Importância da Cultura Organizacional de uma Empresa

Cultura organizacional de uma empresa

Krasimira Nevenova / Shutterstock Cada empresa tem sua própria cultura organizacional, e esta é adequada às suas necessidades.

Uma empresa é composta essencialmente por pessoas, e estas são elementos fundamentais, capazes de fazer com que determinada organização seja próspera ou não no mercado em que atua. Por terem importância extremamente significativa no contexto empresarial, é necessário que os colaboradores estejam constantemente alinhados com a missão, visão, e principalmente, com os valores de uma organização, para que assim sejam alcançados bons resultados para ambas as partes.

Assim, hoje o tema que iremos tratar, diz respeito à cultura organizacional de uma empresa, que é algo que baliza as ações de todos os indivíduos envolvidos em seus processos organizacionais. Consiste, basicamente, nas crenças, valores, regras de conduta, morais e éticas, e ainda em princípios e políticas de gestão implantadas pela organização.

Estes elementos evidenciam a importância da cultura organizacional de uma empresa como o alicerce de suas ações e práticas de gestão de pessoas e resultados. Toda empresa, seja qual for seu tamanho, tem sua política organizacional, e ainda que ela não seja clara, é a partir desta cultura que os colaboradores são orientados para a realização de suas tarefas.

Acompanhe-nos nesta leitura e veja de que forma você pode fortalecer suas ações futuras dentro da empresa em que atua.

Cultura Organizacional: o que é e quais seus benefícios?

De uma forma geral, a cultura organizacional está associada aos valores que regem as ações e comportamentos dentro de uma empresa. Com base nestes valores, as pessoas que estão inseridas em determinado contexto empresarial, sejam líderes, gestores, analistas ou estagiários, por exemplo, realizam seu trabalho e contribuem para o crescimento da organização como um todo.

Estes valores, ou podemos chamar também de características, são altamente valorizados pela organização e fazem com que esta se diferencie e se destaque ou não no mercado em que atua, pois através deles, é possível que uma empresa alcance seus objetivos e obtenha os resultados que almeja para o seu sucesso.

Nesse contexto, uma cultura organizacional que seja positiva, que procure elevar não só aqueles que ocupam cargos de alto escalão, mas todos que fazem parte da empresa, que seja focada em pessoas e em resultados, entre outras características, só tende a trazer inúmeros benefícios para a organização, sendo o principal deles, que ela se mantenha ativa e se perpetue no mercado, destacando-se de forma expressiva perante seus concorrentes.

Valores e características fundamentais

A todo momento estamos falando dos valores e características ideais para que uma cultura organizacional seja positiva e gere também resultados positivos para uma empresa. Veja quais são eles a seguir:

Capacidade de inovar e assumir riscos

Se uma empresa incentiva seus colaboradores a potencializarem a sua criatividade, contribuindo constantemente com ideias inovadoras, que farão com esta mesma empresa cresça e alcance o sucesso, esta tem uma cultura organizacional bem alicerçada.

Além disso, se dentro desta organização os colaboradores também são incentivados a não terem medo de correr riscos, apostando sempre em suas ideias e ideais e comprometendo-se a fazer de tudo para colocá-las em prática, trata-se de um lugar que mostra a seus funcionários que vale a pena construir carreira.

Foco no resultado

É claro que toda empresa necessita de processos bem definidos, para que todos saibam como cada atividade interna é desenvolvida, afinal, todos precisamos de organização para realizarmos um bom trabalho. Entretanto, se uma ação bem estruturada não tem gerado bons resultados para a empresa, é necessário repensá-la.

Assim, a organização que foca, principalmente nos resultados, e faz com que seus colaboradores sejam orientadores neste sentido, tem também uma cultura organizacional bem desenvolvida.

Foco no capital humano

Além de fazer com que seus colaboradores sejam orientados aos resultados, uma empresa que deseja ter uma cultura organizacional bem desenvolvida também precisa focar e valorizar o seu capital humano. Isso porque sabe que é através das pessoas que os processo se desenrolam bem no decorrer dos dias e que os objetivos são alcançados.

Trabalho em equipe

Dar atenção à forma como cada colaborador se desenvolve individualmente, bem como às suas necessidades, é papel de toda organização que deseja se destacar no mercado e, como dissemos anteriormente, que valoriza o seu capital humano.

