Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas

Treinamento corporativo

Saiba como elaborar um treinamento corporativo.

Em um mercado globalizado onde tudo cresce, se desenvolve e evolui rapidamente, é essencial que as empresas estejam aptas a acompanhar esta dinâmica. Para isso, é preciso contar com o RH a fim de que se mantenha em movimento.

Existe um conceito geral equivocado de que o setor de Recursos Humanos serve apenas para selecionar, contratar, treinar e remunerar os profissionais de uma organização. Mas, a função deste setor vai muito além dessas tarefas. O RH também tem como responsabilidade auxiliar no aumento de performance da corporação.

Essa melhora é obtida através da promoção do desenvolvimento e eficácia na gestão de pessoas para melhor aproveitamento do potencial de cada talento. Assim se maximiza e acelera resultados. Nesse sentido, o método mais efetivo é o treinamento e desenvolvimento de pessoas. 

Trata-se de uma excelente forma de viabilizar a reciclagem de conhecimentos e aprimoramento de habilidades diretamente ligadas às atividades desempenhadas pelo profissional. Dessa forma, o profissional é habilitado a ser mais produtivo, contribuindo mais significativamente para o alcance de metas e objetivos. Continue lendo para saber mais a respeito. 

Estrutura de um Treinamento Corporativo

O treinamento corporativo tem um papel essencial para o desenvolvimento dos colaboradores. Através dessa capacitação, eles desenvolvem tanto suas habilidades técnicas quanto as interpessoais.

É um momento em que há ampla troca entre os profissionais, permitindo a construção de um clima organizacional mais favorável. Confira abaixo as etapas essenciais para elaboração de um treinamento eficaz.

1. Identificação das necessidades

A expressão “tempo é dinheiro” representa bem a importância de ser objetivo e pontual nos treinamentos aplicados em uma organização. Primeiramente, é preciso compreender com clareza a razão pela qual o treino será realizado. Assim, é possível produzir conteúdos, ferramentas e técnicas que solucionem efetivamente a problemática identificada.

Mesmo aqueles treinamentos aplicados para um mesmo objetivo, desenvolver líderes, por exemplo, podem variar suas especificidades de acordo com cada contexto. Cada gestor possui um perfil de liderança, deste modo, a necessidade a ser resolvida de um pode ser totalmente diferente de outro.

Quanto mais preciso e personalizado for o treinamento, maior sua capacidade de acerto e produção de resultados realmente satisfatórios. O ideal é fazer uma análise completa a respeito da problemática a ser solucionada e do público-alvo. 

A partir desse trabalho é possível reunir colaboradores com dificuldades em comum em uma mesma turma. Promover esse contato entre quem está superando uma mesma barreira é determinante para o crescimento de todos. 

2. Construção do treinamento

O treinamento é de extrema relevância para o desenvolvimento dos colaboradores em diferentes esferas. Para as empresas esse investimento representa a possibilidade de se manter competitivo. Quanto mais atualizados estão os membros da equipe, mais facilmente eles irão desenvolver soluções alinhadas com os desejos dos consumidores.

O desenvolvimento da tecnologia acelerou consideravelmente o ritmo das mudanças e, dessa forma, é fundamental buscar constantemente por atualização. Um treinamento eficiente deve se basear nas necessidades da companhia e ter um bom planejamento. Por isso, a organização prévia é essencial.

Para organizar um treinamento é preciso se orientar a partir de dados imprescindíveis, como:

– Objetivo – estado desejado;

– Número de participantes – saber para quantas pessoas ele será aplicado;

– Metodologia – definir qual abordagem será mais efetiva para que os envolvidos se beneficiem;

– Tempo – quanto tempo durará e quais atividades serão realizadas no decorrer do treinamento;

– Dia, hora e local – quando e onde acontecerá;

– Mensuração – como será medida a efetividade do treino, avaliando as reações e feedbacks dos participantes.

Esses itens são essenciais para montar o escopo do projeto de treinamento e desenvolvimento de pessoas. Para que o investimento na atividade tenha retorno é fundamental saber qual é a sua finalidade, como será aplicado e quais são seus objetivos. Um bom planejamento é decisivo para que o investimento tenha o retorno esperado. 

3. Aplicação do treinamento

A aplicação do treinamento requer um profissional capacitado para tal. O ministrante deve ter domínio do tema a ser abordado, amplo entendimento do cenário e do perfil dos profissionais que absorverão os conhecimentos ali aplicados.

Nesse sentido, o Coaching é um excelente método que auxilia o treinador a aplicar seu conteúdo com efetividade. Isso se torna possível partir da geração de rapport, que promove envolvimento, engajamento, interação e comprometimento dos participantes para com os resultados esperados.

Então, é interessante buscar por ministrantes de treinamento que tenham certificação em Coaching. Essa metodologia é poderosa porque se baseia em levar o indivíduo a ter um maior autoconhecimento e compreensão das suas ferramentas e possibilidades.

4. Motivação para aderência ao treinamento

A aderência ao treinamento é mais do que o profissional comparecer à atividade, pois isso é uma obrigatoriedade. Nesse contexto, aderência significa o desejo verdadeiro de mergulhar no treinamento e absorver os conhecimentos que estão sendo transmitidos. Motivar os colaboradores é essencial para que eles se sintam inclinados a fazer mais e melhor.

O ideal é que a empresa tenha o hábito de explicar para os profissionais porque é relevante se manter sempre em aperfeiçoamento. Quando existe a cultura da busca pelo crescimento se torna mais fácil obter a aderência sincera e verdadeira aos processos. As ferramentas somente serão úteis se os envolvidos souberem e quiserem usá-las.

Essa motivação pode ser construída tanto pela divulgação da relevância de se manter na busca pelo conhecimento quanto através de bônus. Os profissionais mais habilitados podem ser recompensados, financeiramente ou por benefícios, de forma que haja o desejo de se tornar mais qualificado. 

A companhia também pode e deve trabalhar com um programa de plano de carreira. Os profissionais devem enxergar a perspectiva de crescer dentro da organização para que se esforcem para se tornarem cada vez mais preparados.

Se existe a possibilidade de conquistar novos horizontes é natural se dedicar mais para as atividades de treinamento em questão. Motivação é fundamental para crescer e procurar novas soluções. 

5. Avaliação dos resultados obtidos

O retorno que o treinamento corporativo proporciona é o principal ponto de interesse para uma empresa. Na maioria dos casos, pode ser identificado em médio e longo prazo, pois exige mudanças de hábitos e comportamentos. Assim os resultados precisam ser mais do que conquistados, devem ser também mantidos. 

Empresas são resultados de pessoas, portanto, se você deseja ter uma organização extraordinária, torne seus profissionais extraordinários. Investir em treinamento é determinante para desenvolver os profissionais tanto no quesito técnico quanto no pessoal. Essa análise dos resultados é importante para entender quais processos estão alcançando os resultados e quais não. 

Gostou deste artigo? Comente e compartilhe o conhecimento com seus amigos nas redes sociais!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63

This will close in 0 seconds