Absenteísmo no Ambiente Corporativo

absenteísmo nas empresas

Absenteísmo – vem do latim absens e significa abster-se ou se afastar e no ambiente corporativo se resume à faltas e atrasos de funcionários

 

Dentro do ambiente corporativo é comum que os profissionais que fazem parte dele, vez ou outra, acabem faltando e sendo impedidos de cumprir suas obrigações, efetivamente a na prática.

Neste sentido, há vários fatores que colaboram para que isso aconteça e que fazem com que haja o crescimento das faltas e do absenteísmo dentro dos mais variados tipos de corporações. Para resolver ou diminuir o problema, primeiramente é preciso identificar o motivo que leva à ausência dos colaboradores.

Neste artigo vamos abordar alguns deles, analisar como resolvê-los, para que assim seja possível evitar prejuízos, não só à empresa, mas a todos os envolvidos nos processos organizacionais.

Convido você a me acompanhar nesta poderosa leitura e conferir as consequências do absenteísmo, para tentar resolvê-los em sua empresa.

Com as ferramentas aplicadas no método Coaching você terá relações cada vez mais produtivas e saudáveis com seus colaboradores. Clique e descubra.

O que é absenteísmo?

Você conhece o absenteísmo? Essa palavra aparentemente complicada vem do latim – “absens” – e significa abster-se, se afastar. Dentro do ambiente corporativo, ela se resume à faltas e atrasos de funcionários, que podem ser justificáveis, como por questões de saúde, familiares, licenças, problemas pessoais, feriados e emendas, ou não justificadas, que são aquelas em que o colaborador não informa os motivos que o levaram a não comparecer à empresa para cumprir seus compromissos e obrigações.

É preciso tomar bastante cuidado e manter-se constantemente atento aos índices de absenteísmo da empresa, pois, caso estes cresçam de forma desordenada, será necessário investigar as causas do problemas, para que assim seja possível tomar as providências necessárias para resolvê-lo.

O que causa o absenteísmo?

Muitas vezes, donos de empresas e gestores costumam pensar que as causas do absenteísmo são apenas de responsabilidade dos colaboradores. Com isso, acabam perdendo a oportunidade de fazer uma análise geral da organização, das relações que são estabelecidas nela, bem como de seus processos, para compreender se a instituição também possui responsabilidade sobre este, que é um dos grandes desafios dos departamentos de Recursos Humanos – RH.

Assim, o primeiro passo para resolver esta situação, é olhar para si, para dentro, no sentido de compreender o que é possível que a empresa faça, para diminuir e até mesmo eliminar os índices de absenteísmo de uma forma geral.

Confira a seguir os motivos que levam ao absenteísmo e como cada um deles pode ser solucionado, para aumentar ainda mais os resultados da empresa como um todo.

Liderança ineficaz

O colaborador precisa de um líder que possa guiá-lo dentro de seu ambiente de trabalho. Quando o mesmo não tem um responsável que seja eficiente na hora de passar as tarefas, as orientações, que não dá feedbacks e não escuta suas necessidades, ele acaba preferindo se ausentar de suas obrigações, sendo um dos motivos para isso, a desmotivação.

Neste caso, é essencial que haja um acompanhamento mais de perto do colaborador, ou seja, quando se perceber que as faltas estão sendo cada vez mais frequentes, é necessário convidar o funcionário ou os funcionários para uma conversa, buscando, junto a ele, entender e encontrar soluções para que ele se sinta motivado novamente a realizar o bom trabalho que se espera dele.

Entendendo que esta desmotivação vem por parte da liderança exercida sobre este colaborador, é fundamental também que se converse com os líderes, com o intuito de elaborar estratégias, para que estes tornem-se cada vez mais eficientes e possam continuar motivando suas equipes, extraindo o melhor que há em cada um.

Clique aqui e conheça as técnicas e ferramentas do Coaching para diminuir o absenteísmo em sua empresa!

