Motivação e desempenho: entenda a relação

amigos se ajudando em escalada

Entenda qual é a relação que existe entre a motivação e o desempenho.

Você sabe o que fazer para se manter na mais alta performance? Se manter ativo e produtivo? Acordar disposto para um dia de muitas atividades profissionais e pessoais? Realizar todas sem pestanejar? Para manter-se disposto, é preciso estar motivado. Motivação e desempenho andam juntos. Sem um não há o outro, pois, para realizarmos uma tarefa com excelência, é preciso ter motivos e incentivos para realizá-la.

Motivação e desempenho estão intrinsecamente ligados, bons resultados dependem do quanto você está disposto a buscar por eles. Quando não há motivação, fica difícil realizar tarefas mais complexas. Simplificando, podemos dizer que a motivação funciona como o combustível que move as pessoas para alcançar seus objetivos.

Por que você precisa trabalhar? Para que? Por que precisa praticar atividade física? Por que precisa estudar? Por que precisa se aprimorar? Por que precisa melhorar sua comunicação? Por que precisa vencer barreiras e limitações? Por que precisa ser mais flexível? Por que precisa melhorar seus relacionamentos?

Todas as suas ações precisam de uma motivação e, quando estão diretamente ligadas às suas realizações internas, atendendo seus sonhos e expectativas, impulsionam ainda mais seu desempenho. O processo de desenvolvimento é acelerado, suas habilidades e competências são aprimoradas e você alcança a alta performance.

Continue lendo para entender mais profundamente essa relação.

Comece a ter o

Destaque

que você merece!

Preencha os campos abaixo para receber o e-book.

Motivação e desempenho: compreenda a relação

O bom desempenho depende da motivação do colaborador, alguém que esteja insatisfeito com seu salário não entregará o seu melhor. É imprescindível que as empresas tenham a preocupação de oferecer um ambiente salutar e repleto de oportunidades para seus colaboradores. Resultados positivos dependem dos incentivos corretos.

Quando o profissional está satisfeito com seu salário, benefícios e ambiente corporativo, tende a se superar continuamente. O entorno do colaborador, bem como as contrapartidas oferecidas pela companhia, contribuem para lhe dar mais segurança e estímulos. Motivação e desempenho estabelecem uma via de mão dupla que é benéfica para ambas as partes.

Qual é o papel dos colaboradores em relação à motivação e desempenho?

Até esse ponto do artigo ficou claro que as empresas têm um papel essencial para a construção de bases para uma maior motivação. Contudo, também se deve considerar o papel dos colaboradores para que essa equação tenha um bom resultado. A automotivação é mais um fator que contribui para o reforço do bom desempenho corporativo.

O profissional deve estar atento para resolver suas questões internas e para se sentir mais motivado com a sua realidade. A busca por desenvolvimento contínuo é outro ponto que depende quase que unicamente do profissional e precisa estar em pauta. Quando o indivíduo busca continuamente por outras ferramentas, se torna mais preparado para resolver suas questões.

Sendo assim, o papel do colaborador para fomentar uma boa relação entre motivação e desempenho é estar aberto para as oportunidades. Continuamente, se apresentam possibilidades de trocar experiências e adquirir novos conhecimentos. Aproveitar cada uma dessas chances para se tornar mais preparado é crucial para o sucesso. Cabe às empresas estimular a motivação dos seus funcionários, mas também é função deles exercitar a automotivação.

Aumento da motivação: como as empresas podem impactar seus colaboradores

A seguir vamos apresentar algumas sugestões de como as empresas podem estimular a motivação dos seus colaboradores.

Reconhecimento é essencial

O reconhecimento pelo bom desempenho é algo que potencializa a motivação dos colaboradores. Dessa forma, é interessante que a empresa estabeleça formas de lembrar e reconhecer o esforço de quem está contribuindo com o seu crescimento.

Esse reconhecimento pode se dar através de uma menção diante dos demais colaboradores ou mesmo na forma de bônus salariais. Algumas companhias, inclusive, oferecem recompensas como vale-presentes ou dias de folga para seus melhores colaboradores.

A percepção de que estão sendo valorizados pela empresa em que se encontram faz com que os colaboradores tenham o desejo de permanecer. Para as organizações isso é muito positivo, pois ninguém quer que o seu melhor funcionário saia da equipe, não é mesmo?

Desenvolvimento de programas de benefícios

Programas de benefício seguem a lógica apresentada acima, isto é, quem tem bom desempenho é recompensado. Nesse tipo de programa, os prêmios podem variar, mas é válido considerar quais são os desejos da equipe. Uma forma de usar essa estratégia abrangendo todos os colaboradores é, através dos resultados, liberar novos benefícios coletivos.

