Feedback – ferramenta fundamental para o desenvolvimento das equipes

Feedback Feedback – Desenvolvimento de Equipe

 

Considerada como uma das ferramentas essenciais das relações nas empresas, o feedback é fundamental para o desenvolvimento de equipes, sendo a principal forma de alinhar o trabalho do profissional com o que de fato a organização espera dele.

A ferramenta é ideal para aprimorar o trabalho de colaboradores, através da busca pelo aperfeiçoamento, pois é um importante recurso que permite a pessoa perceber como está sua conduta profissional, onde está acertando e quais os pontos que deve melhorar.

Um feedback assertivo consegue munir o colaborador com informações sobre pontos específicos que precisam ser trabalhados, para que ele consiga evoluir profissionalmente e até mesmo pessoalmente. Além disso, o processo deixa bem clara a visão que a organização tem dele e quais as principais expectativas a seu respeito.

Convido você a me acompanhar na leitura deste artigo e entender os motivos que tornam o feedback uma ferramenta tão fundamental para o desenvolvimento das equipes dentro de uma empresa. 

Comece a ter o

Destaque

que você merece!

Preencha os campos abaixo para receber o e-book.

O que é feedback?

O termo feedback vem da língua inglesa e significa retroalimentação, realimentação ou retorno a determinado acontecimento. No contexto da comunicação, trata-se de um dos elementos que aparecem em seu processo, ou seja, é quando o emissor envia uma mensagem ao receptor e este, após interpretá-la, finaliza o processo de comunicação enviando um feedback, ou uma resposta ou reação ao emissor. 

Já no contexto da Administração de Empresas, o feedback nada mais é que o retorno dado a um indivíduo ou a um grupo de pessoas, referente à execução de um trabalho. Aqui, o seu objetivo principal é avaliar o desempenho de cada um, revelando, assim, os pontos fortes e os pontos de melhoria do que foi realizado, para que, dessa maneira, haja uma evolução por parte de todos, nas próximas vezes em que realizarem as mesmas tarefas. 

Tipos de feedback

O feedback do qual vou falar um pouco mais é exatamente esse que vem da Administração de Empresas, apresentando os tipos que existem e os exemplos de sua aplicação. Confira:

Feedback Positivo

Nesse processo, são passadas informações sobre o comportamento do profissional e o que fez para conseguir alcançar os objetivos propostos, orientando-o para prosseguir no mesmo caminho. Ele é sempre o mais esperado pelos colaboradores, principalmente após realizarem com êxito uma tarefa considerada difícil. O feedback positivo mostra ao profissional que a empresa está acompanhando o seu trabalho e sabe do esforço diário que ele realiza para conseguir bater as metas.

Feedback Negativo

Esse processo é utilizado quando o profissional não atingiu os resultados esperados e precisa ser encorajado a realizar mudanças. Pode ser mais difícil, tanto de ser realizado pelo gestor, quanto de ser recebido pelo colaborador, mas é de suma importância, pois mostra a ele quais pontos deverão ser melhorados. 

Muitas vezes, o profissional precisa desse “toque” para entender que precisa alterar o comportamento. O feedback negativo é essencial para deixar claro para o colaborador os objetivos da empresa e o que ela espera dele. Com isso, ele tem a oportunidade de fazer os ajustes necessários em seu dia a dia, e, assim, passar a ser cada vez mais reconhecido pelo bom trabalho que realiza. 

Feedback Construtivo

Consiste na informação dada sobre o comportamento de um profissional, acompanhada de uma sugestão de melhoria. Ele é o mais completo, pois traz aspectos tanto do feedback positivo quanto do negativo. Mais importante, nesse caso, do que identificar os erros e acertos do colaborador, é apontar métodos, soluções e caminhos a serem seguidos. Ao identificar um equívoco ou ponto que pode ser aprimorado, o líder trará uma solução e não apenas apontará o problema, soando mais como um conselho e não como uma bronca.

Feedback ofensivo

Pelo nome já conseguimos entender que este não é o tipo ideal para ser aplicado dentro das empresas. Quando falo em feedback ofensivo, estou falando daquele em que o gestor acaba extrapolando os limites do respeito e passa a fazer críticas pessoais a um colaborador ou a toda sua equipe. 

Ele tem como objetivo desqualificar o profissional, tornando-se, com isso, algo ineficaz, ou seja, que não tem o efeito de mudança que se espera de um feedback. Pelo contrário, o feedback ofensivo, que infelizmente alguns gestores ainda utilizam como ferramenta de correção de comportamentos dentro das empresas, pode ser algo perigoso, pois afeta a saúde mental e física dos colaboradores, desencadeando nestes até mesmo doenças ocupacionais. 

O que é essencial para um feedback efetivo?

