Dá pra terceirizar sem perder a qualidade?

Terceirização do recursos humanos

Veja alguns exemplos de terceirização.

É cada vez maior o número de empresas que apostam na terceirização de serviços. De maneira geral, há a busca pela redução de custos e qualidade na entrega. Em alguns casos, os gestores optam por essa solução para evitar a burocracia administrativa de contratar um colaborador direto. 

Porém, ao decidir terceirizar, é essencial conhecer bem a empresa prestadora do serviço. Ainda que seja terceirizado, esse serviço ainda fará parte do processo e rotina do seu empreendimento. Em linhas gerais, não há restrições quanto a áreas e setores que podem ter seus serviços terceirizados e essa gama mais ampla de possibilidades demanda mais atenção.

Conforme a legislação atual, é possível transmitir para outra companhia atividades-meio e atividades-fim. Porém, essa liberdade abre a possibilidade de terceirizar uma função relevante para o seu negócio. Isso pode gerar prejuízos e atrapalhar o bom andamento da sua produtividade. A terceirização deve ser feita com foco na qualidade, continue lendo para entender como fazer isso. 

Terceirização de serviços: cuidados para não perder a qualidade

Ao tomar a decisão de terceirizar um ou mais serviços é importante se atentar para alguns cuidados essenciais. A seguir listamos alguns tópicos que precisam ser analisados e revisados para assegurar a manutenção da qualidade. Não se esqueça que serviços terceirizados se mantêm como parte da sua empresa.

1. Histórico da empresa prestadora de serviços

O primeiro tópico que deve ser analisado diz respeito ao histórico da empresa prestadora de serviços. Faça uma pesquisa antes de escolher a fornecedora para saber se há clientes insatisfeitos. Se sim, tente descobrir os motivos. Nessa pesquisa você pode ter uma boa ideia de quais são as melhores opções.

2. Rotatividade de colaboradores da prestadora de serviços

Outro ponto essencial no tocante à empresa prestadora de serviços diz respeito à rotatividade de colaboradores. Caso o turnover seja elevado, saiba que isso irá afetar o seu negócio, afinal haverá sempre profissionais diferentes atendendo as demandas da sua companhia. Além disso, a rotatividade alta denota que há algo errado na estrutura laboral dessa empresa.

3. Alinhamento com a legislação

Dependendo da atividade, há regras específicas na legislação, informe-se se está tudo certo nesse quesito. No caso da terceirização da segurança, por exemplo, é fundamental ter certeza de que os profissionais estão recebendo suporte adequado e estão em dia com as exigências do setor. 

4. Capacitação da equipe

Verifique se as equipes oferecidas pela prestadora de serviços são qualificadas para entregar as soluções necessárias. Informe-se sobre o tipo de vínculo dos colaboradores com a empresa e quais são as exigências de contratação. 

5. Prazo de execução

O prazo de execução do serviço pode ser um diferencial para a sua empresa. Especialmente quando a agilidade faz a diferença no seu segmento de mercado. Contudo, tenha em mente que apenas rapidez não é o suficiente, a qualidade deve estar acima de tudo.

6. Custo do serviço

O custo também deve ser considerado para não inchar o orçamento da sua empresa. Porém, lembre-se que não se deve olhar somente para o custo na hora de decidir. Tendo avaliado os outros pontos dessa lista você saberá se a prestadora de serviço em questão é confiável. 

Dica

Tendo escolhido uma prestadora de serviços, é interessante construir uma relação de longo prazo. Assim, o seu empreendimento evita a rotatividade de terceirizadas e maiores custos. Afinal, trocar constantemente de empresa fornecedora de serviços pode ser bastante custoso. A terceirização precisa acontecer de forma harmônica entre as partes. 

Contrato de terceirização do serviço

A qualidade do serviço de terceirização é uma consequência da segurança atrelada ao modelo de contratação da prestadora de serviços. O ideal é elaborar um contrato minucioso com a empresa para evitar eventuais problemas.

O documento deve ter cláusulas bem definidas com os direitos e deveres de ambas as partes. Assim, tanto a contratante quanto à contratada evitam desconformidades e transtornos com a Justiça Trabalhista.

Como cada segmento tem suas particularidades, é importante não usar documentos padronizados. Os serviços que estão sendo contratados devem ser descritos com riqueza de detalhes.

Também deve constar itens como a forma de pagamento e o prazo para a realização das etapas do serviço. Antes da assinatura do contrato é necessário verificar se as cláusulas estão claras e são de comum acordo entre as partes. 

Processo de recrutamento e seleção de funcionários: exemplo de terceirização

Um dos processos que mais oferecem benefícios ao ser terceirizado é o de seleção e contratação de colaboradores. Porém, é claro que a prestadora desse serviço deve ser escolhida seguindo padrões rigorosos. O recrutamento de talentos demanda amplo conhecimento a respeito de como fazer a triagem de currículos e seleção. 

Ter esse processo sendo realizado por uma empresa especializada nessa atividade contribui para reduzir a rotatividade no seu empreendimento. Contratações feitas com essa expertise impedem que os profissionais errados sejam escolhidos. Com colaboradores mais alinhados com as vagas abertas são reduzidas as chances de demissão.

Limpeza da empresa: exemplo de terceirização

Outro serviço que costuma ser terceirizado pelas empresas é o da limpeza. Muitos gestores já perceberam que vale mais a pena contratar equipes terceirizadas e especializadas nessa tarefa do que ter seus próprios colaboradores. A terceirização permite ter uma base mais ampla de profissionais a sua disposição, assim como materiais de limpeza.

Para a empresa, pode se tornar um ônus considerável ter que investir em equipamentos e produtos de limpeza. Com a terceirização, todos esses itens já estão inclusos e a mão de obra é mais qualificada. É importante que os profissionais tenham conhecimentos a respeito dos métodos mais adequados para cada tipo de revestimento e estrutura.

Terceirização é uma boa alternativa 

A terceirização é uma excelente alternativa, mas demanda alguns cuidados para evitar uma contratação equivocada. Escolhendo uma empresa de confiança e tomando medidas como ter um contrato, é possível obter muitos benefícios com essa escolha. Terceirizações bem feitas contribuem para uma considerável redução de custos em médio e longo prazo. 

Gostou de saber mais sobre a terceirização? Essa é uma ótima aposta para a sua empresa reduzir custos!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC - Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.



*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.

Deixe seu Comentário

IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Av. Prof. Venerando Freitas Borges, 561 - Setor Jaó - Goiânia/ GO - CEP: 74.673-010
CNPJ: 31.328.744/0001-63

This will close in 0 seconds