A amizade no ambiente de trabalho nos torna profissionais mais realizados

Amizade no Ambiente de Trabalho

Veja os pontos Positivos e Negativos da Amizade no Ambiente de Trabalho.

 

Tem uma canção que diz “ter um amigo, na vida é tão bom ter amigos”. E realmente é maravilhoso poder contar com pessoas que possuem esse incrível sentimento de amizade por nós. Amizade é sinônimo de simpatia, apreço e afeição. Pessoas amigas são aquelas que possuem respeito, confiança, admiração, lealdade e torcem pelo sucesso uns dos outros. 

Em todo lugar podemos conhecer pessoas que podem se tornar nossas amigas; na faculdade, na escola, em uma reunião com outros amigos e, até mesmo, no ambiente de trabalho. Todas as características que uma pessoa amiga possui são importantes para criar uma equipe de trabalho unida e eficiente. 

É fundamental e saudável que as organizações incentivem a socialização entre seus profissionais. Um ambiente de trabalho com relações de amizade proporciona o alcance de resultados satisfatórios. Além disso, pessoas que criam relações de amizade com colegas de trabalho se importam mais com a organização e se sentem motivadas a trabalhar.

Continue lendo para entender como a amizade com colegas de trabalho contribui para melhorar os resultados profissionais. 

Comece a ter o

Destaque

que você merece!

Preencha os campos abaixo para receber o e-book.

 

O que a amizade no trabalho representa?

Antes de qualquer coisa, é importante esclarecer no que consiste uma amizade no ambiente profissional. No dia a dia de trabalho, é necessário interagir socialmente com os colegas para tomar decisões, realizar projetos entre outros. Contudo, essas relações podem se estender para além desses simples contatos casuais. Algumas pessoas descobrem num colega de trabalho um verdadeiro amigo.

Um amigo é alguém para quem se pode pedir conselhos, falar sobre suas questões e inseguranças. Reflita sobre as suas relações com seus colegas e tente entender se com algum deles você consegue elaborar mais do que apenas a troca de algumas palavras básicas.

Tem alguém em que você confia de verdade e para quem abre parte da sua vida pessoal? Se sim, saiba que você tem um amigo no ambiente de trabalho. Contudo, é essencial ressaltar que pelo fato de a amizade estar no ambiente profissional é fundamental observar alguns limites.

Deve existir limite entre o profissional e o pessoal para que a relação não interfira no trabalho. Também deve haver a compreensão plena da diferença entre lealdade saudável e a quebra de regras para proteger erros do amigo. Amigos que trabalham juntos devem ter abertura no âmbito pessoal para trocar ideias sobre seus problemas. 

 

Desenvolva um ambiente de trabalho saudável através da liderança!
Acesse gratuitamente meu ebook “Leader Coach” e conquiste novos objetivos!

Benefícios da amizade no ambiente de trabalho

Ter um amigo no ambiente de trabalho pode representar mais motivação para realizar suas atividades. Também ajuda a tornar o profissional mais seguro para enfrentar desafios. Confira a seguir alguns benefícios de ter amigos no ambiente de trabalho.

1. Aumento da produtividade

Ao contrário do que alguns pensam, a amizade no ambiente de trabalho pode potencializar a produtividade. Ter alguém em que se confia no ambiente corporativo ajuda a tornar o clima mais leve aumentando assim a motivação para realizar suas tarefas. O fato de saber que se tem o apoio de alguém querido torna mais fácil passar pelas dificuldades.

Além disso, os laços de amizade contribuem para que haja maior cumplicidade entre os profissionais e, consequentemente, maior apoio. Os colaboradores que são amigos pessoais certamente se ajudarão mais em suas tarefas, alcançando melhores resultados.

2. Maior engajamento

As relações sociais entre os colaboradores têm grande impacto nos resultados que serão obtidos. A amizade aumenta o entrosamento entre os profissionais e isso leva a um maior engajamento com as atividades que precisam ser realizadas.

As pessoas tendem a se animar mais com tarefas que serão realizadas com amigos. O bom clima entre os profissionais amigos também ajuda a tornar os feedbacks mais leves. 