Proporcionar um tipo de comunicação que gere mais confiança e dedicação no trabalho, por parte de líderes, gestores e colaboradores, criando um ambiente aberto ao diálogo e, consequentemente, melhoria nos relacionamentos e um engajamento maior de todos, é algo que deve sempre ser buscado, para que assim, os profissionais que fazem parte da empresa sintam-se trabalhando em um ambiente saudável e propício para o crescimento e desenvolvimento, tanto da empresa, quanto dos colaboradores de uma forma geral.

Assim, acredito verdadeiramente que alguns pontos são essenciais para um feedback efetivo seja realizado. Confira:

  • Escolha um ambiente onde o profissional se sinta à vontade, de preferência mais descontraído, para que assim seja evitado o famoso clima de tensão;
  • Reflita sobre o que pretende falar e faça um balanço dos pontos positivos e negativos. Se preferir, anote-os, para que, no decorrer da conversa, você não se perca e possa focar no que mais importa, que são as sugestões de melhorias para o colaborador;
  • Primeiramente exponha os aspectos positivos, em seguida os pontos a serem melhorados e por último encoraje-o a mudança;
  • Dê oportunidades para que o profissional também possa falar, escute com atenção;
  • Seja claro e objetivo;
  • Esteja sempre preocupado em motivar o colaborador e reforce as mudanças desejadas;
  • Coloque-se sempre à disposição para ajudá-lo neste processo de mudanças. Se possível, durante esta mesma conversa, encontre junto a ele as soluções necessárias, que precisam e devem ser colocadas em prática, para que as melhorias aconteçam, efetivamente e na prática. 

Ferramentas de Coaching para um feedbak assertivo

Muitas vezes, é bastante complicado extrair o melhor do processo de feedback, conseguindo com que os colaboradores interiorizem as informações e passem, efetivamente, a ter uma postura mais adequada às expectativas da empresa. 

Para alcançar este objetivo, o Coaching é o melhor instrumento, que vai ajudá-lo nesse momento, pois possui diversas ferramentas para a realização de um feedback verdadeiramente assertivo e que trará resultados extraordinários para os profissionais e também para os negócios que a empresa desenvolve.

Veja quais são estas ferramentas, a seguir:

Feedback Burguer

Constituído por três etapas, esse instrumento funciona como um “roteiro” para que o processo realmente funcione como uma crítica construtiva, permitindo que o colaborador possa recebê-la e entendê-la sem problemas. As etapas são:

  • Elogio sincero: antes de começar o feedback, exalte, de forma verdadeira, algum aspecto positivo do trabalho realizado pelo colaborador. Isso faz com que ele seja mais receptivo ao que irá ouvir.
  • Destaque os pontos de melhoria: Não foque apenas nos erros realizados pelo profissional, mas principalmente no que ele pode fazer para alcançar os resultados esperados.
  • Termine olhando para o futuro: Sempre finalize o feedback pontuando, com euforia, que os resultados serão excelente caso o colaborador realize o que foi proposto durante a conversa.

Aprimore-se e desenvolva novas habilidades em Liderança.
Com meu eBook, você descobrirá como tornar-se extraordinário!

Avaliação 360º

Desenvolvida pelo Instituto Brasileiro de Coaching – IBC, a Avaliação 360º é um dos métodos mais eficazes na hora de avaliar os colaboradores e conseguir promover feedbacks assertivos entre todos os profissionais que atuam na organização. A ferramenta também pode ser usada para que o líder faça uma autoavaliação. O instrumento se baseia em análises dos pontos fortes, atitudes e comportamento, identificando o que precisa ser melhorado, conforme explica o vídeo a seguir:

Coaching Assessment

Outra grande ferramenta de Coaching, também desenvolvida aqui pelo IBC, é o Coaching Assessment. Trata-se de um sistema moderno de análise comportamental, que faz o mapeamento e traça o perfil do colaborador que responde ao questionário, permitindo, assim, que ele mesmo, os gestores e os profissionais de RH, entendam melhor as habilidades e competências do indivíduo, para que este receba o feedback adequado e seja desenvolvido na empresa de maneira ainda mais assertiva. 

Neste caso em específico, para quem deseja aprofundar seus conhecimentos sobre a ferramenta, o IBC oferece a formação exclusiva de Consultor em Análise Comportamental, que prepara todo e qualquer tipo de profissional para aplicar o Coaching Assessment e fazer o mapeamento do perfil comportamental dos colaboradores de uma empresa. 

Se você ficou interessado, basta entrar em contato com um de nossos consultores, para tirar suas dúvidas sobre o curso e garantir agora mesmo a sua vaga para a próxima turma. 

Agora me diga, Ser de Luz: esse artigo foi relevante para você? O que você achou de saber um pouco mais sobre o feedback e sua importância para empresas e profissionais? Deixe o seu comentário e lembre-se de compartilhar as dicas com seus amigos nas redes sociais.

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010