O que é vantagem competitiva e vantagem comparativa?

Homem em um foguete e colegas correndo atras

Entenda a diferença entre vantagem competitiva e vantagem comparativa

No ambiente corporativo, as pessoas precisam encontrar formas de se destacar e alcançar reconhecimento por parte de seus gestores e líderes. Isso acontece especialmente por conta da competitividade no trabalho e por conta da rivalidade natural que existe entre os seres humanos.

As pessoas sentem a necessidade de se destacar no ambiente de trabalho, seja para conseguir uma promoção ou um reconhecimento. As empresas também precisam ser reconhecidas por seu público, pelo mercado de forma geral e ser referência no segmento em que atua. Essa busca por um título de referência no mercado de trabalho ou empresarial é chamada de vantagem competitiva.

Por sua vez, a vantagem comparativa tem a finalidade de explicar as diferenças de produção e comercialização de um produto em países distintos. O desenvolvimento dessa teoria teve como objetivo realizar a análise do custo de oportunidade, isto é, do valor renunciado ao direcionar o foco para uma determinada indústria. Continue lendo para entender melhor os dois conceitos. 

O que é vantagem competitiva?

A vantagem competitiva consiste no diferencial que uma empresa ou pessoa apresenta em relação a seu concorrente — seja pelo nível de esforço, organização, desempenho financeiro ou características econômicas. Quando um cliente dá preferência para sua empresa em vez da concorrente, é um sinal de que você possui vantagem competitiva sobre a concorrência.

A melhor maneira de conquistar vantagem competitiva é por meio de diferenciais que destacam seu negócio e o coloque acima dos seus concorrentes. Mas, em um mercado cada vez mais acirrado, onde a briga pelo cliente e pelo sucesso se torna ainda mais complicada, como conquistar esse espaço e o topo da disputa? Existem algumas formas.

Dicas de como desenvolver vantagem competitiva 

Em primeiro lugar, o empreendedor ou o gestor e sua equipe precisam entender que é preciso considerar algumas características para começar a vencer a briga. Quem quer ter a vantagem precisa, entre outras coisas, procurar manifestar o sentimento de ser sustentável, ou seja, ser aquele que vai suprir a necessidade por um longo tempo. 

Além disso, precisa passar a impressão de que não existe outra empresa como a sua, sendo insubstituível. Nada disso, no entanto, fará sentido se a organização não gerar um valor para o cliente, ou seja, entregar aquilo que ele espera. Também é possível obter vantagem competitiva através de algumas ações bastante comuns no mercado. Veja um pouco sobre elas abaixo e não perca tempo para começar:

1. Conheça seu negócio

Conheça seus recursos, liste suas competências e capacidades para entender o tamanho de seu negócio e até onde pode chegar. Existem modelos e ferramentas que podem ajudar você a ir mais a fundo em seu negócio e enxergar se os recursos que você tem disponível podem ajudar a obter vantagem competitiva. Basicamente, questione-se a respeito do que faria o público consumidor escolher a sua marca em detrimento dos concorrentes. 

2. Estratégia

Trace uma estratégia de foco, que possa ser alcançada. É importante que o objetivo final seja próximo e realista. Assim, você conseguirá direcionar todos os esforços para o sucesso. É interessante fazer projeções, observando a realidade do mercado para entender quais são as chances de efetivação do que foi planejado. 

Caso você não seja o maior ou o mais forte, uma das oportunidades é garantir a vantagem na liderança pelo custo. Sem comprometer o resto de sua empresa, procure diminuir o preço para fazer com que o consumidor comece a enxergar o seu negócio. Nesse caso, é imprescindível trabalhar com parâmetros reais e sempre observando a importância de manter a operacionalidade. 

3. Analise os seus concorrentes 

Procure avaliar minuciosamente seus concorrentes. A análise dos outros competidores é uma prática clássica e, apesar de batida, é claramente eficiente. Quando conhecemos os outros jogadores, saberemos como jogar de uma forma melhor.

Existem, ainda, outras formas de se adquirir a vantagem competitiva. O mais importante é entender que essa é uma posição onde sua empresa poderá conquistar ainda mais e ser referência no mercado. Trabalhe as possibilidades!

O que é vantagem comparativa?

Além dessa questão de competição, existe outra forma de sair na frente. A vantagem comparativa diz respeito à eficiência, à vantagem que uma empresa possui por ser capaz de produzir algo em que ela seja especializada, conseguindo oferecer determinado produto ou serviço de maneira extraordinária, eficiente e vantajosa — especialmente quando comparada a outras marcas do mesmo segmento.

O conceito apareceu pela primeira vez há mais de 200 anos, pelas mãos do inglês David Ricardo em seu livro “The Principles of Political Economy and Taxation”. Na obra, o autor conta uma teoria elaborada ao lado de seu compatriota Adam Smith. 

