Indicadores de Recrutamento e Seleção – O que são e como analisar?

Processo de recrutamento e seleção

Vjea os indicadores de recrutamento e seleção mais relevantes.

Sua empresa está sendo eficiente nas contratações de colaboradores? Para responder a essa pergunta com segurança, é interessante utilizar indicadores de recrutamento e seleção.

A função desses indicadores é fornecer dados que serão posteriormente analisados para se certificar quanto a essa eficiência. A partir dessas informações, o setor de Recursos Humanos pode avaliar se a estratégia utilizada está sendo bem-sucedida.

Preencha AGORA o formulário para descobrir!

O que são indicadores de recrutamento e seleção?

Os chamados KPIs (Key Performance Indicators ou, em português, indicadores de performance) são utilizados para mensurar o alcance de objetivos. Eles avaliam determinados pontos de uma estratégia de recrutamento e seleção, visando verificar a sua taxa de sucesso.

Neste artigo iremos apresentar os principais indicadores de recrutamento e seleção. Você poderá aplicá-los em sua empresa para averiguar como está o seu processo de contratação. Saiba mais sobre os indicadores e como analisá-los para chegar a respostas a respeito do seu processo de contratação.

Conheça os principais indicadores de recrutamento e seleção

Veja, a seguir, quais são os indicadores de recrutamento e seleção mais relevantes. Mas, antes, devemos ressaltar que cada realidade corporativa se adapta melhor a diferentes indicadores. Portanto, analise considerando o contexto da sua companhia quais são os indicadores mais interessantes.

1. Indicador de aderência ao perfil corporativo

Esse indicador se baseia na compatibilidade do colaborador com o perfil da sua companhia. Estabeleça uma forma metrificada para identificar essa compatibilidade. Lembrando que não existe somente uma resposta, cada empresa tem critérios distintos para delinear tal aderência. Dentre esses critérios, podem estar: uma habilidade específica, um determinado curso, adaptação a um aspecto organizacional, entre outros.

Tendo definido tais pontos que indicam aderência, é essencial investigar quão aderente os contratados estão. Você precisará saber qual é a porcentagem de aderência dos selecionados no fim do processo de contratação. Isso permitirá identificar se a empresa está encontrando e efetivando perfis alinhados com sua cultura.

2. Indicador de diversidade

Antes de qualquer coisa, é essencial definir o conceito de diversidade para a sua companhia. Determine um foco para mensurar a diversidade, pode ser situação socioeconômica, gênero, portadores de deficiências, faixa etária, entre outros.

Com essa definição do que é diversidade para a sua empresa, fica mais fácil verificar se as contratações estão atendendo esse indicador. Estabeleça métricas para verificar o quanto sua companhia está atraindo e contratando colaboradores com as características de diversidade.

Para a avaliação desse indicador, é importante analisar a diversidade dos candidatos em cada etapa do funil de contratação. Com essa avaliação mais detalhada, é possível identificar onde estão os gaps de retenção desses indivíduos, se houverem.

3. Indicador de qualidade das contratações

Trata-se de um indicador para avaliar o pós-contratação. A ideia é analisar o quanto os colaboradores contratados apresentam o desempenho esperado em um período X de tempo. Isso permite entender se o perfil trazido para a companhia está alinhado com as necessidades da vaga anunciada.

4. Indicador de efetividade dos canais de divulgação de vagas

Esse é um indicador focado em identificar a eficiência da divulgação das vagas em diferentes canais. O ideal é ter uma métrica para avaliar qual é a porcentagem de candidatos que estão sendo atraídos através de cada canal utilizado. A partir desse indicador, é possível analisar quantos candidatos estão sendo alcançados pelo investimento feito.

5. Indicador de engajamento dos candidatos

Identificar o potencial engajamento dos colaboradores no processo seletivo é bastante importante para analisar a sua qualidade. Os interessados estão desistindo no meio do processo? Por que eles desistem? Em qual etapa a taxa de desistência é maior?

É interessante comparar o número de candidatos de cada etapa com o número de candidatos que o setor de RH gostaria que participasse. Na fase de entrevistas, por exemplo, vale a pena verificar quantos candidatos foram convidados e quantos compareceram. Faça essa avaliação das etapas do processo seletivo para identificar onde se encontra o problema de engajamento.

6. Indicador de satisfação dos envolvidos do processo seletivo

O indicador de satisfação com o processo seletivo deve levar em consideração todos os participantes. Isso inclui os candidatos, os entrevistadores, os gestores dos setores que estão contratando, entre outros. Se os candidatos não se sentirem satisfeitos, sendo contratados ou não, podem se tornar detratores da sua marca.

É crucial garantir que os participantes tenham uma boa experiência ao participar de um processo seletivo na sua empresa. Faça uma avaliação criteriosa antes, durante e depois de o processo ser finalizado.

7. Indicador do custo de contratação

Processos de recrutamento e seleção geram custos para a empresa. Todo processo de contratação tem custos, como o anúncio em sites de emprego, uso de sistemas especializados, realização de dinâmicas de grupo, entre outros.

Para verificar a efetividade do processo seletivo, e assim ter certeza de que foi um bom investimento, é necessário utilizar esse indicador. Essa verificação permitirá identificar como reduzir as despesas e utilizar o valor que sobrar do orçamento para outras atividades da empresa.

Há algumas formas de reduzir esses custos, a sua empresa pode, por exemplo, substituir uma agência de emprego por um software de recrutamento. Também é possível investir na realização de entrevistas online, economizando o tempo dos recrutadores e dos candidatos.

8. Indicador de turnover (rotatividade)

Esse indicador avalia o fluxo de entradas e saídas de colaboradores da sua companhia. A partir dele, é possível verificar se o trabalho de retenção de talentos está sendo efetivo. Quando a taxa de turnover é alta, é sinal de que os profissionais não estão se sentindo engajados a permanecer na organização.

Além disso, alta rotatividade também indica que a sua empresa tem custos mais altos com recrutamento e seleção. Afinal, tem custos significativos envolvidos em realizar novos processos seletivos constantemente. Também é um fator que prejudica o bom andamento dos projetos, pois sempre há colaboradores não familiarizados com o trabalho.

A empresa precisa manter o interesse dos colaboradores em se manter empregados a partir de medidas de fortalecimento da cultura organizacional. Planos de carreira e processos de comunicação interna mais efetivos são determinantes.

Agora você já conhece os principais indicadores de recrutamento e seleção e como utilizá-los. Aproveite para compartilhar suas percepções sobre o assunto abaixo!

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.
José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63