A importância do feedback positivo e negativo na empresa

tipos de feedback no trabalho

O feedback é o melhor processo orientador para seus funcionários | Deposit Photos – iqconcept


 
O feedback é considerada a principal ferramenta de medição do desempenho dentro de uma empresa e até mesmo fora dela. A sua aplicação contribui para orientar os funcionários e proporcionar um parecer sobre o seu trabalho. Prática muito comum nas empresas, algumas pessoas ainda o enxergam como o famoso puxão de orelha. No entanto, ele representa uma crítica positiva ou negativa, mas sempre construtiva. O seu objetivo principal é reforçar as qualidades, encontrar formas de lidar com os pontos de melhoria e contribuir para o crescimento profissional do colaborador.

Todo feedback produz retornos e consequências. Desses resultados, podemos tirar a importância de sua aplicação. O retorno diz respeito aos reflexos do aprendizado que essa ferramenta proporciona à consciência do funcionário. Ele saberá exatamente quais pontos precisa mudar e quais precisam de melhorias. Já a consequência, está ligada à motivação do colaborador em desempenhar um bom trabalho a partir da crítica construtiva que recebeu, porque se sentirá reconhecido pelo que faz.

Quando o feedback é negativo, o colaborador será orientado a aplicar as mudanças necessárias porque entenderá que seus superiores estão acompanhando as suas tarefas e se importam com seu desenvolvimento. Essa orientação também é importante para construir uma relação de confiança e apoio mútuo, além de promover as mudanças positivas e desenvolvimento contínuo da empresa.

A importância do feedback

Termo originário do inglês, o feedback diz respeito a uma retroalimentação ou alimentação de retorno. Esse processo é uma forma de comunicação por excelência que visa promover o aprendizado e aprimoramento no ambiente corporativo. Elogios diários ou avaliações de desempenho podem ser citadas para oferecer essa orientação aos colaboradores.

Quando falamos de feedback, estamos falando de sinais que norteiam o comportamento e as atitudes dos profissionais para que eles busquem melhorias contínuas e apostem em oportunidades que os permitam alcançar o crescimento, visto que ele diminui incertezas e ansiedades, se tornando uma atitude que demonstra consideração e respeito pelo ser humano.

Grande parte das nossas reações, nas mais diversas situações do dia a dia, somente são percebidas com a ajuda das pessoas com as quais convivemos. O feedback oferece essa visão aos colaboradores, na medida em que os permite compreender como estão sendo enxergados no ambiente de trabalho. A ferramenta alinha o comportamento do colaborador ao grupo, o que contribui para alcançar melhores resultados.

Por estes e muitos outros motivos, o feedback é visto como uma das ferramentas mais importantes no ambiente de trabalho, pois ajuda colaboradores e empresas a crescerem e se desenvolverem juntos, em parceria, harmonia e união.

Tipos de feedback

Ao contrário do que muitos pensam, o feedback não acontece e não deve acontecer de forma unilateral, ou seja, somente por parte de gestores direcionado a seus colaboradores. Trata-se de uma ferramenta que precisa ser utilizada de forma madura por ambas as partes, ou seja, tanto por líderes, quanto por funcionários, visto que o seu principal objetivo é apontar e reconhecer pontos positivos e de melhoria, que auxiliem no crescimento da organização como um todo.

É importante lembrar que esta avaliação, ou o feedback em si, deve ser feito individualmente e aquele que irá oferecê-lo precisa atentar-se à forma como coloca as informações e opiniões para evitar mal-entendidos.

Confira agora quais são os tipos de feedback e como eles podem ser realizados da melhor maneira possível:

Feedback Positivo

Esse tipo de feedback é o mais aguardado por todos, pois ele exalta os pontos positivos, como um comportamento bom, a resolução eficaz de um problema, o bom andamento das atividades. Ao realizar uma boa avaliação, tanto do gestor quanto do funcionário, você mostrará que observa sua jornada, se preocupa com seu desenvolvimento e principalmente reconhece quando ele faz um bom trabalho, motivando-o diariamente a ser mais eficaz e produtivo.

Feedback Negativo

Apesar da carga negativa, não deixa de ser um feedback necessário, pois mostra os pontos que precisamos melhorar, como um comportamento inadequado ou algo que acaba afetando o nosso desempenho. Ter esse tipo de toque, de quem quer seja, é importante, pois acabamos entendendo melhor quais são os objetivos da empresa e o que ela espera de seus colaboradores. Esse norte contribui para eliminarmos o que há de errado e para que possamos progredir no ambiente corporativo.

Feedback Construtivo

Esse feedback é uma junção dos dois anteriores, pois pode apontar algo que não está adequado, porém, vem junto de uma solução para que o problema seja resolvido. Com esse tipo de feedback, podemos identificar nossos erros e acertos e ainda conseguir soluções e métodos para resolvê-los. Esse é o tipo de feedback mais indicado nas empresas, principalmente com indivíduos que não sabem lidar com comentários negativos. Ao identificar o ponto problemático de uma pessoa e elaborar uma maneira de lidar com ele, você passará mais confiança e proporcionará motivação, ao invés de soar como uma bronca.

Maturidade é fundamental

Não só para dar, como também para receber o feedback, é necessário ter maturidade. Digo isso, pois muitas pessoas acreditam que trata-se de algo simples e acabam utilizando esta ferramenta de maneira equivocada, apontando defeitos e disparando até mesmo ofensas, algo que não auxilia em nada o indivíduo em seu processo de crescimento e desenvolvimento.

Por outro lado, existe também aquela situação em que o feedback é oferecido da maneira que deve ser, ou seja, mostrando os pontos de melhoria e se colocando à disposição para solucioná-los e lidar com eles no dia a dia. Entretanto, a pessoa que o está recebendo, não consegue processá-lo da maneira correta e acaba encarando aquilo como uma ofensa ou como uma bronca e puxão de orelha.

É por isso que enfatizo sobre a necessidade de se levar o feedback com maturidade, respeitando a pessoa que o está recebendo e procurando recebê-lo como uma forma de presente, visto que esta ferramenta visa apenas trazer as melhorias necessárias para que todos se desenvolvam da melhor maneira possível, dentro e fora do ambiente empresarial.

Bons profissionais estão sempre presentes e preocupadas com o desenvolvimento das pessoas ao seu redor, mantendo uma relação estreita com estas. Esse profissional aponta os erros e acertos e, principalmente, auxilia a sua equipe a investir nas melhorias necessárias, reconhecendo o trabalho dela. Como consequência, obtém motivação, aumento de produtividade, bem como mais resultados para a empresa.

Além disso, dar feedback também fará com que o profissional sinta que pertence a um ambiente seguro e de crescimento, onde é recompensado pelas suas ações e usufrui de evolução constante. Ele se sentirá mais orgulhoso de fazer parte desse time. A empresa, por sua vez, diminuirá a rotatividade e contará com uma equipe unida.

Gostou deste artigo? Deixe suas opiniões e sugestões nos comentários e lembre-se de continuar nos acompanhando, tanto aqui, em nossas redes sociais e em nosso canal no Youtube.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010