Mas mais do que pensar no individual, é importante pensar também no trabalho em equipe, uma vez que as pessoas tendo consciência de que juntas podem chegar mais longe,  as chances de sucesso para todos os envolvidos nos processos organizacionais são bem maiores

O Papel do Líder na Cultura Organizacional

O líder é o principal fomentador da cultura organizacional de uma empresa, uma vez que está em contato direto com os stakeholders e é um dos grandes responsáveis por transmitir a estes os preceitos, visões e os valores da empresa. Esta orientação permite direcionar e condicionar os comportamentos dos colaboradores, para que sua conduta dentro da organização seja condizente com o que é considerado ideal.

Dessa maneira, o papel do líder é do que conduzir as equipes trabalho no sentido de orientá-las ao alcance dos resultados que a empresa almeja, mas sem esquecer de que é necessário valorizar cada um dos colaboradores que contribui com este objetivo.

Quando a cultura é desorganizacional

A cultura organizacional também previne e pode ajudar a resolver conflitos internos, já que apoia na gestão efetiva do capital humano, na resolução e dissolução de problemas interpessoais, além de mostrar para a sociedade quais são os valores, as visões e crenças seguidas pela organização.

Por outro lado, se a cultura organizacional, não estiver clara, e contiver elementos que impossibilitem o crescimento dos colaboradores e da empresa, se transforma em um obstáculo para o desenvolvimento sistêmico e deve ser urgentemente revista.

Quando falamos em obstáculos, estamos falando em um ambiente que está longe de ser saudável, onde existe fofoca, onde um colaborador é estimulado a puxar o tapete do outro e vê-lo como um concorrente e não um aliado, em que gestores agem mais como chefes e menos como líderes, entre outras características, que contribuem para que seja disseminada uma cultura desorganizacional, ou seja, que trará mais prejuízos ao invés de benefícios.

Como desenvolver uma Cultura Organizacional Positiva

Confira abaixo alguns elementos que estimulam a cultura de alta performance na empresa:

Critérios de recrutamento

Para construir um time bem estruturado e adequado à cultura da empresa é preciso contratar as pessoas certas. Portanto, a cultura organizacional se inicia nos processos seletivos, onde o recrutador irá identificar, com o auxílio de ferramentas efetivas, como o Coaching Assessment, por exemplo, quais os talentos que atendem o perfil cultural da empresa.

Integração e Comunicação

O alinhamento de informação entre os colaboradores é primordial para se estimular uma conduta comum a todos. Compartilhe os pilares que sustentam a cultura organizacional, por exemplo: “nunca deixar que o cliente vá embora sem ter seu problema solucionado”. Este é um tipo de pilar que orienta como os profissionais devem agir quando estiverem em contato com o público da marca.

Outra estratégia efetiva é criar o manual do colaborador para que novos funcionários possam se contextualizar, como ler e relembrar as regras quando for necessário.

Clareza de objetivos

Quando o profissional compreende a finalidade das regras que regem a cultura da empresa, ele tende a ficar mais disposto a colocá-las em prática. Esclareça os objetivos da empresa para seu time e explique porque se comportar de maneira congruente com a cultura organizacional pode melhorar seu desempenho e resultados individuais e da organização como um todo.

Desenvolvimento Contínuo

Uma cultura organizacional de alta performance estimula seus colaboradores a novos aprendizados, proporciona abertura para novas ideias e promove maior participação e envolvimento de todos, consequentemente desperta-se o senso de pertencimento, autonomia, visão empreendedora, pró-atividade, comprometimento, entre muitas outras competências que colaboram para o alcance de resultados extraordinários. Cada talento possui um potencial infinito, basta obter ferramentas de gestão apropriadas para maximizar a capacidade de desempenho individual ou coletivo.

Coaching no desenvolvimento da Cultura Organizacional

Como uma ferramenta altamente focada no desenvolvimento de liderança eficaz e na gestão eficiente de pessoas, o Coaching pode auxiliar os mais diversos tipos de organizações, independentemente de seu porte ou segmento, a desenvolverem uma cultura organizacional que traga resultados cada vez mais positivos às empresas.

Por de treinamentos, acompanhamento e orientação de líderes e colaboradores, feedbacks assertivos, entre muitas outras ferramentas, o Coaching potencializa e acelera ainda mais os resultados esperados. Trata-se de um investimento, que em pouco tempo ajudará a empresa a alcançar os objetivos planejados.

Contar com os mais diversos tipos de auxílio para desenvolver uma cultura organizacional que ofereça qualidade de vida no trabalho a todos os colaboradores, sejam eles gestores ou não, é algo que todas as empresas devem buscar, caso desejem se destacar perante seus concorrentes.

Gostou deste artigo? A sua empresa conta com uma cultura organizacional positiva ou ela está mais desorganizacional? Deixe o seu comentário e lembre-se de compartilhar este conteúdo com seus amigos em suas redes sociais.

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010