Eles avaliam a possibilidade de um país de economia inferior se sobressair diante de um maior justamente em cima daquilo que consegue oferecer de melhor em termos econômicos. Se cada país se especializasse em um determinado produto, todos conseguiriam se destacar em algum momento.

O exemplo dado por Ricardo é a uma provável relação entre Portugal e Inglaterra. Ao apresentar que o primeiro país é especialista na produção de vinhos e o segundo é uma potência em tecidos, ambos deveriam focar em suas especialidades e entrar em um acordo de mútuo benefício.

O conceito de vantagem comparativa nos dias atuais 

Podemos aplicar a vantagem comparativa nos dias atuais e para os mercados onde diversas empresas brigam pela liderança em uma relação onde cada uma busque o que tem de melhor. Qual seria a especialidade do seu negócio? Em que produto você consegue ser diferente, único? Esse é o ponto a ser encontrado.

Vale destacar que, no âmbito econômico, a vantagem comparativa é capaz de se transformar em vantagem competitiva. Um gestor que identifica em que sua empresa é a melhor, ou seja, imbatível pela concorrência pode investir mais tempo e recursos nesse item. A ideia é fortalecer aquilo que oferece um lugar de destaque para sua organização.

Conheça as 5 forças de Porter

Ao longo deste artigo ficou claro que é fundamental desenvolver diferenciais para ter vantagens no mercado. A competição está cada vez mais acirrada e desenvolver pontos diferenciais é determinante para o sucesso. Para auxiliar os gestores a determinar de forma mais precisa esses diferenciais, apresentaremos abaixo as cinco forças de Porter.

Essas forças direcionam o desenvolvimento de estratégias focadas no sucesso observando diferentes necessidades do mercado. Afinal, cada empreendimento é um modelo de negócios específico. Vamos conhecer as cinco forças de Porter?  

Rivalidade entre concorrentes

A concorrência está em plena expansão, em um mercado cada vez mais acirrado é fundamental desenvolver diferenciais. Essa postura é decisiva para evitar o fechamento das portas. Busque sempre formas de se sobressair para se manter no jogo.

Poder de negociação com os clientes

A lógica do mercado passou por grandes mudanças nos últimos tempos. Se antes as marcas decidiam o que o cliente iria consumir, atualmente o consumidor tem voz ativa no mercado. Desenvolver poder de negociação com os clientes é imprescindível para se manter com destaque em seu segmento.

Poder de negociação com os fornecedores

Os gestores devem ter um olhar mais atento para os fornecedores de insumos e matérias-primas. Esses fornecedores podem ter um papel decisivo para a competitividade do empreendimento no futuro.

Ameaça de entrada de novos concorrentes

Quando se estabelecer num lugar de destaque no mercado mantenha-se atento, pois o jogo pode constantemente mudar. Novos concorrentes podem entrar no mercado e mudar sua posição de liderança. 

Ameaça de produtos substitutos

Este tópico diz respeito à possibilidade de que novos produtos sejam lançados, tomando o espaço galgado pela sua companhia. Esteja sempre observando os movimentos do mercado. 

O processo de Coaching e o desenvolvimento de vantagens 

Para quem deseja aprimorar esses dois tipos de vantagem, o melhor caminho é o estudo. O Coaching consegue trabalhar de forma eficiente todos esses processos, seja por meio de cursos ou dinâmicas que incentivam o conhecimento.

Se aprimorar e encontrar formas de se sobressair é uma missão desafiadora, mas que compensa no mercado disputado em que vivemos atualmente. Procure esse auxílio para fazer a diferença.

A metodologia de Coaching tem como foco o autoconhecimento e a determinação de metas que devem ser buscadas pelo coachee (cliente). O coach (profissional habilitado para aplicar o processo de Coaching) ajuda o coachee a sair de um ponto A para um ponto B. Ao longo dessa jornada, o coachee se informa mais sobre as ferramentas que já possui de maneira a aprimorar seus resultados.

A partir do conhecimento aprimorado de suas próprias habilidades é possível entender quais são os seus pontos fortes. O foco nesses pontos permite desenvolver vantagem competitiva e comparativa no mercado.

O processo de Coaching pode ser aplicado também a empresas. A dica é procurar pela orientação de um coach com a devida formação para te ajudar nessa caminhada de crescimento pessoal e profissional. 

Caso você tenha alguma informação para contribuir sobre as vantagens comparativa e competitiva, utilize o espaço abaixo para deixar seu comentário e sua análise sobre o tema.

Aproveite também para divulgar o assunto para mais pessoas compartilhando este artigo em suas redes sociais. Se você possui alguma dúvida ou quer saber mais sobre os benefícios do Coaching e sua ferramenta, não hesite em entrar em contato conosco para descobrir como podemos ajudar!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63