Qual o principal papel de um gestor organizacional

Gestor Organizacional Conheça o principal papel de um gestor organizacional.

A hierarquia de uma empresa consiste em uma série de profissionais distribuídos em diferentes cargos, sendo que alguns são líderes dos outros. Quanto maior a empresa, mais complexa é a sua rede hierárquica, o que demanda cada vez mais a postura eficaz dos seus líderes.

Para muitas pessoas, este cargo é sinal de ascensão profissional. Para outras, é sinal de uma grande responsabilidade. E qual é o cargo? Gestor organizacional. Mas afinal de contas, você sabe o que faz um gestor? Quais são as responsabilidades deste profissional? Continue a leitura e saiba mais!

O que faz um gestor organizacional? 

Os gestores das organizações são os líderes de determinados projetos, equipes, áreas ou departamentos. São profissionais que coordenam outros profissionais e que, por conta disso, possuem uma série de responsabilidades inerentes ao grupo de que estão à frente, tais como:

  • Determinar metas e objetivos;
  • Organizar e dirigir as atividades das equipes;
  • Delegar funções e distribuir tarefas;
  • Prestar auxílio e tirar dúvidas;
  • Corrigir as falhas;
  • Controlar e avaliar resultados;
  • Dar feedbacks humanizados e construtivos, com sugestões de melhorias;
  • Prover incrementos ao processo, buscando aprimorá-lo de forma contínua;
  • Ouvir as sugestões dos colaboradores antes de tomar decisões;
  • Motivar e engajar os funcionários, promovendo um relacionamento harmônico entre todos.

Todas essas funções são essenciais para os processos de uma empresa, mas a direção pode ser considerada o principal papel de um gestor organizacional. É também um dos maiores desafios na carreira de quem ocupa essa posição, afinal, direcionar pessoas e conduzir processos envolvem outros fatores, como a relação interpessoal e até mesmo a organização estratégica.

Quais são os principais desafios de liderar e direcionar?

Ao analisar todas as tarefas desempenhadas pelo gestor organizacional, será possível identificar que, em praticamente em todas as atividades, esse profissional precisa contar com o auxílio da sua equipe. Muitos profissionais, ao tornarem-se gestores organizacionais, acreditam que esse é um trabalho a ser exercido de maneira solitária, o que não é verdade.

Considerando a criação de um planejamento estratégico empresarial como exemplo, vemos que o gestor depende da expertise técnica e operacional de todos os seus colaboradores para conceber um planejamento que atenda às necessidades da empresa e que seja condizente com a realidade da organização empresarial.

Há uma atividade, contudo, em que a atuação do gestor é de sua exclusividade: a direção. A direção executada pelo gestor permite que ele desenvolva uma ampla visão do negócio e seja capaz de identificar possíveis influências negativas nas atividades da empresa, preparando a sua equipe para reagir da melhor forma possível às situações que estão por vir. Mas o que exatamente significa liderar?

Dirigir é sinônimo de liderar, ser capaz de comunicar-se de forma clara e objetiva, motivar os colaboradores e assisti-los no que for necessário para que desempenhem as suas atividades da melhor forma possível, sempre seguindo os objetivos do departamento e da empresa. A figura do gestor organizacional serve de orientação para que os demais colaboradores sigam desenvolvendo o trabalho da maneira mais proveitosa encontrada, sempre evoluindo como profissionais e seres humanos.

Ao executar essa função de forma satisfatória, o gestor provê celeridade aos processos da empresa, suscita a confiança dos superiores e dos seus colaboradores, evita o dispêndio desnecessário de tempo e dinheiro e ajuda a prever situações indesejadas, promovendo melhorias ao desempenho da empresa em geral.

Portanto, cabe ao gestor organizacional liderar pessoas, conduzir processos de atividades e garantir bons resultados para a instituição.

Qual é a relação entre a gestão organizacional e o coaching?

Por ser uma atividade que envolve pessoas e processos, é importante que o gestor organizacional desenvolva habilidades que contribuam com o seu trabalho. Uma das formas mais eficazes de garantir o desenvolvimento dessas habilidades é o processo de coaching voltado para líderes.

Para que você saiba como o coaching pode ser um aliado nesse processo, é importante compreender em que ele consiste. O coaching é um método de progresso pessoal que permite o desenvolvimento de um conjunto de competências e habilidades, de maneira rápida e eficiente.  Composto por várias técnicas e ferramentas das mais variadas áreas das ciências humanas, o coaching permite que os profissionais progridam e alcancem os seus objetivos em diferentes áreas da vida.

Aos gestores organizacionais, o coaching pode trazer várias contribuições positivas para as suas carreiras, tais como:

  • Inteligência emocional;
  • Gestão do tempo;
  • Organização e planejamento estratégico;
  • Clareza de comunicação;
  • Proatividade;
  • Empatia;
  • Escuta na essência;
  • Rapport;
  • Noções de negociação;
  • Liderança;
  • Disciplina;
  • Foco e concentração;
  • Relações interpessoais melhores;
  • Técnicas motivacionais;
  • Ensino e compartilhamento de saberes;
  • Práticas de avaliação de desempenho e feedback;
  • Redução de turnover;
  • Satisfação e motivação para os colaboradores.

Onde podemos desenvolver esses conhecimentos?

Essas são apenas algumas das muitas habilidades que poderão ser desenvolvidas por meio do coaching. Para saber mais sobre essas e outras contribuições importantes desse método para a sua carreira como gestor organizacional, clique aqui. O IBC é a única escola de coaching no país com a certificação ISO 9001, o que atesta a qualidade das suas formações e a eficácia de sua metodologia.

O Instituto Brasileiro de Coaching apresenta uma série de diferenciais, materiais e metodologias exclusivas, formações diversificadas, sessões de coaching segmentadas por tema e ainda conta com os melhores profissionais do país. Para saber mais sobre o processo e conhecer as vantagens que ele pode proporcionar, entre em contato conosco!

Agora, conte para a gente, ser de luz: como é a sua rotina como gestor organizacional? Quais habilidades você acredita que esse profissional precisa ter? Quais delas você já tem? Quais delas você ainda precisa desenvolver?

Utilize o espaço abaixo para contar a sua experiência e deixar a sua opinião sobre este assunto. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!

Copyright: Por Matej Kastelic – ID da foto stock livre de direitos: 561776362

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63

This will close in 0 seconds