Como fazer uma carta de apresentação para emprego

Uma carta de apresentação serve como uma introdução para o envio do currículo.

Uma apresentação adequada é capaz de aumentar as chances de que seu currículo se destaque em um processo de seleção. Por isso, o ideal é que você sempre envie uma carta de apresentação para complementar sua candidatura. Este é um documento sucinto, que serve para que você se apresente formalmente à empresa.

A carta de apresentação é seu primeiro contato com a empresa em que você está se candidatando a um emprego e, por isso, ela deve ser elaborada cuidadosamente para garantir uma boa primeira impressão. Faça uma breve apresentação de você e de suas experiências, resumindo sua carreira profissional e citando seus pontos fortes.

O coaching vai te ajudar a ser o melhor profissional que você pode se tornar!
Conheça mais sobre coaching baixando nosso ebook!

A carta de apresentação deve ser elaborada quando o candidato interessado em uma vaga envia o currículo via e-mail ou quando as empresas destinam um espaço para o candidato se apresentar na área do chamado “Trabalhe conosco” ou em sites de empregos. Além disso, tem a função de ajudar no marketing pessoal, uma vez que mostra resumidamente quem é você, destaca algumas experiências e qualidades que podem fazer a diferença na entrevista.

A carta de apresentação tem relevância muito variada nas empresas, algumas ignoram totalmente e para outras pode ser decisiva em uma contratação. Há pessoas que têm muita experiência e dificuldade para selecionar o que destacar em três parágrafos. Outras estão no início da carreira e aí, entusiasmo não falta, mas falta experiência. É preciso equilibrar as informações que serão incluídas nessa carta. Acima de quatro parágrafos vai deixar sua carta muito longa. O ideal seriam três parágrafos.

Em caso de não saber o nome do recrutador, coloque: “prezado recrutador, selecionador ou empregador” no início da carta. No título do e-mail com a carta de apresentação, o ideal é que seja colocado o nome da vaga à qual está se candidatando. E no caso do envio do currículo para futuras vagas, o indicado seria colocar “Assunto: Currículo – Área de Recursos Humanos”.

Como organizar uma carta de apresentação

Uma boa carta de apresentação deve começar com sua apresentação pessoal. Em seguida, ela deve apresentar suas características profissionais e pessoais, de forma que chame a atenção do recrutador. Ao final, lembre-se de colocar seu nome, telefone para contato e um endereço de e-mail.

Como escrever uma carta de apresentação

Primeiro, se você estiver pensando se vale a pena escrever uma carta de apresentação porque empregadores automaticamente ignoram qualquer coisa que leve mais de dois minutos para ler, está errado – e é provavelmente por isso que não conseguiu aquela entrevista que tanto queria.

Seu currículo é cheio de fatos, detalha com clareza sua experiência e como você agregaria valor ao papel.

Sua carta de apresentação, por outro lado, é onde você adiciona cor à experiência. É onde pode exibir sua personalidade e mostrar ao empregador que é mais que um punhado de notas e experiência de trabalho.

Como seu currículo, uma carta de apresentação precisa tratar de maneira muito específica a descrição do trabalho para qual você está se candidatando. Ajuda ter uma cópia dessa descrição e destacar os critérios-chave para o empregador.

No entanto, enquanto seu currículo precisa ser conciso e pontual, a carta de apresentação é sua oportunidade para incluir todas as coisas que você gostaria de ter em seu currículo, aquele conteúdo que você relutantemente deletou para garantir que não estava muito longo.

Aqui está um exemplo do que incluir:

Quem, O quê e Por quê

Abra a carta explicando de maneira clara quem você é, o que faz e por que está se candidatando para aquela vaga.

Quais suas conquistas e por que você acredita ser o candidato adequado

Em seguida, é hora de adicionar cor à experiência. Esse é o corpo de sua carta. Precisa ser um conteúdo cativante e direto – você realmente precisa se vender. Não tenha vergonha de deixar o leitor saber em que você se distingue, quais são suas conquistas pessoais e no que você é realmente bom.

Os critérios destacados na descrição da vaga vão comandar a estrutura aqui. É importante conectar sua experiência com o que o empregador está buscando.

O futuro

Faz sentido terminar sua carta de apresentação com ambições sobre o futuro. Aqui, eu reiteraria por que esse papel em particular lhe entusiasma e por que você merece uma entrevista.

Deixe que saibam que você está ansiosamente esperando para saber mais sobre a oportunidade e deixe seus contatos.

Uma vez que tenha enviado a carta de apresentação, é sempre bom fazer um follow up com uma ligação, uma semana depois.

Dicas para uma carta de apresentação

Confira algumas dicas para elaborar uma carta de apresentação impressionante:

– Jamais deixe de enviar uma carta de apresentação quando ela for solicitada ou em casos de indicação para a vaga;

– Lembre-se de assinar sua carta, deixando seu telefone e um e-mail para contato;

– Caso você saiba o nome do recrutador ou do departamento que receberá seu currículo, coloque no início da carta;

– Lembre-se de colocar o nome da empresa na carta;

– Na hora de falar de suas qualidades e características, cite apenas aquelas que podem ser úteis para a vaga em questão;

– Revise sua carta várias vezes, eliminando erros gramaticais e vocabulário informal;

– Utilize papel branco.

O coaching vai te ajudar a ser o melhor profissional que você pode se tornar!
Conheça mais sobre coaching baixando nosso ebook!

Para quem ainda não tem experiência profissional

Para quem não tem experiência profissional anterior é importante incluir ações de destaque na vida escolar, projetos que possam mostrar sua iniciativa, alguma habilidade que se sinta à vontade para exercer. Por exemplo: ser tesoureira da festa de formatura; arrecadação de roupas de frio para campanha do agasalho, gincanas de conhecimento (matemática, história, português) que tenha participado com alguma expressão, mesmo que internamente na escola. Trabalho voluntário em ONGs e instituições com inserção em movimentos sociais também são bem vistos no mundo corporativo, porque demonstram iniciativa e uma experiência de relacionamento em equipe.

Em caso de indicação de alguém, deve mencionar isso logo no início do e-mail, por exemplo: “Conforme indicação do fulano de tal”. Se o amigo pedir para não falar no nome dele, o candidato pode citar no e-mail que gostaria de se candidatar a uma possível oportunidade na área, e no título do e-mail coloca a área em questão: “vaga na área de marketing”, por exemplo

Envie a sua carta junto com o seu currículo, aproveite da melhor maneira as dicas apresentadas e boa sorte.

Gostou do nosso artigo? Então comente e compartilhe em suas redes sociais.

 

Imagem: ImageFlow / Shutterstock

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010