Algumas empresas têm oferecido ajuda no custeio da mensalidade de academias ou de um plano de saúde. Esses são benefícios não obrigatórios que têm entrado na lista de prioridades de muitas pessoas.

Cuidar da saúde sem, necessariamente, ter que desembolsar altas quantias é um desejo de profissionais de diferentes áreas. Estipular que um ou os dois benefícios serão concedidos se houver crescimento corporativo é uma estratégia inteligente de motivação.

Ouça seus colaboradores

É importante que os líderes deem feedbacks para que seus colaboradores melhorem seu desempenho. No entanto, também é fundamental que os gestores recebam o feedback do que está funcionando e do que não está tão bom em sua gestão. Estabelecer um ambiente corporativo pautado pelo diálogo é bastante positivo para potencializar os resultados.

Quando nem líderes e nem liderados se ouvem, não se chega a soluções pertinentes. Construir uma relação de confiança é determinante para que a organização tenha um ambiente em que a motivação esteja em primeiro lugar. Quanto mais à vontade os colaboradores se sentirem, mais estarão prontos para alcançar melhores resultados.

A felicidade é imprescindível para o bom desempenho motivacional!
Clique aqui, faça nosso “TESTE” e descubra como anda sua felicidade!

Como os colaboradores podem estimular a automotivação

A seguir vamos apresentar algumas dicas de como o profissional pode estimular a sua automotivação. Quando a empresa e o funcionário fazem a sua parte, é possível chegar a resultados excepcionais.

Autoconhecimento

Você conhece as suas próprias motivações? Não ter autoconhecimento pode interferir na sua capacidade de alcançar melhores resultados. Tirar um tempo para se dedicar a se conhecer é imprescindível para se sentir motivado. Busque compreender quais são os elementos que conduzem o seu bom desempenho. O que você espera para o seu futuro como profissional?

Tenha um plano de carreira

Para potencializar a sua automotivação é fundamental elaborar um plano de carreira. O profissional deve saber por ele mesmo aonde quer chegar. Esperar que a empresa em que se está decida esse caminho é uma forma de terceirizar uma responsabilidade que é sua. Com um bom planejamento, o profissional terá mais empenho e dedicação para concretizar as suas aspirações.

Mantenha o otimismo

Há sempre desafios aguardando pelo caminho e manter-se otimista mesmo diante das adversidades é essencial. O profissional motivado sabe que passará por reveses ao longo da sua trajetória, mas não se deixa abater. Manter o otimismo e a crença de que é capaz de superar tudo é fundamental para se tornar um profissional mais realizado.

Inclusive, para essa pessoa, os erros e problemas se tornam oportunidades de aprender e tornar-se mais completo. O otimismo é a base para construir planos B e se colocar em uma nova rota sempre que isso for preciso. Com otimismo a motivação nunca esmorece, ela continua firme e forte.

O Coaching e a relação entre motivação e desempenho

O Coaching vem auxiliar aquelas pessoas que desejam se motivar e atingir o alto desempenho. O método visa, através de técnicas e ferramentas, gerar um processo de autorreflexão e autoconhecimento ao envolvido. Assim, ele enxergará com clareza seus reais objetivos e metas, além de descobrir o que o motiva a realizar ações, planejá-las e, principalmente, executá-las.

O desenvolvimento de habilidades e o aprimoramento de capacidades também estão nas oportunidades que o Coaching proporciona. Ao realizar uma formação em Coaching do IBC – Instituto Brasileiro de Coaching, além de passar pelo processo, você estará munido de conhecimentos, técnicas e ferramentas para serem aplicados em outras pessoas.

Sendo assim, além de encontrar sua motivação, estará apto a despertar em outras pessoas, profissionais, grupos e equipes, os reais motivos que as incentivam pela busca de suas realizações.

Pessoas motivadas produzem mais e melhor, isso é fato. Elas apresentam desempenho acima da média e sua alta performance é mostrada em resultados rápidos e extremamente positivos.

Por que você precisa se motivar? Para ser a melhor pessoa que você pode ser e alcançar o alto-desempenho! A motivação tem relação íntima com o bom desempenho, é a base para se tornar um profissional melhor.

Aproveite para deixar seu comentário abaixo e compartilhar este conteúdo em suas redes sociais para passar essa ideia adiante!

Imagem: Por emerald_media

E aí, curtiu esse conteúdo?

Saiba que ele é apenas a pontinha do iceberg e você pode desenvolver suas habilidades de liderança muito mais. Baixe agora o ebook Leader Coach e aprenda como extrair o máximo resultado da sua equipe.
Preencha o formulário, é de graça.

 

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010