, ansiedade. Em poucos minutos o que estava te afligindo terá perdido o poder sobre você e se sentirá muito melhor.

10 – Experimente a meditação guiada

Uma opção bastante interessante para quem deseja iniciar a prática da meditação, mas se sente um pouco perdido, são os áudios de meditação guiada. Neles, uma voz suave sugere o que deve fazer, como se posicionar, a forma de respirar, no que focar o pensamento e assim por diante.

Você pode começar com a meditação guiada para se familiarizar com a prática, até que se sinta confortável para meditar sozinho. Existem canais no YouTube com esse tipo de conteúdo, além de pessoas que fazem lives em outras redes sociais, como o Instagram, em que os seguidores acompanham e meditam simultaneamente, cada um em sua casa.

7 Frases sobre meditação e o poder da prática

Agora que conheceu um pouco melhor a meditação e conferiu as dez dicas para te ensinar a meditar, veja as frases a seguir e saiba mais sobre o poder dessa prática milenar.

1 – “Os sentimentos vêm e vão como nuvens em um céu ventoso. A respiração consciente é minha âncora.” – Thich Nhat Hahn, monge vietnamita.

2 – “Para entender o incomensurável, a mente deve estar extraordinariamente quieta.” – Jiddu Krishnamurti, filósofo indiano.

3 – “A meditação é como uma academia em que você desenvolve os poderosos músculos mentais da calma e do insight.” – Ajahn Brahm, monge britânico.

4 – “Devemos experimentar a verdade de forma direta, prática e real. Isso só é possível na quietude e no silêncio da mente por meio da meditação.” – Samael Aun Weor, escritor colombiano.

5 – “Meditação e concentração são o caminho para uma vida de serenidade.” – Baba Ram Dass, psicólogo norte americano.

6 – “Quanto mais regularmente e mais profundamente você medita, mais cedo se verá agindo através de um centro de paz.” – J. Donald Walters, espiritualista romeno.

7 – “A meditação é uma maneira de nutrir e florescer a divindade que existe dentro de você.” – Amit Ray, mestre espiritual indiano.

Vale dizer que a meditação não precisa ser praticada com um viés religioso, pessoas de todas as crenças podem e devem meditar como uma forma de buscar o equilíbrio emocional e a paz interior.

Pronto para começar a praticar? Aproveite para incentivar outras pessoas, compartilhando este artigo em suas redes sociais!

 



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010