3. Estabilidade emocional

O dia a dia de trabalho pode ser bastante estressante, por isso ter amizades é importante. Boas relações no ambiente corporativo deixam as dificuldades mais leves e permitem enfrentar situações complexas com mais inteligência emocional.

O simples fato de saber que não se está sozinho tem um reflexo bastante positivo para a saúde mental dos colaboradores. As amizades ainda ajudam a reduzir aquela impressão ruim de que há uma competição feroz entre os colaboradores.

4. Apoio emocional

Sabe quando aquele projeto importante não dá certo? Ou quando um cliente importante demora para responder? Essas são apenas alguns exemplos de situações tensas que fazem parte do cotidiano de trabalho.

Nem sempre é fácil enfrentar essas situações sem se afetar emocionalmente. Se existe a figura de um amigo tudo fica mais simples, pois você sabe que tem alguém pronto para te ouvir se for necessário.

5. Interações saudáveis

Empresas cujos funcionários são amigos tendem a se tornar ambientes muito mais saudáveis. A amizade contribui para promover interações mais positivas entre os profissionais e isso leva a criação de um clima organizacional mais leve. 

Para as pessoas o local de trabalho se torna um ambiente seguro e no qual elas gostam de estar. Para a companhia isso cria laços mais fortes entre os profissionais que entregam resultados ainda melhores. 

6. Conhecimento profundo dos colegas

Estar em uma equipe em que se conhece bem os colegas é importante para entender como cada um pode contribuir para o sucesso. Ao desenvolver uma amizade é mais simples entender quais são as dificuldades e limitações dos outros membros da equipe. Se existe amizade na equação os colaboradores tendem a não se importar de ajudar a suprir essas necessidades. 

7. Redução do absenteísmo

Ter amigos no trabalho ajuda a manter os profissionais mais motivados. Essa motivação contribui para potencializar tanto os bons resultados quanto a boa saúde dos profissionais. Pessoas que se sentem menos estressadas no ambiente corporativo tendem a desenvolver menos doenças que podem levar a dias afastadas do trabalho. 

A redução do absenteísmo é determinante para aumentar a produtividade e manter os colaboradores inteirados do que está sendo produzido. A amizade é mais do que um incentivo, é um fator que promove o desejo mais intenso de trabalhar mais e melhor. 

Amizade no trabalho: saiba como mantê-la na medida certa

A amizade no ambiente de trabalho é saudável e benéfica para a organização empresarial quando esta é acompanhada pelo profissionalismo exigido em tais locais. Equilibrar as questões profissionais com as amizades requer maturidade por parte dos envolvidos. Para elucidar melhor esta questão, elaboramos os tópicos a seguir. Vamos lá?

1. Profissional x pessoal

Uma pausa, o horário de almoço e demais momentos de descontração, que são primordiais para o bom desempenho na carreira, podem ser destinados à amizade. Contudo, existem também momentos onde é necessário agir com profissionalismo. Momentos em que é necessário ser crítico ou ser mais incisivo, discutir ideias que vão levar melhores resultados a todos. 

Nesse quesito, entra a forma de conversar e saber debater os pontos que estão em conflito. Aproveite a afinidade com seus colegas e dê feedbacks construtivos, saiba ouvir e esteja preparado para receber eventuais críticas. 

O bom profissional e amigo é aquele que sabe separar as questões pessoais das profissionais para não prejudicar nem a empresa, nem a si mesmo e nem às pessoas ao seu redor. Lembre-se sempre que todos estão no mesmo barco, rumo a um objetivo maior – o sucesso da organização.

2. Amizade é elo e não escudo

Ter um amigo no ambiente de trabalho significa ter uma pessoa querida, alguém com quem você pode contar em situações mais delicadas. Muitas vezes, porém, a amizade é usada como escudo para se proteger das consequências dos atos – sobretudo, os negativos. É necessário entender que a amizade não é motivo para encobrir erros dos colegas, nem pedir que eles façam isso por você. 

Atitudes assim prejudicam todos os envolvidos e também as equipes de trabalho. A lealdade saudável é aquela que impulsiona os envolvidos, que podem contar uns com os outros não só para elogiar, mas também para fazer críticas honestas e construtivas. Pedir para um amigo bater o ponto para você ou para fazer algo que viola as normas da empresa não é um ato de amizade.

