Como a fadiga pode afetar sua vida profissional?

Mulher com fadiga

A fadiga afeta sua vida e carreira, e é mais comum do que imaginamos.

Rotina de vida estressante, inúmeros compromissos, longa jornada de trabalho e de estudo são o caminho para levá-lo ao desgaste da saúde física e mental. Entre os principais efeitos causados pelo desequilíbrio das atividades cotidianas está a fadiga.

Fadiga é uma sensação de indisposição, cansaço e falta de energia que causa esgotamento das capacidades motoras e intelectuais, comprometendo substancialmente a vitalidade.

As suas consequências são variadas, como: queda de produtividade no trabalho, depressão, ansiedade excessiva, alteração brusca de peso, irritabilidade, mau humor, falta de foco e concentração, dificuldade de raciocínio, insônia, entre outros.

Ela também limita totalmente seus resultados e performance profissional. A qualidade de vida também é impactada com falta de vontade para se divertir, bem como a influência negativa nos relacionamentos.

No artigo a seguir você entenderá como a fadiga pode atrapalhar sua vida profissional e verá como evitá-la. 

Preencha AGORA o formulário para descobrir!

Fadiga: como ela pode afetar sua vida profissional?

Ficar cansado após um dia intenso de trabalho é absolutamente normal, no entanto, quando essa sensação ultrapassa os limites do razoável se torna uma ameaça. Pessoas fadigadas podem cometer graves erros que, por sua vez, podem resultar em consequências graves para elas mesmas e para seus colegas. 

Perdas de prazo, queda de qualidade e até mesmo acidentes no ambiente de trabalho podem ser resultado da fadiga. É importante compreender, primeiramente, o que é a fadiga. Trata-se de um estado de esgotamento físico e mental em que o indivíduo perde a capacidade de raciocínio para realizar suas tarefas com segurança. 

Fadiga vai muito além de uma sensação de cansaço e sonolência, pode levar a uma série de sintomas físicos e emocionais. Com o passar do tempo, o profissional pode se tornar mais desatento e ter menos concentração ao realizar suas atividades. Até o que faz parte da rotina pode se tornar extremamente complexo. 

Um profissional fadigado dificilmente consegue se manter em ascensão na carreira profissional. A desatenção e o possível absenteísmo em decorrência de problemas de saúde podem deixá-lo de fora do radar de uma promoção.

Além disso, a fadiga pode gerar forte estresse emocional que impede a plena gestão de seus sentimentos. Em outras palavras, o indivíduo não consegue ter boa inteligência emocional.

A felicidade é imprescindível para o bom desempenho
profissional! Clique aqui, faça nosso “TESTE”
e descubra como anda sua felicidade!

Como saber se estou com fadiga?

O profissional fadigado se sente cansado praticamente o tempo todo e costuma apresentar lapsos de memória e atenção. Um indivíduo que antes tinha grande dedicação e atenção às suas tarefas tende a se tornar mais distraído e menos eficiente quando está sob a influência da fadiga. 

Nos casos de fadiga aguda, é possível reverter o quadro com ajustes ergonômicos, de horas trabalhadas e períodos de descanso. Contudo, quando o problema está na fase crônica se torna mais difícil eliminar a sensação de cansaço apenas com as medidas mencionadas. Nesses casos, é fundamental o acompanhamento por um profissional de saúde mental. 

O mais importante é que, ao identificar que está sofrendo com a fadiga, o indivíduo procure ajuda médica. Reconhecer o problema é o primeiro passo para buscar a melhoria do mesmo. A fadiga pode ser bastante danosa para a produtividade do colaborador e para seu crescimento na carreira. 

Dicas para evitar a fadiga

Não deixe que a fadiga atrapalhe sua vida e carreira. Confira abaixo dicas simples para evitá-la.

1. Sono de qualidade 

Durma bem, com quantidade de horas suficientes para deixá-lo descansado. Antes de repousar-se, faça uma boa higiene do sono, pois ajudará muito. Evite usar o celular a partir de pelo menos uma hora antes de dormir.

A luz branca do aparelho, assim como os estímulos das redes sociais, pode te despertar ao invés de te ajudar a dormir. Uma boa ideia é adotar o hábito da leitura à noite, uma atividade relaxante e que te ajuda a desligar da rotina atribulada. 

2. Alimentação balanceada

Alimente-se de maneira adequada, mantendo uma dieta nutricional balanceada. Evite açúcar, gordura, sal e cafeína em excesso. Prefira frutas, verduras e comidas mais saudáveis. Lembre-se sempre de beber muita água. 

Ao evitar o consumo de alimentos e bebidas com caráter estimulante você melhora suas chances de dormir bem no final do dia. O corpo também passa a trabalhar de forma mais satisfatória e isso te deixa naturalmente mais disposto. 

3. Atividades físicas

Pratique exercícios, além de ajudar a desestressar, ainda estimula a liberação de endorfina, substância natural do organismo responsável pela sensação de prazer e bem-estar. A atividade física contribui para que seu corpo funcione com mais efetividade e evita que a sensação de cansaço se acumule. Na batalha contra a fadiga é fundamental se valer de mecanismos para reduzi-la. 

4. Gestão do tempo

O tempo é irreversível, o bem mais precioso que possuímos. Utilize-o de forma eficaz e consciente, mantendo o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. O ideal é investir na organização das suas atividades, compreendendo que existem prioridades. Tudo o que for urgente (se não for feito irá gerar prejuízo) deve ser colocado no topo da lista.

Procure ainda avaliar como pode organizar as suas atividades de forma que possa realizá-las com o mínimo de perda de tempo entre uma coisa e outra. Aplicativos de agenda com alarmes podem te auxiliar a ser mais organizado. O bom e velho planner de papel também pode ser de grande ajuda. 

5. Lazer

Tenha hobbies, programas que te fazem sentir bem e relaxado. São momentos primordiais para renovar as energias. Não subestime a relevância de algumas horas conversando com seus amigos, por exemplo. Ter um tempo para si mesmo e para atender às suas necessidades pessoais é crucial para ter uma boa saúde mental. 

6. Relacionamentos

Cultive e cuide bem de suas relações familiares, sociais e profissionais. Desfrute inteiramente cada experiência compartilhada com as pessoas que fazem parte de sua vida.

Dedique algum tempo da sua vida a manter e fortalecer os vínculos pessoais, seja com familiares ou com amigos. Ter pessoas que gostam de você à sua volta é imprescindível para que não deixe a fadiga ter efeitos negativos sobre sua rotina. 

Gostou de saber como impedir que a fadiga atrapalhe a sua vida profissional e o crescimento na carreira? Comente abaixo!

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63