Qual a importância de um Curso de Liderança?

orientações para líderes

O curso de liderança é um bom orientador para a carreira de todos os perfis de líderes existentes no mercado | Copyright Wavebreakmedia

Um líder é uma figura de destaque em um grupo, o que se dá por diversos motivos. Ao menos em teoria, ele tem elevados conhecimentos, de modo que pode conduzir as demais pessoas ao alcance de um determinado objetivo, por meio de um planejamento estratégico.

Nas organizações, portanto, os líderes são figuras importantíssimas para delegar tarefas, acompanhar o desempenho de cada atividade e prestar contas acerca da sua área/departamento aos donos da empresa. Por isso, é essencial que as empresas se preocupem em oferecer cursos sobre liderança, tanto para fortalecer as competências respectivas em quem já ocupa o cargo, como para formar novos líderes. Saiba mais sobre o tema na sequência. Boa leitura!

O líder competente

liderança é completamente diferente da chefia, pois, ao contrário da segunda opção, o líder se torna peça-chave no sucesso de uma empresa, já que ele sabe exatamente como envolver a sua equipe, motivando-a, reconhecendo talentos, fortalecendo os laços entre os colaboradores e aumentando a produtividade do seu time. O problema é que nem todo mundo tem naturalmente uma postura de líder.

Um líder qualificado se torna a base de uma equipe produtiva. Ele acompanha cada passo dos processos das atividades, fica atento aos problemas, ajuda o time a se organizar e estabelecer prioridades e distribui tarefas, evitando assim que apenas um ou outro seja responsável pela execução de um trabalho importante. Com isso, a empresa funciona como uma engrenagem, pois todos os colaboradores e atividades estarão se movendo de uma maneira interligada e harmoniosa.

Além disso, um líder experiente é capaz de lidar de uma maneira criativa e inovadora com problemas internos, encontrando soluções eficazes e aplicando técnicas que são essenciais para o sucesso de qualquer planejamento.

O líder despreparado

Por outro lado, um líder despreparado acaba desmotivando a sua equipe, se atrapalha na divisão de tarefas, não sabe lidar com as pessoas do seu time, não consegue tomar decisões importantes e compromete todo o andamento da produção.

O líder despreparado também não consegue lidar com questões pessoais da sua equipe e, por não entender sobre relações humanas, pode acabar desmotivando ou até mesmo causando a demissão de um funcionário que poderia ser um talento valioso para a empresa, porém, foi mal aproveitado por uma pessoa que não sabe administrar um grupo.

Nesse segundo caso, entra a necessidade do curso de liderança. Ele é a melhor alternativa para quem tem dificuldades em cuidar de um time, ou até mesmo para quem tem problemas em se posicionar e demonstrar as suas ideias dentro de uma corporação.

Atributos que devem ser desenvolvidos em um curso de liderança

Um curso de liderança aborda essencialmente temáticas relacionadas à gestão de pessoas, sobretudo no mundo corporativo. Para isso, o conteúdo é elaborado sob a influência de diferentes áreas do conhecimento, como a psicologia, a administração de empresas e a pedagogia. Na sequência, você vai conferir 6 atributos-chave que compõem os cursos de liderança.

1. Definição de objetivos

Nenhum grupo é formado à toa. As equipes de trabalho se constroem porque são compostas por indivíduos com competências distintas e complementares. Cabe ao líder definir metas e objetivos, orientando cada colaborador a utilizar as suas respectivas competências no alcance desse objetivo. As metas de uma equipe devem ser específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e ter prazos para a sua concretização. Um bom líder define essas metas e as explica ao seu grupo.

2. Planejamento estratégico

Também é função do líder contextualizar o momento atual da equipe e explicar o estado desejado (o objetivo, como vimos no item anterior). Posteriormente, o líder deve traçar uma linha que une esses dois pontos: a linha do planejamento estratégico. É preciso definir o que será feito, como será feito, por quem será feito, quando será feito e por que será feito. Planejar estrategicamente o alcance de uma meta consiste em responder a essas perguntas com organização e cooperação em todas as tarefas.

3. Delegação de tarefas

Conforme citamos, os membros de uma equipe têm qualidades diferenciadas e que se complementam. Assim, para que um projeto seja bem-sucedido, cabe ao líder conhecer bem as qualidades de cada funcionário e distribuir as tarefas que precisam ser realizadas de acordo com essas características. Isso deve ser feito com organização, permitindo que cada colaborador tenha relativa autonomia, mas também responsabilidade para prestar contas acerca das suas obrigações.

4. Comunicação no dia a dia

No dia a dia, o líder deve comunicar-se, acima de tudo. Para explicar objetivos, planejar atividades, delegar tarefas, tirar dúvidas, ajudar os colaboradores, corrigir os erros, reconhecer os acertos e dar feedbacks completos, a comunicação precisa ser clara, empática e objetiva.

Os cursos de liderança ajudam os líderes a comunicar-se com essas características, pensando nos melhores canais de comunicação e nas estratégias mais eficazes para que sejam ouvidos e respeitados, mas também permitindo que saibam ouvir o que os colegas têm a dizer.

5. Motivação e bem-estar

A vida de um líder não consiste apenas em cobranças e fiscalização. Também é função dele garantir que o clima da equipe seja positivo, havendo regras, cooperação, responsabilidade compartilhada, democracia, respeito e bem-estar. Além disso, o líder de sucesso sabe motivar a sua equipe, ou seja, demonstra confiança nas competências de cada um e faz com que cada indivíduo também confie mais em si mesmo e nos colegas para o alcance das metas determinadas.

6. Avaliação de desempenho e feedback

Por fim, também é função do líder avaliar o desempenho dos liderados e dar-lhes o respectivo feedback. Para isso, os cursos ensinam os líderes a definir critérios de avaliação, de acordo com as atividades de cada colaborador. Assim, o líder identifica os aspectos em que ele alcançou ou superou as expectativas, bem como o que ficou abaixo do que era esperado. Cabe ao líder reunir-se individualmente com os funcionários para o feedback, pontuando:

  • O período e as atividades consideradas para a avaliação;
  • Os critérios avaliativos que foram adotados;
  • O reconhecimento dos pontos positivos do desempenho do colaborador;
  • A advertência ética e respeitosa em relação aos pontos em que é preciso melhorar;
  • Sugestões práticas de comportamentos a serem adotados/ajustados para que o desempenho melhore continuamente.

O coaching como curso de liderança

Aqui no IBC Coaching, nós temos o curso Professional & Self Coaching, que foi feito para transformar pessoas comuns em grandes líderes produtivos. A nossa metodologia ensina técnicas e conceitos do coaching que são aplicados na liderança, tornando o profissional uma pessoa capaz de gerenciar uma equipe de uma maneira eficaz e enérgica, de acordo com os pontos acima.

Para ter mais informações sobre a nossa metodologia e ter acesso a depoimentos e materiais do nosso curso, clique aqui e prepare-se para ser um grande líder!

E você, querida pessoa, já fez algum curso de liderança ou tem vontade de desenvolver essas características? Deixe o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63