3. Atenção com os grupos fechados

Quando temos amigos no ambiente de trabalho, existe o risco de nos fecharmos em um grupo específico de convivência, isso pode ser prejudicial à equipe. É importante saber diferenciar as preferências pessoais do coleguismo profissional. Isso quer dizer que, independente da sua afinidade com uma ou outra pessoa a nível pessoal, existem outros colegas que trabalham em conjunto na organização.

Esses colegas devem ser respeitados e nunca excluídos de tarefas onde serão úteis, ou deixados de lado em assuntos que são pertinentes a eles. O respeito e o profissionalismo são fundamentais. Tome cuidado para não tomar decisões entre os seus amigos sem comunicar aos seus gestores. 

Evite também ter atitudes que excluem os demais colegas das atividades ligadas à organização empresarial. A criação das famosas “panelas” costuma ser mal vista por parte da empresa ou até pelos superiores, criando uma imagem ruim dos seus envolvidos. Tenha amizade, mas evite os grupos muito fechados!

4. Evite se expor demais

Além de saber separar o pessoal do profissional, escolhendo bem os assuntos e a forma de conversar no ambiente de trabalho, é muito importante tomar cuidado com a profundidade das informações passadas para os colegas. 

Grandes amizades podem surgir em uma empresa, mas, em um primeiro momento, vale a pena ser mais comedido. Não passe tantas informações para os outros, especialmente sobre questões delicadas da sua vida pessoal. Guarde os pontos particulares para outro momento ou para outro grupo de amigos.

5. Esteja aberto, mas preparado

Criar amizades na empresa pode ser uma tarefa complicada no início, por isso é muito importante se mostrar aberto a essas possibilidades. Seja uma pessoa aberta, confiável, profissional e responsável, mas sem perder o bom humor e a disposição de ajudar o outro. Isso mostrará para os colegas que ali existe a oportunidade de encontrar um bom amigo durante a jornada. 

Na contramão, vale estar sempre preparado para resolver possíveis conflitos, enfrentar discussões e eventualmente perda de algumas amizades. Especialmente em grandes empresas, é natural encontrar problemas de afinidade ou ver relações se perdendo no caminho conforme o seu crescimento acontece.

6. Saiba diferenciar amizade de interesse

Infelizmente, nem todo mundo se aproxima dos colegas de trabalho com boa intenção. Por isso, como mencionamos acima, é imprescindível ir com calma na construção da amizade.

Primeiro, conheça bem a outra pessoa para entender se ela está se aproximando por desejo de construir uma amizade ou porque tem algum interesse. Você pode perceber isso através da observação de coisas simples. Esse amigo de trabalho costuma conversar com você somente quando precisa de algo?

Quando você precisa de ajuda esse amigo se dispõe a te ajudar ou simplesmente some? A forma como a pessoa age é capaz de falar mais alto do que mil palavras. É importante olhar com atenção para isso de forma a reduzir o contato com pessoas que se comportam como interesseiras. Quem não te ajuda e nem agrega não deve fazer parte da sua vida. 

Reflita!

Fazer amigos no ambiente de trabalho é benéfico a todas as partes. Sendo assim, cultive sempre relacionamentos saudáveis, maduros e que o levarão à realização pessoal e profissional. Não se esqueça dos assuntos abordados acima e procure se moldar de acordo para encontrar bons companheiros e amigos, sem esquecer o profissionalismo e o bem comum: atingir o sucesso da empresa.

Equilíbrio é a palavra chave para desenvolver relações positivas e que podem agregar também na sua vida pessoal. Entenda que ser amigo não significa passar por cima das questões profissionais para proteger o outro, mas sim estar pronto para lhe estender a mão. Boas amizades podem se tornar excelentes parcerias profissionais, algo que traz bons resultados para a companhia e para os envolvidos. 

Agora, conte pra gente: qual é a sua opinião sobre amizades no ambiente de trabalho? Você tem casos de sucesso para compartilhar com os demais leitores desta página?

Use o espaço abaixo para nos contar a sua experiência e a sua opinião sobre o assunto. Se este conteúdo te ajudou de forma positiva, compartilhe-o em suas redes sociais!

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.

Copyright:1032426319 – https://www.shutterstock.com/pt/g/fizkes

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63