Problemas na infraestrutura

Para que uma pessoa consiga produzir bem e com eficácia, é necessário que o ambiente corporativo possa oferecer todas as ferramentas necessárias para que seu trabalho seja bem executado, além de ter um ambiente agradável e seguro, que mostre o quanto a empresa se preocupa com o bem-estar de seus colaboradores. Sem isso, a corporação dá margem para o crescimento do absenteísmo.

Assim, é fundamental ter uma equipe atenta à questões de higiene, de olho nos equipamentos, e na estrutura da empresa como um todo, para que assim sejam implementadas melhorias constantes em prol do bem-estar dos colaboradores de uma forma geral.

Clima desfavorável

Ambientes hostis, conflitos internos e pessoas tóxicas podem acabar afetando os demais colaboradores. Quando o clima de sua empresa se torna pesado, os funcionários ficam desmotivados e com tensão emocional, tornando seu trabalho improdutivo e cansativo.

Além do mais, a desmotivação pode acabar trazendo problemas de saúde para os trabalhadores, fazendo com que os mesmos acabem doentes e se ausentando por diversos motivos, inclusive, doenças ocupacionais.

Sendo assim, uma das melhores formas de resolver situações como estas é fazer uma pesquisa de clima organizacional e em seguida, com base nas informações obtidas, dos próprios colaboradores, oferecer treinamentos e encontros quinzenais ou mensais, que visem a melhoria nos relacionamentos interpessoais dentro da empresa.

Imaturidade corporativa

Há casos em que o funcionário se ausenta da empresa por irresponsabilidade e benefício próprio, afetando o restante da equipe. Com isso, o RH deve ficar de olho em seus funcionários para que casos isolados não influenciem no trabalho dos demais e nem tragam prejuízos financeiros para a empresa.

Além disso, uma outra alternativa é chamar o funcionário para um conversa franca, buscando entender se ainda é possível recuperar o interesse do colaborador ou se a melhor saída é finalizar a relação entre ele e a empresa, para que assim ambos evitem sair prejudicados.

Falta de um plano de carreira

Quando um funcionário trabalha sem saber seu futuro na organização, ele acaba perdendo o interesse por suas tarefas e prefere faltar ao trabalho, uma vez que fica com a sensação de que a corporação não tem um plano traçado para que ele possa crescer lá dentro.

Para isso, é fundamental que a empresa elabore um plano de cargos e salários e deixe que seus colaboradores tenham acesso a este. O objetivo é deixar claro que organização se preocupa com o colaborador, bem como com o seu crescimento o desenvolvimento.

Assim, as chances dos profissionais que fazem parte da empresa sentirem-se motivados novamente e valorizados, uma vez que saberão para onde vão crescer, aumentarão consideravelmente.

Problemas de saúde

Outra situação que causa o absenteísmo, que pode ter a ver com a empresa ou não, são os problemas de saúde pelos quais os profissionais passam. Como eu disse, é comum que, vez ou outra, o colaborador fique doente e tenha que se ausentar de suas obrigações organizacionais.

Trata-se de algo que prejudica o andamento dos processos, dependendo de quanto tempo este fique afastado, mas que, infelizmente, é uma situação a qual todos nós estamos sujeitos, ou seja, ninguém está livre de ficar resfriado, ou mesmo de pegar dengue, entre outras enfermidades.

Neste sentido, o papel da empresa, além de oferecer benefícios como planos de saude e odontologicos, e o de acompanhar este índice de afastamento do colaborador por doença, para que assim seja possível identificar a frequência com que este processo ocorre e se ele está relacionado a algo dentro da organização ou nao.

Caso o motivo do absenteísmo sejam doenças ocupacionais, é essencial que o departamento de RH fique de olho e elabore estratégias eficientes, para analisar o que está causando este problema, no sentido de elaborar estratégias eficientes para diminuir, efetivamente e na prática, tais incidências.

