Definindo Políticas de Recursos Humanos

As relações sociais sempre foram objeto de estudo de vários pensadores e sociólogos. Tentar entender a interação do homem com os seus semelhantes é algo de grande complexidade. Com os avanços sociais e a compreensão de que o colaborador é fator primordial de qualquer negócio, surgem políticas e diretrizes que visam proteger e dar subsídios para que os profissionais possam realizar suas atribuições da melhor forma possível.

O setor de Recursos Humanos existe para dialogar constantemente com os colaboradores da empresa, sempre entendendo quais são as necessidades destes profissionais e visando contribuir com o crescimento da organização. Para que esta tarefa seja realizada com êxito, é preciso definir políticas de recursos humanos.

Preencha AGORA o formulário para descobrir!

Retenção de Talentos

Na hora de contratar um profissional para fazer parte do quadro de colaboradores de uma empresa, é preciso analisar e verificar se ele tem o perfil que se enquadra dentro das políticas da organização. E isso transcende o momento da entrevista. É necessário fazer uma análise criteriosa e acompanhar a desenvoltura do candidato na hora dos testes e atividades em grupo.

Enfatizamos que é importante que seja feito todo um acompanhamento do setor de recursos humanos, mesmo após a contratação. Desta forma, será possível verificar o desempenho do profissional no momento de executar determinadas funções e se realmente ele corresponde ao perfil pretendido pela empresa.

Não podemos esquecer que nos primeiros dias o novo colaborador deverá passar por treinamentos e vivências que o tornem apto a realizar suas atribuições.

Mas, não adianta contratar a pessoa certa e não conseguir retê-la dentro da organização. Muitos jovens talentos acabam saindo das empresas quando percebem que a configuração organizacional e hierárquica não irá proporcionar realmente o crescimento que ele esperava.

Reter talentos é uma missão na qual empresas de todo Brasil estão sentindo dificuldades. Isso por que, os profissionais mais jovens que acabam de ingressar no mercado de trabalho são muito ansiosos por resultados, promoção de cargos e inexperientes para lidar com dificuldades.

Muitos desistem no meio do caminho e partem para outra empresa, acreditando que o problema estava na organização.

Essa geração mais jovem é conhecida como geração Y, conceito da sociologia que se entre as pessoas nascidas entre a década de 80 e década de 90.

Para solucionar este problema, existem políticas de recursos humanos que incentivem os colaboradores a se sentirem confortáveis e em sintonia com a missão e a cultura da empresa.

Você é uma pessoa feliz? Quer uma ajuda pra descobrir?
Acesse nosso Termômetro e descubra como anda sua Felicidade!

Incentivos para os colaboradores

Dentro da política de gestão de recursos humanos sugerimos as seguintes adoções:

• Salário condizente com o pago pelo mercado
• Treinamentos e capacitações regulares
• Bonificação por desempenho
• Análises que privilegiem com base na meritocracia
• Promoção de cargo quando o colaborador atingir suas metas e provar que está em perfeita comunhão de ideais com a empresa
• Dar suporte e feedback contínuos
• Oferecer desafios e novos projetos
• A empresa precisa estar aberta para ouvir novas sugestões

Essas são algumas das políticas internas que podem ser adotadas pelo setor de RH. Dentro destas políticas enfatizamos a importância do Coaching tanto no treinamento dos colaboradores como na formação da visão gerencial dos diretores. O Coaching é a metodologia ideal para dar suporte a um planejamento onde a valorização das pessoas está em primeiro lugar!

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.


*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010