Absenteísmo e suas consequências

A ausência de um colaborador traz complicações para a empresa, principalmente quando o fluxo de atividades é alto. Quando uma pessoa não comparece ao trabalho, gera consequências, não para a organização, mas também para os demais colaboradores, como:

  • Equipe desfalcada;
  • Queda da produtividade;
  • Prazos que acabam se perdendo e a produção se torna ineficaz;
  • Metas e objetivos que deixam de ser cumpridos no prazo determinado;
  • Aumento dos custos para a empresa e os negócios em geral;
  • Insatisfação por parte do clientes;
  • Queda dos lucros;
  • Problemas de relacionamento;
  • Aumento da rotatividade;
  • Prejudica o trabalho em equipe;
  • Sobrecarga e insatisfação de outros profissionais;
  • Desmotivação da equipe;
  • Conflitos internos.

Além destas, existem diversas outras consequências, que podem gerar grandes prejuízos ao negócios e aos demais colaboradores da empresa. Neste sentido, é essencial ficar atento, principalmente quando os índices de absenteísmo crescerem, para que assim seja possível tomar as providências necessárias, antes de que seja muito tarde para isso.

Com as ferramentas aplicadas no método Coaching você terá relações cada vez mais produtivas e saudáveis com seus colaboradores. Clique e descubra.

O Coaching como alternativa para diminuir o absenteísmo

Para resolver essas questões, como eu disse anteriormente, empresários, gestores e profissionais de RH, podem optar por passar e por oferecer aos colaboradores uma formação em Coaching. Isso porque trata-se de um treinamento que vai propiciar o desenvolvimento de uma boa liderança, bem como de uma comunicação cada vez mais eficaz entre todos os membros que fazem parte da empresa.

Digo isso, pois um líder bem preparado será responsável para dar suporte e apoio a seus colaboradores, ficando atento a tudo o que acontece dentro da empresa. Além disso, por meio de uma metodologia eficaz, o Coaching contribui para que haja o desenvolvimento de um diálogo franco e aberto com os colegas de trabalho, que ajuda o líder a identificar as deficiências de seus colaboradores e a encontrar soluções para corrigir possíveis falhas internas.

Outro ponto que o processo de Coaching aborda é a necessidade de investir na motivação dos funcionários. Bonificações, incentivos, reconhecimento, novos desafios, acompanhamento, plano de carreira, remuneração justa e um ambiente estável e criativo, são essenciais para que os colaboradores se sintam confiantes e motivados, fazendo assim com que sejam mais produtivos e eficazes dentro da corporação.

Assim, convido você a conhecer o Professional & Self Coaching – PSC, a melhor formação em Coaching existente em nosso país e ver como a sua empresa e seus colaboradores podem potencializar, consideravelmente, suas próprias performances de maneira geral.

Invista no processo de Coaching, para saber como atender às mais variadas necessidades dos colaboradores de sua empresa, transformando positivamente a sua atuação, e alcance resultados extraordinários em seus negócios.

Entre agora mesmo em contato com um de nossos consultores coaches, saiba mais sobre os benefícios do processo de Coaching para melhorar o absenteísmo de sua empresa e veja como você pode implementar esta poderosa metodologia de desenvolvimento humano em seus negócios.

Agora me conte: conseguiu sanar suas dúvidas sobre absenteísmo após a leitura deste artigo? Sabe por onde vai começar a solucionar este grande desafio em sua empresa? Deixe o seu comentário, falando sobre a sua experiência com este assunto e lembre-se sempre de se lembrar de nunca esquecer de compartilhar este conteúdo com seus amigos, em suas redes sociais, para que eles também tenham a oportunidade de se desenvolver pessoal, profissional e empresarialmente.

O artigo é bom, né?

No IBC é assim, não custa nada evoluir e alcançar resultados extraordinários. Se você quer seguir por esse caminho de evolução é só baixar o nosso e-book gratuito,
Tudo sobre Coaching. Preencha o formulário abaixo com seus dados para ler.

Copyright: 528930319 – https://www.shutterstock.com/pt/g/fizkes

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010